30/04/2017

Homofobia leva Edson Cordeiro a mudar-se para a Alemanha



Com essa onda de ódio que tomou conta do Brasil, da qual nem Chico Buarque escapou, ele resolveu fixar residência na Alemanha, onde sofreu ataques homofóbicos por parte de um...... brasileiro
Radicados na Alemanha, Edson Cordeiro e o marido sofrem ataque de brasileiro homofóbico

Brasileiro homofóbico ataca Edson Cordeiro na Alemanha

Saiba mais

http://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/edson-cordeiro-reclama-da-homofobia-no-brasil-e-afirma-nao-estar-refugiado-na-alemanha


Ao contrário do que apregoam mídia e governo, greve geral foi um grande sucesso


Em casa ou nas ruas, greve geral envolveu 35 milhões de pessoas, dizem organizadores

Ruas, avenidas e estações praticamente vazias ao longo do dia nas principais cidades brasileiras demonstram que a população aderiu ao movimento. E uma multidão deu seu recado ao governo Temer


Saiba mais

http://www.redebrasilatual.com.br/trabalho/2017/04/em-casa-ou-nas-ruas-greve-geral-envolveu-35-milhoes-de-pessoas-dizem-organizadores



O caso das APAEs, os Arns e a esposa de Sérgio Moro

(...) Comecei a acompanhar o tema através da procuradora da República Eugênia Gonzaga, uma das pioneiras da luta pela educação inclusiva.
Em 2002, Eugenia levantou princípios constitucionais - do direito à educação - para forçar o poder público a preparar a rede para crianças com deficiência. Na ocasião, foi alvo de 3.500 ações judiciais de APAEs de todo o país.
No auge da pressão política das APAEs, ainda no governo Dilma, decidi investigar o tema.
As APAEs tem dois lobistas temíveis. A face "boa" é a do ex-senador Flávio Arns, do Paraná; a agressiva de Eduardo Barbosa, mineiro, ex-presidente da Federação das APAEs, que pavimentou sua carreira política com recursos das APAEs.
Uma consulta ao site da Secretaria da Educação do Paraná confirmou o extraordinário poder de lobby das APAEs. O então Secretário de Educação Flávio Arns direcionou R$ 450 milhões do estado para as APAEs, com o objetivo de enfrentar a melhoria do ensino inclusivo da rede federal.
No próprio site havia uma relação de APAEs. Escolhi aleatoriamente uma delas, Nova California.
Indo ao seu site constatei que tinha um clube social, com capacidade para 2.500 ou 4.500 pessoas; uma escola particular. Tudo em cima das isenções fiscais e dos repasses públicos dos governos federal e estadual.
O argumento era o de que o clube era local para os professores poderem confraternizar com a comunidade; e a escola privada para permitir aos alunos com necessidades especiais conviverem com os demais.
Telefonei para a escola. Não havia ninguém da direção. Atendeu uma senhora da cozinha. Indaguei como era o contato dos alunos com deficiência e os da escola convencional. Respondeu-me que havia um encontro entre eles, uma vez por ano.

A república dos Arns


As matérias sobre as APAEs, especialmente sobre o caso Paraná, tiveram desdobramentos. Um dos comentários postados mencionava o controle das ações das APAEs do estado pelo escritório de um sobrinho de Flávio, Marlus Arns.

Saiba mais

http://jornalggn.com.br/noticia/o-caso-das-apaes-os-arns-e-a-esposa-de-sergio-moro


26/04/2017

Lula merece um julgamento justo, não a perseguição. Por Geoffrey Robertson




O caso de Lula
Ele merece um julgamento justo, não a perseguição
Por Geoffrey Robertson


Luiz Inácio Lula da Silva, conhecido simplesmente como Lula, continua sendo um dos políticos mais populares do Brasil. Lula ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores do Brasil, em 1980, antes de conquistar a presidência em 2002 e 2008, com grandes maiorias. Sob a governança de Lula, o Brasil se tornou uma potência importante, foi premiado com a honra de sediar os Jogos Olímpicos de 2016 e retirou 40 milhões de sua população da pobreza. A pesquisa de opinião mais recente mostra que ele continua sendo o favorito na corrida presidencial de 2018. Desde 2016, no entanto, ele foi sob investigação como parte da campanha anticorrupção conhecida como Operação Lava Jato, e uma condenação seria impedi-lo de concorrer.

Lula negou todas as acusações contra ele. Ele acredita que a investigação é politicamente motivada e muitos de seus compatriotas concordam: segundo pesquisa realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas, 42,7% dos brasileiros concordam que Lula está sendo perseguido pelos meios de comunicação e pelo judiciário em um esforço Para removê-lo da corrida presidencial de 2018. Até agora, os promotores não encontraram evidências que o ligassem aos supostos crimes, mas eles usaram táticas agressivas, como usar de gravações de telefonemas feitos por telefone a sua família, para constrangê-lo publicamente. Nesse e outros aspectos, o caso Lula levantou questões cruciais sobre o sistema judicial brasileiro: especificamente, se ele pode dar a Lula um julgamento justo e proteger os direitos do devido processo dos acusados ​​de corrupção.

25/04/2017

Casa Grande & Senzala ou: Humanizaçao vs coisificação

Resultado de imagem para casa grande e senzala
HUMANIZAÇÃO vs COISIFICAÇÃO - quando algum membro da Casa Grande rouba no atacado ele se recolhe para ser humanizado: ah tadinho, ele tá com depressão de tanto sofrimento porque saiu no JN como ladrão,.......já petista suspeito é coisificado para, na condição de objeto, ser alvo de atrocidades inimagináveis, como estas que estão sendo praticadas contra o da Silva, o Lula que, nem mesmo  ao perder a esposa vitimada pela injustiça de um poderoso conluio midiático-penal, não mereceu piedade, muito pelo contrário, enquanto ele velava a companheira, um delegado, o Moscardi Grillo bradava que Lula só não havia sido preso porque  haviam  perdido o "timing" quando,.,..dito issso,  de imediato, o outro delegado, o Igor Romário, rebateu de lá, com grande destaque da midia partidarizada :  que nada, o "clima" a gente cria e isso ocorrerá entre 30 e 60 dias...

Rico que gritava “vai para Cuba” foi para Portugal, por Sérgio Saraiva

Rico que gritava “vai para Cuba” foi para Portugal, por Sérgio Saraiva

Burguês endinheirado se protege da crise no Brasil indo morar em país de governo socialista. E você coxinha, ainda achando que prender o Lula é a solução para o Brasil?
Portugal3
Rico que gritava “vai para Cuba” foi para Portugal – coxinha trouxa ficou no Brasil
por Sérgio Saraiva

Duas notícias, neste mês de abril, complementares com uma distância de três semanas, mostram como pensam as classes dominantes neste país: “farinha pouca, meu pirão primeiro”.
No início de abril, a BBC-Brasil, repercutindo a The Economist, trazia uma notícia que ia contra a corrente do que se prega no Brasil para sairmos da crise.

24/04/2017

Do lawfare contra Lula + entrevista do ex-presidente a uma rádio piauiense



Depois da Guerra Fria, o protagonismo do Judiciário como correia de transmissão dos interesses americanos




Depois da Guerra Fria, o protagonismo do Judiciário  como correia de transmissão dos interesses americanos

Eu não disse? Há uma enxurrada de notícias nos dando conta de que o pau come em cima de petês ao mesmo tempo em que aquela turma que só rouba  no atacado, na casa do bilhão de reais, e transporta grana e cocaina em helicoptero, está por ai de boa..alguém dá noticia...vc viu alguma coisa no JN...

No final de janeiro o delegado da carne fraca avisou: em 60 dias o clima para prender Lula será criado...

Resultado de imagem para clima

No final de janeiro o delegado da carne fraca avisou: em 60 dias o clima para prender Lula será criado. A coação em tom de ameaça era evidente, conforme nota publicada pela  defesa do ex-presidente. 

Bom que se repita: com bastante antecedência, um  delegado espetaculoso, aquele da carne fraca, o Moscardi Grillo disse que, se naquele momento não havia clima para prender Lula, em 60 dias o tal "timing" poderia ser criado, o que ocorreu com a palhaçada da delação do Leo Pinheiro, que serviu a horas e horas de propaganda anti-Lula e anti-PT no pool midiático: Globo, O Globo, CBN, Globo News e repetidoras/cartel midiático...

A campanha de imprensa que levou Getulio ao suicídio


A campanha de imprensa que levou Getulio ao suicídio
por André Araújo
A crise politica que levou o Presidente Vargas ao suicídio em 24 de agosto de 1954 foi em grande parte montada pela imprensa carioca, naquela época a mais importante do Pais pela quantidade e peso dos jornais, pela alta qualificação dos colaboradores, parte deles grandes escritores da nata da literatura brasileira do século passado. Os donos e diretores dos jornais estavam no centro da elite social e econômica do Pais e sua influencia era proporcionalmente maior que hoje, havia uma interpenetração da politica no jornalismo e vice-versa.
Segue link para texto na integra


23/04/2017

Timing, abusos e destruição de provas por lavajateiros

Timing, abusos e destruição de provas por lavajateiros

1- Os lavajateiros é que em destruido provas sem parar: aquelas que inocentam Lula e aquelas que provam a culpa de tucanos. Em paises civilizados, destruir provas exculpatórias dos acusados dá cadeia. Os lavateiros tem que saber que é obstrução da Justiça fazer o que estão fazendo: torturar cidadãos para obtenção de confissões de crimes não praticados, negação de perícias, obstrução da defesa...

Rômulo Moreira: Mais uma vez a questão da ética do promotor de justiça criminal nos EUA

20/04/2017

Por uma Comissão da Verdade que coloque em pratos limpos a Indústria da Delação ou: o problema não é a Baleia Azul...


Em estados de exceção como este perpetrado por um forte aparato midiático-penal que fomentou um golpe de Estado para entregar o pais a uma quadrilha como essa comandada por Temer,  não há solução à vista, de forma que somente quando voltamos à normalidade democrática será possível a instalação de uma Comissão da Verdade para que a população seja informada dos abusos ocorridos no âmbito da Lava Jato.

A população não está a par do aumento dos abusos deste estado de exceção, que no momento se dá através do impedimento da candidatura Lula em 2018 ou, caso ele possa concorrer, a adoção de estratégia que impeça o voto naquele ano, uma vez que a vaga encontra-se reservada para o nosso Silvio Berlusconi tupiniquim.