04/09/2014

Mensário Artístico - Urano 2014: 8 de agosto a 19 de Outubro

A morte das abelhas

Hoje são 15 de outubro, 68 de urano no novo calendário, o calendário spin
Estou envolvido com a construção de um poste a partir de uma revelação de sonho: A morte das abelhas
Quando fechei os olhos para ver, vi a questão do lixo
E que as abelhas estavam sendo mortas pelo lixo, não o lixo hospitalar que, no caso, estaria sendo tratado adequadamente, os mortos como lixo hospitalar também, mas não o lixo agro(tóxico),...
Ai.....
Me esqueci....é que tenho que sair correndo para uma viagem a Uruaçu
Estrada perigosíssima, sabe-se lá se volto para a colméia...
Ah, agora me lembro da obra "A Morte das Abelhas", de Siron Franco, num prédio que uma réplica do Museu das Bandeiras, na cidade de Goiás..já expus lá sob a curadoria de Paulo Veiga Jordão
....
Tenho que ir

No momento estou em frente ao prédio onde foi instalada a obra "A Morte das Abelhas", de Siron Franco,,
Consegui enviar apenas esta imagem, trata-se da imagem de uma abelha, estão destruindo a obra a qual dará lugar à decoração de Natal,,,,que horror



O fragmento acima foi guardado na página de hoje  68 de urano


Como isto é um mensário artístico, os assuntos do mundo ordinário são alocados nas páginas dos Poderes Cotidianos, que vão dos bogs 75 ao 89, por isso o poste que aqui se encontrava foi transferido daqui para o Poder Curador (sic Poder Executor)

Hoje são 12 de outubro no calendário gregoriano raso superficial, 66 de urano no tempo profundo
Ontem quase cassaram minha voz mas, ao invés disso, me chamaram
Vem se expressar
Vem ALEX ou Amparador da Liberdade de Expressão
Vem ser nosso curador
Logo ontem quando quase cassaram minha voz
Logo aqueles dos quais me afastava
Isso aconteceu no dia em que minha voz quase foi cassada ou esquecida ou ignorada
Agora eles dizem
Vem
Vem ser nosso curador
Ah minhas obras
Meu mundo imaginário motivo pelo qual ausentava-me da festa concreta para sentar-me ao pé da árvore
Para viajar por meus mundos
Um mundo que, agora sei, de alguma forma foi percebido
Agora sabem que não transporto materiais artísticos pq eles se encontram lá

A História do SPIN