31/01/2012

Pinheirinho: O padrão de Cury, prefeito de São José dos Campos



O prefeito apoia o  Minha Cova Minha Vida: É a parte  que te cabe neste latifúndio. Por incrível que pareça esta série foi produzida pela Globo, em 1981. Hoje, em épocas de BBB e "Brados Retumbantes"  é impensável vermos uma obra como "Morte e Vida Severina" sendo exibido na telinha.  Inclusive dizem e, ao que tudo indica é verdade, que a emissora comprou os direitos sobre o filme "Lula, Filho do Brasil",  para jamais exibi-lo no Brasil, quem sabe na China. Agora me vem à lembrança a percepção de que em 1989, com a edição do debate Lula x Collor, começou este processo de idiotização dos meios de comunicação brasileiro, processo do qual gente como este prefeito é cria. 
http://www.youtube.com/watch?v=3YvDPNbdGD4&feature=youtu.b


"Despejo na Favela, por Adoniran Barbosa. Nas palavras do professor Hariovaldo Prado, "um samba comunista que já previa  a vitória dos bons" em Pinheirinho. Na ironia de HP  "os bons", seriam Naji Nahas, Zé Serra, os "doutores" da Justiça, o prefeito de SJC...




A postagem na íntegra aqui

29/01/2012

Um índio, Disparada e Tem Gente Com Fome. Por diferentes intérpretes. E Leny Eversong

Um Indio, de Caetano Veloso.
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/levantai-vos-herois-do-novo-mundo-pede-bethania

Disparada, de Geraldo Vandré e Theo de Barros.
http://www.advivo.com.br/blog/jose-carlos-lima/disparada

Tem Gente com Fome, de Solano Trindade.
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/tem-gente-fome-de-solano-trindade

P.S.- O Luciano Hortêncio traz à tona Leny Eversong, essa eu não conhecia, incrível o comportamento dos meios de comunicação deste país para com a cultura nacional.
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/lamento-tupi-de-1957

A gênese do show "Bandido", de Ney Matogrosso
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/fotos-charges-e-tirinhas-348

Engraçado, fui dar uma olhada nas despedidas de outros astros, interessante que a mágoa é marca...nem o "Ronaldo Fenômemo fugiu disso". Um caso a se pensar. Como foi a despedida de Greta Garbo? Um bom assunto para o blog.


Leia o texto na íntegra


Rita Lee: Desculpe o auê
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/rita-lee-desculpe-o-aue


Outro grande momento de Leny Andersong
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/outro-grande-momento-de-leny-eversong





O Judiciário brasileiro, como caixa preta que é, foge da transparência como o diabo foge da cruz...



Para ler o texto na íntegra clique aqui >>>>>


A deterioração editorial da Época e o caso Irma Passoni

Interessante se notar que a imprensa, de uma forma autoritária e contraditória, está exibindo encontros de autoridades do governo federal com governos que ela(mídia) apoia como sinal de "degeneração petista". Ué, Lula também não se encontrou até com Roberto Marinho? Não pode nem mesmo por questão administrativa, ou seja, como encontros entre governos eleitos pelo povo? Dilma é presidenta do Brasil ou do PT? Está proibido encontro entre membros do governo central e da direita ou de agentes públicos que não sejam da base aliada?
Nesta semana a imprensa tupiniquim, sob tal viés, estampou ao máximo o encontro entre Dilma e Alckmin, o que é dífícil entender esta lógica. O que leva a imprensa considera tais encontros como  algo tão repugnante?  Pq  o Arruda, como governador eleito não poderia encontrar-se com alguém do governo federal para atividade pública agendada, publicada, transmitida em tempo real? Ou será que a imprensa considera Alckmin  como um governador tão repugnante a ponto de Dilma não poder encontrar-se com ele? 
Em resumo, será que a imprensa está apostando na total ignorância do (e)leitorado ou degringolou de vez? Uma pena que a revista Época tenha (in)Vejado tmbm.
P.S.- Ou será que a campanha de 2014 já começou, já que FHC descartou Serra e lançou Aécio Neves? Ou será que a imprensa quer porque quer que o Brasil eleja seu Berlusconi em 2014? Dúvidas....rssss
Para ler o texto na íntegra clique aqui >>>>

18/01/2012

11/01/2012

O "churrascão diferenciado" na Cracolândia: NO Luís nos fez romper o medo, o preconceito, sentar ao lado deles, dialogar, interagir, ouvir. Vimos usuários conscientes, críticos. Pela TV, acompanhando os noticiários, os grandes portais da internet, isso não seria possível (Rodrigo Mesquita de Alencar, sobre sua experiência de conversar com um usuário "anti-social" do crack) Amigo Rodrigo, também tive esta experiência dias atrás. Foi quando concluí que é necessário ouvirmos os usuários "anti-sociaiais" do crack. Ficarmos restritos à TV e à internet é como estamos presos à teorias. Dias atrás tive esta experiência. Foi quando vi que eu era bem preconceituoso quanto ao assunto, mesmo acompanhando as postagens no Nassif. Sem a conversa com o "Edu Trevas" meus preconceitos não teriam desabado. É no contato real que nós nos colocamos no lugar do outro. Foi gratificante ficar por mais de uma hora ouvindo o "ET", uma pena que, por não dar-me conta de que seria tão importante, não gravei a conversa. Lembro-me que ele me disse coisas tais como: O bom do crack é a "lirica" (grupo de usuários) mas, bom mesmo, é ficar de fora, apenas observando, sem usar nada. Hoje não consigo. Perdi tudo. Sou jornalista. Sou também locutor, sei imitar várias vozes (e fez várias vozes, imitou vários personagens, quando vi que ele realmente era locutor). Este seu texto me fez lembar do ET, eu já havia me esquecido dele, preciso reencontrá-lo. Eu o conhecia de vista há muito tempo, afinal de contas é um destes "loucos de rua", no entanto ao ouvi-lo vi que não é nada disso, são sim, bastante conscientes quanto a própria realidade que vivenciam, os preconceitos dos quais são vítimas no dia-a-dia. Ele me disse: Eu nunca havia contado isso prá ninguém. Eu sofro muito por não poder me livrar do crack, uma droga muito barata que termina ficando cara por que você tem que consumir repetidas vezes. Aí você leva a própria camisa para trocar por uma pedra. Depois leva a calça. Por isso ando assim. ...assif e galera, parabéns ao blog por ter conduzido um assunto tão espinhoso de forma a não aprofundar ainda mais o pré-conceito, o fosso social que existe entre os usuários e a sociedade, rolou muita coisa interessante, um texto sobre as falas destas pessoas, suas sociabilidade e sentimentos, gostaria muito de participar, se tiver aqui na minha cidade com certeza irei, reuni algumas falas anteriores, para pegarmos o fio da meada:

Clique no post

A ferocidade recorrente dos pit bulls: Cara amiga Priscila, falando em exercício prá cachorro, aqui perto de casa tem uma pet academia onde eles(os cães) são submetidos a várias modalidades de esportes e fisioterapia, tais como petplay(recreação em grupo), agility, massagem, etc. Como diria o Eduardo Dusek, eu queria tanto ter essa vida de cão. Não se trata de caninofobia, até mesmo porque defendo a harmonia entre os seres humanos, os animais (dos vírus aos dinossauros) e as pessoas jurídicas (das igrejas aos supermercados). Sim, estas 3 forças compõe a sociedade mas, cá prá nós, o mundo poderia ser ao menos mais felinocêntrico e menos caninocêntrico....

Clique no post(e)

Isso é lindo. La Paloma. Por Vários Intépretes: Cascatinha & Inhana, Nana Mouskoury, Elvis Presley, Plácido Domingo, Júlio Iglesias, César Rivera (Trompetista), Paco de Lucia (Instrumental/Flamenco), Katica lllenyi (llényi Katica),, Aston, 1934

Clique no título

04/01/2012

Roberta Sá, Ney Matogrosso....

Clique no título

Comentários ao post "Os órfãos do poeta Ferreira Gullar": Ferreira Gullar não é o único artista a aliar-se à mídia para manter seu espaço. Verifique ai no seu Estado e não será difícil constatar que artistas que tem dado grande contribuição à cultura, por outro lado, como disse, para se manterem em evidência, tem que fazer um pacto de vida e morte com a velha mídia. Gullar não foge à esta regra e por isso prefiro não crucificar mas compreender como isso ocorre.

Clique no título

Da “Documenta de Kassel” à desejável documenta da Bienal,..Seria possível uma obra de arte tendo-se Jair Bolsonaro como "material artístico?"

Clique no título

A música brasileira e a censura da ditadura,,..Um bom apanhado sobre o assunto, embora o artigo mostre apenas a ponta do iceberg. Tomara que a Comissão da Verdade coloque o assunto em pratos limpos

Clique no título

"Até o fim", com Chico e Ney.,,,Um belo vídeo com estes dois ícones da MPB

Clique no título

A História do SPIN