14/12/2007

post para uso da caixa de comentários

não se assustem
escrevo bastante
ontem excedi-me na escrita
nem sei porque me arrependi tanto se ontem, após a escrita, eu estava tão irradiante!
capaz de deparar - me com aquela pessoa sem desabar
assim = livre = solto = sereno = espontâneo sorridente
a escrita me proporciona isso
tenho que escrever para, depois da escrita, ficar calmo = bonito
se não escrevo o suficiente transformo-me num monstro = carrancudo = preso = ansioso
sei que devo = posso ser mais cauteloso = previdente
cair na real
perceber a fantasia
não postar nada antes de dar um tempo = espaço para ver o que eu escrevi = olhei = fui
ontem desandei = desembestei a escrever
aprendi = apreendi
tal experiência ensinou-me como lidar com o meu mundo imaginário
à noite, passadas várias horas depois da escrita, quando eu caí na real, percebi que eu havia
perdido as rédeas = freios durante a minha viagem = mergulho no mar = imaginação
foi quando comecei a deletar tudo
era tarde
como deletar se várias pessoas já haviam lido o que eu havia escrito = olhado = sido?
vendo de que nada iria adiantar não deletei tudo mas apenas quase tudo
como por exemplo a frase "quem nunca tiver dado o cu que atire a primeira pedra"
esta foi pro lixo apesar de que, inclusive o Papa, ficou sabendo desta atualização básica
no livro sagrado = profano
por isso a partir de hoje vou ter mais cuidado = freios
nada de escrever em velocidade superior à da luz
jamais
precauções = regras = instruções para evitar excessos:
1- namorar em segredo = silêncio. Por falta de silêncio = segredo aquela pessoa se foi. Onde
eu estava para não ter percebido isso antes. Decisão tardia. Aquela pessoa não me quer mais.
2- não usar caixa de comentários de posts alheios para continuar este
enredo, nunca se sabe qual a reação do outro e, além
disso. Crie um post = caixa de comentáros para sua escrita.
3- deixar o texto na caixa de comentários durante 8 horas.
Não enviar para Bento 16, spin papa, humanóide e nem para outras pessoas antes da
revisão geral. Espere! Afaste-se da obra. Nada de pressa = velocidade.
Grato,
Idéia Sem Pressa
Calmo = arrumado = revisado = ajustado = perfeito = acabado = enxuto = sofisticado = lógico
Postado por jose carlos lima às 02:08
1 comentários:
jose carlos lima disse...
Uma pessoa que não conheço pessoalmente mas apenas de forma virtual, digamos assim, um amigo virtual = real, me enviou a seguinte mensagem para meu email:

De: wilson c jr
Para: jose carlos lima
Assunto: O suicida - Dostoiévski

"Que direito tinha a Natureza de trazer-me ao mundo obedecendo às suas pretensas leis eternas? Sou consciente. Por que essa Natureza me criou sem meu consentimento, a mim, consciente; isto é, capaz de sofrer? Mas não quero sofrer mais. Para que serviria? A Natureza, pela voz da minha consciência, declara-me haver no Universo harmonia geral. Nela se baseiam as religiões humanas. E se não quiser desempenhar o meu papel nessa harmonia, será necessário que, apesar de tudo, me submeta às declarações de minha consciência? Será preciso aceitar o sofrimento em vista da harmonia do conjunto? Se me fosse dado escolher, preferiria ser feliz durante o curto momento da minha existência; preocupo-me infinitamente pouco com o todo e do que acontecerá a esse todo quando estiver morto. Por que motivo irei preocupar-me com a sua conservação em época em que já terei desaparecido? Preferiria viver como os animais, que são inconscientes. Parece-me que a consciência, longe de cooperar para a harmonia geral, é causa de cacofonia, visto como me faz sofrer. Olhem as pessoas que são felizes neste mundo, as que consentem sofrer! São precisamente os que parecem com os animais, que se aproximam da besta pelo desenvolvimento limitado da consciência, os que vivem vida brutal, que consiste unicamente em comer, beber, dormir e procriar. Comer, beber, dormir: isto significa, na linguagem humana, voar, roubar e construir um ninho. Poderão ojetar ser possível construir um abrigo de maneira razoável, digamos mesmo científica. Mas... para que? Para que criar uma situação de maneira justa e sábia na sociedade humana? Ninguém responderá a tal pergunta.

"Sim, se eu fosse flor ou vaca, talvez me sentisse feliz. Mas nada há que me faça experimentar alegria. Até mesmo a sorte mais elevada, a de amar aos seus semelhantes, é vã, visto como amanhã tudo ficará destruído, tudo voltará ao caos. "Admitindo-se mesmo por um momento que a humanidade marche para a felicidade, que os homens do futuro sejam perfeitamente ditosos, bastará saber que para obter tal resultado a Natureza teve necessidade de martirizar milhões de seres durante milhões de anos para essa idéia tornar-se insuportável e odiosa. Sem levar em conta que a natureza se apressará a mergulhar mais uma vez essa felicidade no nada. "Às vezes se me apresenta pergunta horrivelmente triste: e se o homem fosse somente objeto de uma experiência? E se não se tratasse senão de saber se é ou não capaz de adaptar-se à vida terrestre? Mas não, não há nada, não és experimentador, logo não és culpado; tudo está feito de acordo com as leis cegas da natureza e não só a natureza não me reconhece o direito de interrogá-la, e não me responde, mas não pode admitir seja o que for, nem responder. "Considerando que quando a consciência me responde em nome da Natureza nada mais faço senão emprestar as próprias idéias à consciência e à natureza; "Considerando que, nessas condições, sou ao mesmo tempo quem pergunta e responde, réu e juiz, parecendo-me esta comédia estúpida e intolerável e até mesmo humilhante; "Em minha condição incontestável de quem pergunta e responde, de juiz e réu, condeno a Natureza, que me criou insolentemente para que sofra, a desaparecer comigo. "Como não posso executar toda a minha sentença, destruindo a natureza ao mesmo tempo que a mim mesmo, suprimo-me a mim mesmo, entediado de suportar uma tirania de que ninguém tem culpa."
14 de Dezembro de 2007 03:28

13/12/2007

"Talvez" ou "Tavez" ou "Árvore tem assinatura?"


Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

risúlo ela aofr]er qqer tipo de imp.
Portanto,concluo * o impedimeento ,coedimento;;
1ue bnere da o cara naum cega om a e nomenda serp que terei de n hovrror de mostrar
vc tem ideuia do que ter me tranf]]sfomado nisso
+ um vez,

Postado por rloga às 15:27

comentários:
rosane chonchol disse...
sua mensagem não está compreensível para mim, bjs
12 de Dezembro de 2007 08:29
Anônimo disse...
os números sorteados foram: 19 - 23 - 26 - 31 - 33 - 36
12 de Dezembro de 2007 20:45
Anônimo disse...
um momento....vou dormir
13 de Dezembro de 2007 01:21
jose carlos lima disse...
(..)
dormi um pouco e sonhei
no sonho a seguinte pergunta
"árvore tem assinatura?"
no sonho houve um longo debate = exposição em torno disso
árvore tem assinatura?
(...) Márcio Montarroroyos
http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL215699-7085,00-CD+DE+MONTARROYOS+SERA+LANCADO+EM.html
(...)
o momento Q
do dr. quantum
;
;
;
.
.
.
silêncio
(um minuto = dia = hora = século)
.
.
.
.
.
. (em branco)
.
.
em branco
em branco
em branco
silencio
silencio
silencio
silencio
(...)
o que fiz no espaço = tempo?
girei
a princípio andei em linha reta
aí me lembrei que não posso endar em linha reta = lógica
e comecei a girar
girar
feito um spin
isso
spin sem giro
spin girando
girando
girando
até atingir alta velocidade
rodei
sm sentido centrífugo
prá dentro
e foi rodando
rodando
e no caminho eu, em forma de semente de individuo foi provocando atritos = diferenças = contrariedades
rodando
rodando
rodando
(..)
Van Gogh (...) no sonho ele estava no meio do trigal e correio para o aceiro = caminho
subiu na cerca
vi o sol = Idéia grávido
Idéia se escreve Idéia = sol = cosmos
(...)
a morte do último dinossauro
motivo da morte: a queda
o último dinossauro saiu correndo
aliás nós com medo um do outro
o corpo do último dinossauro
em qual museu encontra-se?
13 de Dezembro de 2007 02:29
jose carlos lima disse...
voltei após girar um pouco
rodar
"É esta Alma sempre aprendiz
Que Obrigado te agora diz
Daqui onde sempre estou!"
Estre trecho aspado é de autoria de paulo cesar
fonte:
http://poemaslusos.blogs.sapo.pt/20337.html
13 de Dezembro de 2007 03:21
(...)
as letrinhas que, no momento, me são exigidas para se postar comentários:
KSQJUYZS
sentinado cada letra = momento = hora:
K - nem existe mais...esta letra foi revogada do dicionário = calendário = universo do spin
S - serpentes
Q- quantum, silencio, misterio
J = U = Y = Z = S = Jesus
eu sou isso?
O Idéia sim
quanto a mim mesmo não passo de um ser profano
rosane chonchol disse...
Meu computador pifou ontem, me desesperei, mas o tecnico abriu e o secou por dentro, com meu secador de cabelo - era maresia - que coisa incrível! ainda bem que o rapaz foi competente e honesto.
13 de Dezembro de 2007 03:51
(...) email do papa Bento 16
bentoiv@vatican.va
(...)
cara Ro,
vamos celebrar a vida?
vá ao espaço exterior e encha a taça de vinho
vamos tomar = beber até cairmos
uma marchinha de carnaval
imagem: um homem pançudo que diz ter bariguinha de tanque = garoto
ele bebeu tanto que ficou assim
mas tudo bem, isso é apenas a forma
o contéudo é que interessa
ele pode ser uma pessoa boa
vá em frente
conquiste-o
quem sabe passes a gostar?
pança = barriga = forma não interessa
(...)
jose carlos lima disse...
será o meu mundo imaginário = irreal = real o motivo deste comportamento?
13 de Dezembro de 2007 05:09

11/12/2007

Eu preciso de coisas simples para me salvar - 2007 - 53/74 - V - A/Z


Opinião contrária
Nesta noite sonhei com o traller de um filme
Só que ao final fiquei sem saber se era apenas uma parte = traller ou o filme todo
Estava tão completo!
O nome do filme era Ghost
Um momento, vou ao tradutor = Babel ver o significado de Ghost
Resultado: sem tradução
Será que escrevi errado? Tentei com Gosth e nada...
Então a tradução ficou assim
Ghost = gost = gosto
No passado...
Ghost = gostei
Do que não gosto?
De opinião contrária
Então é isso!!!!!
Aqui toda a fonte da minha infelicidade = insônia !
Onde eu estava para não saber disso há mais tempo?
Eu nem teria perdido aquela pessoa
Meu deus!!!!!
Tão simples!
Vou dar uma olhada na web com a palavra "opinião contrária"
"As pessoas definem opinião contrária de PRECONCEITO. O que é preconceito? Pensar contrário a homossexuais?
Washington Silva
Ser contrário ao modo homeossexual de pensar não é ser preconceituoso. É ter liberdade de expressão. É não aceitar andar na rua e ver a parada gay com fornicações, baixarias e coisas que agridem nossa integridade moral. E isso, sem demagogia. Não se pode achar que todos que defendem algo como moralidade familiar são hipócritas ou demagogos. Eu tenho o DIREITO de achar errado o homossexualismo. Assim como devo respeitar e amar o homossexual, sem condená-lo. Mas não sou obrigado a ligar a TV e ver e ver coisas indecentes, que agridem minha cultura, minha formação intelectual e religiosa. Analisem a palavra PRÉ-CONCEITO e vejam se estamos sabendo usá-la. Eu, como evangélico me sinto rejeitado às vezes pela minha crença. Então pensemos bem: toda vez que abrimos a boca pra falar algo contra HOMOSSEXUALISMO e não HOMOSSEXUAIS logo começam a esbravejar como se estivéssemos infligindo uma lei a atingindo em cheio o coração de alguns. Será que o preconceito não está na cabeça deles?
4 meses atrás
Detalhes Adicionais
4 meses atrás
Bom, parece que "mexi" com os brios de alguns... mas é isso. Estamos praticando DEMOCRACIA.
Legal que o povo brasileiro tenha cultura pra entender o que é um estado LAICO. Olha, meu amigo, é interessante eu dizer a você que a humildade também é um princípio cristão. Se você me ensinar algo, legal, é um conhecimento que vou levar pra vida toda. Mas é impressionante! É só levantar essa questão que pessoas como você levantam a voz e começam a degladiar nas palavras. Calma, não estou te empurrando na parede. Só expus meu modo de pensar. Pára de agredir o que você não conhece. Minha igreja principalmente é feita por Deus e não por pastores. Aliás, não estou lá por causa deles, entenda. Se escolhêssemos homens perfeitos nas religiões não as teríamos.
Agora, você tem uma visão deturpada do que é PRECONCEITO. Eu poderia dizer a mesma coisa de você.
Denuncie
Eduardo Henrique
Melhor resposta - Escolhida por votação
Responderei a sua pergunta pontualmente: primeiro essa não é uma categoria de fiéis evangélicos, católicos ,cristãos, ateus ou coisa parecida. Então o que vc está fazendo aqui??? Segundo vc é preconceituoso e homofóbico sim. Você pode até se esconder por trás de uma máscara de defensor da moralidade familiar mas vc é preconceituoso e homofóbico sim. Tudo que vc disse nos detalhes adicionais da sua pergunta é homofobia e o mais puro preconceito. Tenha hombridade e assuma os seus atos. Vc é homofóbico e preconceituso não adianta se esconder atrás dessa máscara. E vc está falando sobre a liberdade de expresssão? Liberdade de expressão para vc é ouvir asneiras como as de vcs e responder com um amém como vcs falam pros seus pastores? Liberdade de expressão é ofender, difamar, perseguir e falar qualquer besteira sobre as pessoas que não compartilham com os seus preconceitos ou com os seus credos e ficar impunes? Isso é crime! O que vcs querem não é ter liberdade de expressão: isso vcs já têm ( o que vc está fazendo aqui é o quê?) e liberdade de culto vcs tbém têm. O que vcs querem é ter o direito de discrimar, perseguir, ameaçar, humilhar e se manterem impunes. Você é demagogo sim. Da mesma forma que vcs estão nas TVs usando o nome de Deus em causa própria com um proselitismo típico da Idade Média ou " Idade do Medo" como ficou conhecida e nós temos o direito de mudar de canal vc também possui o mesmo direito. É o que vc deve fazer quando na TV passar algo que não te agrada! Se não te agrada porque vc assiste? Mude de canal ou desligue a TV e vá ler um livro pra expandir a sua mente. Existe muita coisa além de sermões de pastores sabia? Vc não é obrigado a pensar como ninguém, nem aceitar nada que vc não concorde, mas vc precisa respeitar e se não respeitar que arque com as consequências de seus atos. E como vivemos num estado laico ( vc sabe o que é isso?): o Estado não está ligado a nenhuma religião ou crença. Por que se estivesse ligado, vcs não poderiam nem teriam liberdade de culto pois a maioria dos brasileiros é católica! Quer vcs queiram ou não! Então não adianta justificar os seus preconceitos escondendo atrás de suas crenças, pois como te ensinei, o nosso Estado é laico e esses argumentos religiosos não são aceitos como motivos para discriminar! Vc não precisa concordar com o modo de pensar de ninguém seja homossexual ou não, mas vc precisa respeitar! Esse é o nosso direito de exercer a nossa liberdade de expressão! Vou te ensinar mais uma coisa. Há muitos anos que a OMS (Organização Mundial De Saúde) e o CFP (Conselho Federal de Psicologia) não considera a homossexualidade como doença então não se usa mais o prefixo " ismo" que denota doença como o astigmatismo é uma doença que afeta a visão! " mas o pior cego mesmo é aquele que não quer enxergar"! Então, senhor evangélico que se fantasia de guardador da moral e dos bons costumes, se informe. O preconceito não está nas nossas cabeças mas sim na ignorância de vcs. Uma grande parte dos preconceitos é advinda da falta de informação, então, deixe de viver na Idade Média e se informe. E como bem citou o Joseph H " e a verdade vos libertará" Vc leu a resposta interessante que ele deu para sua pergunta? Talvez o tenha bloqueado como poderá fazer comigo porque vcs não têm moral para falar e nem opinar na vida de ninguém vivendo essas suas vidas hipócritas e falsas além de não suportam quem tem melhores argumentos que os seus. Pode me bloquear que é um direito que vc tem, mas tenha certeza que nunca vcs conseguirão calar a nossa voz como vcs fazem com as suas mulheres que são submissas a vcs! E deixa de ser hipócrita e demagogo ao afirmar na sua pergunta "Eu, como evangélico me sinto rejeitado às vezes pela minha crença", não nos venha fazendo o papel de vítima porque vítimas mesmo são os milhares de gays, lésbicas, travestis etc que foram e continuam sendo mortos pela intolerância religiosa e vítmas dos preconceitos que vs difundem por aí! Exerçam sua liberdade de expressão, de culto mas lavem as suas mãos, elas estão sujas de sangue das vítimas dos atos de homofobia que vcs difundem até mesmo em espaços como esse, onde a liberdade de expressão não impede que vcs estejam.
Parabéns Joseph por sua argumentação muito pertinente e verdadeira! assino embaixo em tudo que vc escreveu.
4 meses atrás
75% 6 Votos
Denuncie
É isto que você está buscando?
Avaliação: Resposta boa
Avaliação: resposta ruim
0
estrelas - marque esta como
Interessante!
E-mail
Comentário (0)
Salvar
Outras Respostas (7)
Mostrar:
Passageiro do Mundo
Como você pode defender a sua liberdade e privar a liberdade alheia?
Porque não podemos fazer uma parada? Nos também temos a nossa liberdade, somos cidadãos livres e podemos fazer o que quisermos de nossas vidas.
Você não pode achar errado algo de não existe, o termos homossexualismo foi extinto, você como um evangélico estudado e atento deveria saber disso, fico agradecido pelo seu amor aos homossexuais, mas a minha parte eu dispenso, não quero ser amado por uma igreja hipócrita que vive em escândalos financeiros e fazem dos seus templos verdadeiros comércios voltados ao lucro a qualquer custo.
4 meses atrás
13% 1 Voto
4Avaliação: Resposta boa
1Avaliação: resposta ruim
Denuncie
Angil G
Por que vc não faz as mesmas considerações sobre HIPOCRITAS e HIPOCRISIA e as submete à consideraçao de alguns pastores evangelicos. Conheço tantos pastores e evangelicos (que não são pastores) que são homossexuais enrustidos. Talvez eles esclareçam suas duvidas.
4 meses atrás
13% 1 Voto
2Avaliação: Resposta boa
2Avaliação: resposta ruim
Denuncie
Jose P
Você disse tudo: o preconceito está na cabeça deles.
Concordo plenamente com a sua colocação. Eles podem ter o direito de praticar o que quiserem em matéria do que consideram sexo, mas não têm o direito de afrontar àqueles que não concordam com as suas práticas. Podem dizer o que quiserem sobre preconceito que não vou mudar o meu ponto de vista sobre o homossexualismo. Quem quiser praticar, que fique à vontade, mas não me venha dizer que é bom e que devo considerar uma coisa normal. Não é natural. Não é normal.
4 meses atrás
0% 0 Votos
2Avaliação: Resposta boa
4Avaliação: resposta ruim
Denuncie
Joseph H
Sabe do que vcs pastores, fiéis evangélicos e católicos têm medo? De que os templos de vcs esvaziem e que não consigam mais aprisionar pessoas prometendo curá-las ou livrá-las de macumbarias, feitiçarias, olho gordo e uma infinidade de baboseiras que vcs inventam para retirar o dinheiro sofrido dos pobres coitados dos fiéis (na sua maioria pobres e de pouca instrução). Aproveitam da liberdade de culto para conseguirem dinheiro dos pobres coitados que são mantidos dentro dos seus templos através do medo que vcs impõem de serem perseguidos por sete demônios ou irem para o inferno se resolverem sair dos mesmos. O dízimo que recebem de cada um dos fiéis sustentam as suas orgias, seus vícios e suas vidas verdadeiras. Dentro da igreja vcs adotam o medo como um modo de manter o "status quo" e continuar usando da boa fé de pessoas inocentes e pouco instruídas. Então vcs todos têm medo de que as pessoas se instruam e descubram o comércio por trás do nome Deus. Muitos gays vivem dentro dessas igrejas por imposições de família, por medo do inferno, como vcs pregam de que nós iremos, por não aceitarmos o seu proselitismo imbecil! Enquanto isso os pastores e fiéis amigos e parentes dele gastam o dinheiro do dízimo dos coitados contratando garotos e garotas de programa para suas orgias. Dizem para os féis para serem desapegados do dinheiro enquanto passeiam de carrões importados e moram em belas mansões em áreas nobres da cidade. Realmente os féis têm que ser desapegados, para contribuírem com o dízimo e sustentarem as boas vidas dos pastores e seus confiliados. Vocês têm medo de que o povo, sejam gays, lésbicas, heteros, bi, trans ou de qualquer orientação sexual, descubra que não dependem de hipócritas como vocês para se libertarem e viverem suas vidas. Então vcs não poderiam mais enganá-los com seus proselitismos chinfrins e suas imposições de medo e perderiam a maioria dos seus fiéis e as suas fontes de lucro. Por isso vcs têm medo de que eles descubram o que está por trás da frase " e a Verdade vos libertará" é isso, a verdade liberta mas infelizmente não é lucrativa para os seus templos. Por isso vivemos a nossa vida e não nos escondemos atrás de livros sagrados e os usamos para fins expúrios. Vcs não precisam amar os homossexuais, pois a maioria deles não necessita desse seu amor nem desse seu proselitismo idiota, ame os pobres coitados que vcs iludem todos os dias para manterem os seus templos cheios e os seus comércios lucrativos. Deus não entra nessa história então não usem o seu nome para justificarem os seus crimes e os seus preconceitos nem para lucrarem em seu nome! Para o inferno irão todos vcs que usam o nome de Deus e impedem o povo de descobrir o que é a VERDADE!!!
4 meses atrás
0% 0 Votos
1Avaliação: Resposta boa
0Avaliação: resposta ruim
Denuncie
Rosi Mac
"Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro." (Romanos 1-26,27)
"Não vos enganeis: (...) nem efeminados, nem sodomitas (...) herdarão o reino de Deus." (1 Coríntios 6-9,10)
Se alguém se denomina homossexual, saiba que este alguém não "É" assim, "ESTÁ" assim, e Deus quer e pode mudar a vida deste alguém pra melhor. Se este alguém permitir, é claro...
"As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus." (Lucas 18-27)
"Se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (2 Coríntios 5-17)
"Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade." (1 Timóteo 2-3,4)
"Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, e de seus pecados não me lembrarei mais." (Hebreus 8-12)
Só Jesus Cristo é a solução. Que Deus abençoe à todos...
4 meses atrás
0% 0 Votos
0Avaliação: Resposta boa
1Avaliação: resposta ruim
Denuncie
Pedro V
Imagine que os mesmíssimos argumentos que você utilisou um gay poderia usar, pois não somos obrigados a ligar a TV e ver programas humorísticos que só fazem denegrir a imagem do gay, mas isso acontece toda semana! não somos obrigados a lidar com o heterosexualismo, porém não existe uma novela onde todos sejam heteros e no máximo um casal gay tenha um espaço reservado e que não possam, por exemplo se beijar ardentemente, pois agride não a cultura mas a ignorâncoia de pessoas como você. Pre-conceito, como diz a palavra, trata-se de conceito pré-concebido, mas se no seu caso for conceito então você provavelmente é gay, enturtido, mas é.
4 meses atrás
0% 0 Votos
0Avaliação: Resposta boa
0Avaliação: resposta ruim
Denuncie
Perguntas abertas em Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros
Você já se envolveu com uma pessoa do mesmo sexo?
Vc é contra ou a favor da prática do beijo anal?
musicas de boate gay..?
Se você pudesse escolher um sinônimo que valorize a palavra homossexual, qual seria?
Perguntas resolvidas em Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros
um travesti virou homem de verdade?
Fonte: http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20070730150730AAQ2IXU

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 52/74 - V - C/Z



Este é o post C/Z
C de confiança (clique na imagem para ampliar)
No momento são 23:50
Apenas 10 minutos para postar isso
Confiança
Nunca confiei naquela pessoa
Aquela pessoa nunca confiou em mim
Relação tensa
Ciume
Mágoas
Mistérios
Ressentimentos
Confiança zero
Não ha como prosperar
Sem confiança entre os membros de um coletivo nada feito
Quem está na frente?
Hipódromo
Corrida de São Silvestre
E se, na reta de chegada, não houver aplauso
Você acha mesmo que aquela pessoa iria me aplaudir?
Eu não sou Ana Maria Braga
No momento são 23:53
Daqui a pouco é outro dia
Tenho que publicar isso até a zero hora
Zero hora já é amanhã
Ou não
Zero hora é o mesmo que 24 horas
Não confio = sei
.
Um momento, vou ver como ficou o texto depois de publicado
Depois das 24 horas talvez eu possa continuar este texto na caixa de comentários
.
Não faço a mínima idéia porque aquela pessoa se foi
Dizem que é porque tentei fazer um test drive para testar limites do corpo
Nem sei o motivo exato
Vai ver que foi isso
Quebra de relação de confiança
Isso não tem volta
Vou continuar este texto na caixa de comentários

10/12/2007

Eu preciso de coisas simples para me salvar - 2007 - 52/74 - V - B/Z

resolvi deletar o texto que aqui se encontrava
não se tratava de um texto que me fez bem
a gente se perde em conjecturas = reveberações = repercusões
ecos
ecos
como minha mente é barulhenta!
de tanto ecoar = repercutir não estou conseguindo dormir
e como alguém pode dormir sem desligar a mente?
dizem que o pensamento emite um som
se é isso então
não quero saber de nada
preciso desligar tudo
( ) celular da Vivo... desligado
() celular da Claro....desligado
( ) telefone fixo...desligado
( )televisão...desligada
instrutor: cuidado!
(um momento...quero ver como ficou o texto depois de publicado)
.
não é reveberações
é reverberações
que coisa!
(um momento...quero ver como ficou o texto depois de publicado)
.
PS1: de que adianta desligar todos os aparelhos se não me desligo
quero ficar offline...isto implica em esquecer aquela pessoa
.
PS2: esqueci de dizer que
(um momento...quero ver como ficou o texto depois de publicado)
.
PS3: a seguir,
.
PS4: este post continua na caixa de comentários
.
Eu havia escrito isso na caixa de comentários
preciso esquecer umas coisas e lembrar outras
a ciência diz que não há como esquecer
a gente nunca esquece
não há esquecimento
o que há é substituição
susbstituição de uma informação por outra
lembranças ruins por lembranças boas
aquela pessoa se tornou uma lembrança ruim para mim a partir do momento em que se foi

PS5: como tive que copiar o texto que eu havia elabaorado na caixa de comentários, o texto original que havia aqui foi substituido por um novo texto...
.
ah sim...então é assim que a mente trabalha! terminei produzindo um novo texto! vou deixar na geladeira. caso dentro de alguns minutos eu mostre-me insatisfeito farei nova substituição, um novo texto.
.
isto é um exercício, um treinamento de esquecimento = substituição mental
.
quero ficar livre de lembranças do passado presentes
quero ficar livre daquela pessoa
.
( um momento, vou ver como ficou este texto depois de publicado, se for o caso, voltarei a usar
a caixa de comentários para continuar = substituir = esquecer )
.
Errata: onde está escrito "resolvi deletar o texto que aqui se encontrava" leia-se "resolvi sbustituir o texto que aqui se encontrava"

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 52/74 - V - A/Z

bate-papo durante a aula de motorista de carro
eu: ontem eu sonhei com uma frase, uma situação... no sonho me foi dito a frase "eu preciso de coisas simples para me salvar"
instrutor: de fato não precisamos de coisas sofisticadas...hoje em dia as pessoas estão perdidas, loucas atrás de sofisticação... o celular tem que ser o de última geração...o carro tem que ser o automático...bobagem
eu (sem muita atenção na aula)
instrutor: cuidado!
............
durante a aula a palavra "sofisticação" ficou ecoando = repercutindo
ao acessar o blog quarentena bienal constato que, com referência à bienal,
há duas quarentenas
uma paralela, esta que acontece tendo como suporte o blog quarentena bienal e a outra, a oficial,
que está perdida
a oficial tem grana que dizem que não tem, a outra não não tem
a oficial tem data certa para acontecer, a outra começou sem um começo
sofisticação....o que é isso?
neste momento me lembro das palavras do meu instrutor
para ele as pessoas estão muito apegadas a coisas materiais
a bienal oficial tem um salão vazio, um território fixo
a bienal marginal não tem espaço fixo
o som que foi captado parece ter sido captado aqui
e quanto ao espaço na web, como andam as coisas?
um momento, vou fazer uma pesquisa na web
com certeza, vou encontrar coisas "sofisticadas" sobre a bienal
críticas de especialistas da Folha, Estadão, Veja, Globo
(depois de algum tempo)
uaí...o que aconteceu?
no lugar dos críticos oficiais = sofisticados encontrei uma turma que nem conheço
quem são estes(as) caras?
eles estão invadindo o pedaço
não!!!!
isso não pode acontecer!
quem são estes(as) caras?
será que são guerrilheiros = marginais?
quem é esta gente (resultado de pesquisa na web)?
.
Web Resultados 1 - 10 de aproximadamente 797 para quarentena na bienal (0,21 segundos)
.
SPIN - SISTEMA PATOLÓGICO=POÉTICO INFORMATIVO NATOQuarentena na Bienal. De: Edson Barrus Para: cecilia cotrim ... Ao pensar uma quarentena na 2a Maior bienal do mundo o que> >> deveria ser? uma verdadeiro ...
josecarloslima.blogspot.com/2007/11/3073-vc-2007-5a.html - 61k - Em cache - Páginas Semelhantes
.
SPIN - SISTEMA PATOLÓGICO=POÉTICO INFORMATIVO NATOQuarentena na Bienal). Recebi este email de Edson Barrus, trechos de uma discussão em grupo na web. A imagem, ninféias, não veio anexa ao email do Edson ...
josecarloslima.blogspot.com/2007/11/3073-va-2007-edson-barrus-ou-5a.html - 60k - Em cache - Páginas Semelhantes
[ Mais resultados de josecarloslima.blogspot.com ]
.
Folha Online - Ilustrada - Novo curador quer colocar a Bienal em ...Novo curador quer colocar a Bienal em "quarentena". FABIO CYPRIANO da Folha de S.Paulo. Ao deixar um andar inteiro do prédio da Bienal de São Paulo vazio, ...
www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u344210.shtml - 29k - Em cache - Páginas Semelhantes
.
QUARENTENA NA XXVIII BIENAL DE SÃO PAULO: Idéia Sem Medo da ...Acerca da objeção ao termo chique = bobo "bienal" como identificador da URL e título do nosso blog, o quarentena bienal... Favor dar uma busca no Google com ...
quarentenabienal.blogspot.com/2007/12/idia-sem-medo-da-solido-ou-tem-algum.html - 46k - Em cache - Páginas Semelhantes
.
QUARENTENA NA XXVIII BIENAL DE SÃO PAULO: minha experiênciaQUARENTENA NA XXVIII BIENAL DE SÃO PAULO ... e phoda eu nunca faria uma quarentena para bienal, eu ía lah querer estra dentro da bienal, entende, ...
quarentenabienal.blogspot.com/2007/12/minha-experincia.html - 21 horas atrás - Páginas Semelhantes
[ Mais resultados de quarentenabienal.blogspot.com ]
.
Como atiçar a brasa: 28ª Bienal de São Paulo em brasaA proposta de uma "quarentena" para a Bienal agrada alguns críticos e curadores, mas uma mostra sem arte seria o ponto fraco do projeto. ...
www.canalcontemporaneo.art.br/brasa/archives/001510.html - 59k - Em cache - Páginas Semelhantes

09/12/2007

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 51/74 - V - Z/Z

Interferência na obra "Sem Palavras," de Rosane Chonchol
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------silêncio------------------------------------------------------------------------------------------jabuticaba-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------então é isso?-------------------------------------------------------------------------------------------------não há mais nada a fazer?------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------não!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 51/74 - V - X/Z

Interferência na obra "Sem Palavras," de Rosane Chonchol
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------silêncio------------------------------------------------------------------------------------------jabuticaba-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 51/74 - V - W/Z

No momento estou noutra lan house = net
Numa parte que é uma espécie de silencioso porão = sotão
De frente onde estou tem um belo cartaz
Na imagem a foto do de uma pessoa, apenas uma parte da orelha, pontas dos cabelos, nariz, boca, uma pontinha do ombro
Imposível saber se é homem ou mulher
Na frente da boca o dedo indicador em sinal de pedido de silêncio
Pena que este blog esteja desconfigurado, o que não me permite publicar imagens nem alterar o tamanho e cores das palavras
Gostaria vivenciar, neste momento, o silêncio
Ah, sim tem a arte de Rosane Conchol
Vou interferir com a palavra silêncio
.
Sem Palavras

Por Rosane Chonchol

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------silencio-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 51/74 - V - V/Z

Lamento este meu processo de salvação esteja chegando ao fim
Confesso que não estou nem um pouco cansado
Muito pelo contrário
Gostaria de poder continuar escrevendo
O que faço para continuar depois da história?
Não esperava que vivenciar o que vivenciei hoje fosse, de forma definitiva, salvar-me
Pena que o processo = vivência esteja chegando ao fim
Não há mais nada depois disso?
Quero nascer de novo para repetir novamente
Não nasci para viver de louros = benesses
Fui moldado para o sofrimento
Há bilhões de anos giro por aí
De planeta em planeta
Ao sair deste irei para outro bem mais inóspito = primitivo
Quero fazer tudo novamente para, ao final da história morrer estrangulado = assassinado = crucificado
Uma pessoa simplória, que encontrei quando eu estava à procura de coisas = pessoas simples acabou de me dizer que cada um de nós nasce para uma coisa e que não tem como fugir
É o destino traçado por Deus, disse
Nem sei qual o motivo destas palavras
A pessoa estava bêbada
Sem conhecer-me foi chegando e proferindo tais palavras
Foi quando perguntei-me sobre minha missão aqui
Nasci prá que?
Para escrever = olhar = ser?
Adoro mergulhar neste mar de palavras
Fonte de águas bordadas sob o mar
Pena que a sensação agora seja de tarefa cumprida
Vazio
Não há mais nada prá fazer?
No momento não estou em casa
Estou numa lan house = net
Ao final do post T/Z saí para a rua para entender
Quis compreender o sonho "eu preciso de coisas simples para me salvar"
Aonde eu estava para ter esquecido disso?
Como não lembrei-me disso antes!
Isso mesmo!
Eu preciso de coisas simples para me salvar
Vou fazer de tudo para, jamais, esquecer esta frase
Para entender = vivenciar esta frase = lembrete saí por aí
Dei um giro = spin pela cidade
Visitei praças = ágoras
E terminais de ônibus lotados de pessoas
Foi quando percebi = lembrei-me que as coisas são as pessoas
Pessoas = coisas
Preciso de pessoas simples para me salvar
Um momento, neste momento chega uma amiga
Ela: nossa dias atrás você estava em processo de morte...agora está tão bem! o que aconteu
Eu (sorriso): eu preciso de coisas simples para me salvar
.
PS: vou sair por aí
vou continuar meu giro = peregrinação = spin
caminhando

Eu preciso de coisas simples para me salvar 2007 - 51/74 - V - U/Z

Soneto Antigo

Por Cecília Meireles
(Postado por BV)

Responder a perguntas não respondo.
Perguntas impossíveis não pergunto.
Só do que sei de mim aos outros conto:de mim,
atravessada pelo mundo.

Toda a minha experiência, o meu estudo,
sou eu mesma que, em solidão paciente,
recolho do que em mim observo e escuto
muda lição, que ninguém mais entende.

O que sou vale mais do que o meu canto.
Apenas em linguagem vou dizendo
caminhos invisíveis por onde ando.

Tudo é secreto e de remoto exemplo.
Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
E todos somos pura flor de vento.

Idéia Sem Simplicidade 2007 - 51/74 - V - T/Z

Dormi um pouco e sonhei
No sonho vi-me numa praia
Um homem trajando calção = sunga azul corria em direção ao mergulho
Foi-me dito a seguinte frase
"preciso de coisas simples para me salvar"
em seguida, a imagem do que seria esta "coisa simples para me salvar"
isto aqui
http://br.youtube.com/watch?v=sXUZfUKakZ4

Idéia Sem Obrigação 2007 - 51/74 - V - S/Z

Lamento
Não aguentei esperar chegar 16 horas
Despeitei meu próprio compromisso
Preciso de um médico
O que farei ao chegar ao fim da história?

Idéia Sem Palavras 2007 - 51/74 - V - R/Z

Sem Palavras

Por Rosane Chonchol

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ideia Sem Eco (ou: Ecos da bienal)

No momento são 15 horas e 04 segundos
No spin são Q horas e 04 segundos
No momento não estou a fim de escrever = olhar = ser
Sinto falta de fazer = experimentar assim como rloga
Título da obra: Paranóia
Autor: Giuliano Obici
Link:
http://quarentenabienal.blogspot.com/2007/12/parania.html#links
.
PS1: falta-me conhecimento = aparato tecnológico para transmitir meus ecos
se bem que é isso mesmo
até pensei que o Giuliano Obici = Gñlñano Obñcñ havia estado aqui em casa
e capturado o som ambiente
eu só acrescentaria o som de um apito
adoro apitar num apito = cápsula de jequitibá
som deiscente
a deiscência da experiência = som
.
PS2: o blog está com problema no dispostivo de inclusão de links
ecos da bienal
som na caixa = sincronicidade
.
PS3: ah sim, o som do apito = jequitibá foi capturado sim
eu não havia prestado atenção direito na obra
perfeito
parabéns!
.
PS4: próxima obra a partir das 16:00 horas
hora da letra R, post R/Z
.
Identificação deste post
2007 - 51/74 - V - Q/Z

Idéia Sem Não Sei Que = Assunto

post 2007 - 51/74 - V - P/Z
estou sem assunto!
que horas são?
14:00 horas (ou P horas e 10 minuntos
P:10 (P:horas e 10 minutos)
Letra.......Hora
A...........00
B...........01
C...........02
D...........03
E...........04
F...........05
G...........06
H...........07
Ñ...........08
J...........09
L...........10
M...........11
N...........12
O...........13
P...........14
Q...........15
R...........16
S...........17
T...........18
U...........19
V...........20
W...........21
X...........22
Z...........23
este spin começou a escrever à na hora zero=A
se este SPIN não dormiu?
sonhar se escreve sonhar = vivenciar = desejar
defecar sentimentos
use o tradutor
Canção da América
(Milton Nascimento e Fernando Brant)

Por Milton Nascimento

Int.: C
F G7
Amigo é coisa pra se guardar
C F G7
Debaixo de sete chaves
F C
Dentro do coração
Dm G7 C F C
Assim falava a canção que na América ouvi
Am
Mas quem cantava chorou
D F G7
Ao ver seu amigo partir
Dm
Mas quem ficou, no pensamento voou
G7 C F G7
Com seu canto que o outro lembrou
Dm
E quem voou, no pensamento ficou
G7 C F G7
Com a lembrança que o outro cantou
F G7
Amigo é coisa pra se guardar
C F G7
No lado esquerdo do peito
Dm G7 Dm
Mesmo que o tempo e a distância digam não
G7 C F C
Mesmo esquecendo a canção
Am
O que importa é ouvir
D F G7
A voz que vem do coração
Dm G7 Dm G7
Pois seja o que vier, venha o que vier
Am F G7 C
Qualquer dia, amigo eu volto a te encontrar
Am D F Am
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

Idéia Sem Continuidade

estou sem querer baixar = publicar o próximo post = poste
é que ao fazer isso a sua poesia desaparecerá começará a sumir tipo o sol se pondo, o que eu não gostaria que ocorresse
como faço para continuar sem te esconder = ocultar?
no momento são exatamente 13 horas
instante O/Z
tudo bem
vou continuar a escrever = olhar = ser
trarei de volta sua obra
no último momento
no fim da história
.
identificação para este post:
2007 - 51/74 - V - O/Z

Idéia Sem Palavras

Sem Palavras

Por Rosane Chonchol

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Idéia Sem Marido = Marte

Marte é o nome do meu marido
Aliás, ex
Marte me matou
Quando Marte me disse "NÃO QUERO MAIS" (assim, em letras grandes e em vermelho) começou o meu processo de morte
Este processo
Esta minha história
A História de Idéia
O meu nome é Idéia
Na verdade não tenho um nome em específico
Tenho milhões de nomes
Uns me chamam de Idéia Sem Coração
Outros Idéia Sem Morte
Idéia Sem Vida
Todos os nomes
Tudo o que há e o que não há é Idéia
Tudo pertence
Ledo engano daquele(a) que imagina ter-me tomado = roubado aquela pessoa
Numa noite qualquer um tremor mudará tudo
Basta que eu peça e serei atendido
Já fiz isso
Tantas vezes!
Não que eu tenha este poder
Não sou eu e sim Ina
Ela está lá = aqui
Basta que eu a chame ela virá e, atrás dela, um batalhão de anjos para não deixar pedra sobre pedra
O nome dela = dele é Morte
Que o mundo faça com que Ina não seja instada a tomar a forma da morte
Assumindo tal forma ela vem em forma de tempestade, raio, trovão, tsunami
Quando Ina passar nada restará
Ai daquele(a) que roubou-me Marte
.
Identificação:
2007 - 51/74 - V - N/Z

Idéia Sem História

A morte chegou com outros olhos
Disfarçada
Vestida de forma cintilante
E cravou as penas do seu leque = rabo no meu coração
Idéia Sem Vida
Morri
Quando acordei constatei que as pessoas estavam indo embora
No exato momentoda minha morte o público aplaudiu
E quanto mais palmas = salvas de palmas = penas, mais as penas entravam no meu coração
Morri
Mas ressuscitei = voltei
Aqui estou novamente
Em forma de História
A minha = tua história
.

Código para identificação deste post
007 - 51/74 - V - M/Z

Idéia Sem Tempo

Sem existência já estou
Desde quando aquela pessoa me disse "NÃO QUERO MAIS" (em vermelho)
Desde aquele dia comecei a inexistir
Inventário:
Não deixo nada
A não ser papéis
Nem papéis uma vez que, dias atrás, joguei tudo fora
Mais de 3 toneladas de palavras
Passei uma semana inteira jogando palavras fora
Quase morri de tanto jogar palavras fora
Foram toneladas e mais toneladas de papel
Quis esquecer tudo, ficar livre daqueles papéis = palavras
Deletar = matar = esquecer
Isto foi quando aquela pessoa escreveu-me "NÃO QUERO MAIS" (em vermelho)
A partir deste dia comecei a despedir-me desta vida
Neste momento estou morrendo
Quero morrer aos poucos
Não tão repentinamente como Getúlio Vargas, spin presidente, indivíduo humano
Quero morrer = viver aos poucos
Cada momento = letra da minha morte será registrada
Assim como agora
Quando estou com horário marcado para encontrar-me com a morte
Caso eu não volte a escrever neste blog é porque morri
E vocês ficarão como testemunhas da minha morte no Jardim Dom Bosco, Rua João Paulo VI, Q. 15, Lt. 17
Um momento, tenho que ir
O horário está marcado
.

Código para identificação deste post
007 - 51/74 - V - L/Z

Idéia Sem Vida = Morte (ou: Último poste)

Último poste
Última cruz...
Último post
Do que estou falando?
Da minha própria morte
Talvez hoje seja meu último dia neste planeta
Outro me espera
Bem longe daqui
Lá vou começar tudo de novo para ser, novamente, crucificado = morto
Já morri tantas vezes que nem temo a morte
Fui avisado do risco e, no entanto,não evitei
Nunca evito
Já sou acostumado com a morte = inexistência
E há algo melhor do que existir = inexistir?
Na última vez que quase fui assassinado
Digo a última vez que temei a morte
Pois na última vez, por não estar com medo de morrer, nem percebi que eu estava diante da morte
A morte (com um revólver 38 em punho e apontado para mim): passa suas coisas prá cá senão vai morrer agora mesmo
Eu (tranquilo como a água do mar..dei tudo...inclusive aquilo que não me foi solicitado = oferecido)
O assaltante saiu em fuga após tomar meus pertences
Eu (querendo contribuir): você se esqueceu do carregador do celular!!! Vem buscar!
Engraçado...tudo uma questão de liguagem = lexômetro = palavras = visão
inimigo virou amigo = amante
Inimigo virou amigo = amante
.
Quem sabe hoje eu não me depare novamente com a morte, agora sem brechas para o amor?
Sei como é a morte
Tempos atrás sonhei = olhei = vi a morte
Ela entrou pela janela
Eu nunca havia roupa mais bonita = estrelada
A morte tem mil olhos no corpo
Tão cintilante quanto o céu estrelado
A única coisa de "anormal" = diferente é que a morte nunca mostra o rosto
Depois deste sonho, de fato fui visitado pela morte
Por um triz escapei de ser morto por estrangulamento = asfixia
A faca e os fios estavam sob o meu travesseiro
Eu estava em posição de lótus quando fui abraçado pela morte
Achei que fosse carinho
E não era
Era a morte
.
PS1:
Código para identificação deste post
007 - 51/74 - V - J/Z

Idéia Sem Medo de Cagar (ou: Síndrome do Pinico) 2007 - 51/74 - V - H/Z

Espaço = tempo em branco
Em branco
Em branco
Branco
Branco
.
PS1: no momento são 08 horas = minutos = segundos = graus
PS2: que sono!
PS3: eu quis dizer Idéia Sem Medo de Cagar
Cagar se escreve cagar = defecar = expor = falar = escrever = fazer = olhar = ser
PS4: desabafar
PS5: libertar-se
PS6: a ver com emancipação = alforria = libertação espiritual = sexual = social
PS7: matéria
Grato,
Idéia Sem Peso = fezes

Simples = cool
PS8: engraçado... ao usar o tradutor vi que não existe cagar em inglês
ainda bem que uso o sinal de igualdade = deiscência
caso contrário aqueles(as) que não falam português não iriam entender nada o que eu disse = olhei = fui
Aqui o trecho com a palavra "cagar" traduzido para o inglês pelo Babel
PS3: I wanted to say Idea Without Fear of Cagar
Cagar if writes to cagar = to defecate = to display = to speak = to write = to make

Idéia Sem Medo de Ser Classificado Assim = Assado ou Disso = Daquilo (ou: Chega!) 2007 - 51/74 - V - G/Z

este post = poste encontra-se em construção = obras
não tem hora para ser concluído
talvez ele fique como está
cansei de escrever = olhar = ser
agora vou sair para a rua
chega!
.
PS1: esqueci de informar o tempo = espaço
no momento são 7:30 horas = minutos = segundos = graus

Idéia Sem Medo de Ter Medo (ou: Síndrome do Pânico) 2007 - 51/74 - V - F/Z

Tenho medo
Por isso esqueço = escrevo
Medo do que não sei
Você tem medo do que?
Nunca se sabe o motivo = objeto do medo
Se soubéssemos seria bem melhor, pois poderíamos enfrentar = entender a fratura exposta
Você tem medo do que?
O que fazes quanto tens medo?
Escreves?
Pintas?
Bordas?
Olhas?
És?
Tenho medo
Por isso escrevo
Quando estou num lugar onde não tenho medo não escrevo = olho = sou
As minhas obras são produtos do medo
Por isso vai virar obra
É que as coisas que você teme terminam acontecendo
.
Medo do vazio....
Vazio
Vazio
Vazio
Você sabia que o mundo foi criado a partir do vazio
Não
Agora não!!!!!
No momento não estou a fim de falar = lembrar isso
Não
Quem sabe depois...
No momento tenho medo
Medo
Medo
Medo
Medo
.
PS1: lembrei-me que não tive medo que o fantasma deletasse meus comentários quando joguei fora 3 toneladas de palavras quando aquela pessoa disse-me "NÃO QUERO MAIS"
(na cor vermelha)...eu poderia ter-me curado deste medo
.
PS2: portaria... Decisão tardia. Quem sabe se, antes eu tivesse tomado as devidas providências,como por exemplo:
ir ao hospital = polícia denunciar = relatar o crime=doença de medo = constrangimento provocado pela porteira... ou ter-me curado deste medo
.
PS3: tive apenas medo...medo...medo...atitude que é bom, nenhuma! Nem mesmo a de mudar-me daqui para outro lugar, quem sabe um casa em cima de uma árvore, totalmente
às escondidas = escuras? ou ter-me curado deste medo
.
PS4 (em construção):

Idéia Sem Giro = spin = movimento (ou: Idéia Sem Medo de Parar ) 2007 - 51/74 - V - C/Z

no momento vou sair
vou dar umas voltas por aí
dar um spin = giro
afinal de contas não sou de ferro
como me disse o Edson Barrus uma vez, lá no RJ, rua lavradio
"que tal saí por aí, perder-se?"
( ) feira da marreta
( ) feira hippie
( ) entrar num onibus girar prá lá = cá e prá cá = lá
( ) viajar
Falando nisso, eu adoro viajar
ultimamente não tenho viajado de forma real = material
que tal pegar o ônibus e dirigir-se à cidadela mais próxima = distante?
PS: vou publicar = salvar isso no meu blog antes que o fantasma (ou eu?) delete = esqueça isso que não posso esquecer
"as cachaças, o queijo de corda, a lona azul, amarela (GIA), ... as relações, o convívio, a brincadeira, os fazeres, as discussões e os aprendizados...Muita coisa boa e válida, fundamental!" (Mariana Marcassa)

Idéia Sem Medo - 2007 - 51/74 - V - A/Z

ou fui = foi eu quem deletei = deletou meu próprio comentário
criação e destruição
adoro isso
afinal de contas é tudo tão efemêro!
eu que caí na bobagem de apostar todas as fichas = energia = dinheiro = tempo num relacionamento
dancei
medo...
medo de tudo
medo da morte
medo de não fazer sucesso
medo de não ser artista
medo de não ser comentado
medo de ser comentado
medo de ser deletado
medo
mas tenho certeza de que não fui em o autor da destruição
quem foi?
de qualquer forma, antes que o fantasam = Giuliano (?) me delete vou publicar
falando nisso
por segurança total, vou sair daqui para dirigir-me ao meu próprio território, o meu blog
lá estarei seguro
sem perigo de ser deletado
quem está me destruindo = deletando?
eu mesmo?
o que, em termos de mímias coisas = prazeres posso fazer por mim para não ser deletado = destruído?
"cachaças, o queijo de corda, a lona azul, amarela (GIA), ... as relações, o convívio, a brincadeira, os fazeres, as discussões e os aprendizados...Muita coisa boa e válida, fundamental!" (Mariana Marcassa)
Post-scriptum
PS1: um momento, vou dar um olhada na caixa de comentários do blog quarentena bienal
voltei...
lá chegando veriquei a caixa de comentários
quando vi "zero comentários" pensei
O fantasma acabou de deletar meus comentários
Eu havia postado 2...tinha que estar escrito 2 comentários e no entanto está escrito 0
O fantasma atacou novamente
Cliquei em 0 comentários e vi que eu estava errado = equivado
Era medo da minha parte
Medo de não ser comentado
Grato, spin sem comentários
PS2: ou medo de ser comentado?
Afinal de contas eliminei a caixa de comentários do meu blog spin para não ser comentado
PS3(em construção): esqueci de dizer que tenho mania de, vez em quando, deletar tudo
só não consigo deletar, da minha vida, aquela pessoa que virou um fantasma na minha vida
o que fazer para emancipar-me?

08/12/2007

Idéia Sem Voz (ou: Porque não te calas? ) 2007 - 50/74 - V - C/Z

Não estou bem
Virei escravo daquela pessoa
O que está acontecendo comigo?
Ontem aquela pessoa ligou no meu celular
(...)
Aquela pessoa: você vai sair que horas para o trabalho?
Eu: agora mesmo
Aquela pessoa: depois que você sair posso levar uma menina aí?
Eu: pode sim. você tem camisinha?
Aquela pessoa: não
Eu: vou deixar as camisinhas então...e o lubrificante
.
Nesta noite dormi e sonhei que tentava roubar, sem sucesso, um beijo daquela pessoa
Nesta manhã adormeci e tive um sonho destes que a gente não tem a menor dúvida de que está acordado
eu, acordado, pude sentir claramente aquela pessoa, seu cheiro, forma, tez, química
aquela pessoa sentiu que eu poderia ter mais molejo = movimento
tive controle absoluto sobre isso que nem sei se é sonho
estendi aquele momento o máximo que pude
somente quando acordei vi que era sonho
.
Um momento, o celular toca
É um amigo, o Fiterrman
Fiterman: oi, tudo bem com você?
Eu: tudo bem mas nem tão bem assim. Acabei de ter um sonho...nem sei se posso chamar
isso de sonho...eu e aquela pessoa
Fiterman: isso se chama escravidão
Quando acontece isso a gente vira um lixo
Já passei por isso
Quando ocorrerá sua alforria?
Está precisando de um terapeuta
Eu: de fato...escravidão pelo sexo?
Fiterman: por tudo aquilo que diz respeito àquela pessoa. Isto é masoquismo.
Eu: imagina só o que fiz ontem. Deixei aquela pessoa ficar aqui em casa, a sós, com
uma garota
Fiterman: você deixou de ser o ator para ser o diretor
Deixastes de ser o ator principal para tornar-se coadjuvante
Eu: falando nisso, nem isso aproveitei. Eu poderia ter muito bem ter aproveitado isso
para a minha arte. Poderia ter deixado um gravador de áudio ligado para gravar os
sons na hora do sexo. Enquanto aquela pessoa estava aqui em casa com outra pessoa fiquei a imaginar coisas. É como se eu estivesse ouvindo, na hora do gozo, a frase "porque não te calas?"
Fiterman ( às gargalhadas): porque não te calas Hugo Chavez...
Eu (às gargalhadas
.
PS1: "Beijo Roubado"
Com o spin cantor Ney Matogrosso
http://br.youtube.com/watch?v=zVrXtucwvbY
.
PS2: a barra de ferramentas do blog sumiu, não tem mais como aumentar as letras e nem
justificar = alinhar o texto
.
PS3: cara Rosane Conchol, obrigado pelas palavras de amparo = amizade...por causa das suas palavras tenho-a, a partir de agora, como uma grande amiga =aliada...você tem razão...cara amiga, no entanto tomei a decisão de destruir tudo como forma de ficar livre de certas lembranças do passado presentes...é como se fosse melhor assim...sofrer = morrer aos poucos...picadinho...enquanto morro = sofro = vivo conto a minha história,
a História de Idéia...aos poucos
2007 - 50/74 - V - B/Z

Idéia Sem PS


1. Idéia
Nesta noite, em sonho,  o Idéia foi com muita sede ao pote
Ao ver aquela pessoa tentou um beijo foi rejeitado
Foi quando o Idéia viu que não rola mais
Caiu a ficha
Este amor PS....de que adianta?
.
2. Forma: PS 
 
"Em Latim, significa literalmente "escrito depois"; originariamente, indicava algo que julgamos necessário acrescentar a uma carta após o seu encerramento (fecho, assinatura etc). Com o tempo, foi-se percebendo que esta fórmula, além de servir para corrigir nossos lapsos de memória ou simplesmente informar que haviam ocorrido alterações depois que tínhamos dado a carta por concluída, poderia servir como uma subtil estratégia retórica: depois de percorrer todo o corpo do texto, o leitor se depara com uma idéia posta em destaque, plantada ali por nós com aquela mesma aparente despreocupação com que lançamos, na fala, aquele temível "Ah! Antes que eu me esqueça ... ", que sempre anuncia o que de mais importante temos a dizer. É justamente esse efeito "amplificador" do post scriptum o que explica a sua utilização nas cartas e mensagens escritas no computador, uma vez que, com os fantásticos recursos de correção e arrependimento trazidos pelos processadores de texto, poderíamos simplesmente incluir no texto o que tínhamos esquecido. O Aurélio XXI registra a forma pós-escrito, modernizada; nada contra ela, mas acho que conhecer a expressão em Latim, entre outras vantagens, deixa visível a sua relação com a abreviatura, que é P.S." Fonte: wikipedia
.
3. Vivência 
.
PS1: ( em construção )
2007 - 50/74 - V - A/Z

Idéia Sem Catalogação

.
Por não ter catalogado este spin ao longo do tempo, quando levei um xeque-mate daquela
pessoa,  joguei tudo fora, daí a importância da identificação de cada post:
.
2007 -  é o ano no qual o post foi elaborado
.
50/74 -  onde 50  é o dia de hoje e 74 é o limite, ou seja, o mês que tem a maior quantidade
de dias, trata-se do mês de marte que, de 4 em 4 anos, em ano bissexto, tem esta quantidade
de dias. Porque 74 é o limite? É que de 4 em 4 anos o mês de marte tem 74 dias dos quais 4 são feriados.
.
V - o quinto=último mês do ano no calendário do spin, que termina no dia 31 de dezembro = 73 de marte.. no calendário do spin o ano é formado por 5 meses,  marte, júpiter, saturno, urano e netuno, enumerados de I a V.
.
A/Z - onde o A é a primeira letra e o Z a última. O alfabeto deste spin é composto por 24 letras. 
Cada letra corresponde a uma hora do dia. Não  existe a letra "i". No lugar do "i" há
o "ñ." Não existe a letra "y." No  do "k" existe o "c". As letras "k", "i" e "y" não não existem
por causa do stress=tensão muscular na hora da pronúncia.

07/12/2007

2007 - 29/73 - V

Idéia Sem Celular (anamnese)


Idéia.forma.vivência

1. Idéia, o primeiro momento
Nesta noite sonhei que eu estava na portaria deste prédio quando aquela pessoa passou
Nos cumprimentamos e propus que aquela pessoa, com medo dos gestos=pensamentos=falas da da spin porteira=limitadora,  entrasse pelo sótão
Fiquei no térreo aguardando aquela pessoa
Como aquela pessoa estava demorou chegar, desci ao sótao para ver o que estava acontecendo
Neste momento constatei que aquela pessoa já não estava mais ali
Entrei em desespero
Procurei por todos os lugares e não encontrei aquela pessoa
Aquela pessoa havia desaparecido
A única forma de encontrar=contatar aquela pessoa seria através do celular
Chamei aquela pessoa ao celular
Silêncio total
Idéia Sem Celular

2. Forma, o segundo momento
Ouça estes toques de celular
http://www.ouvi.com.br 
Ao ouvir estes sons=toques de celular tive a clara percepção do exato momento em que o celuar daquela pessoa toca
Agora sei
Agora sei que aquela pessoa existe
Agora sei
A história poderia ter sido outra caso eu tivesse tido esta percepção antes
Ouvir estes toques para celulares levou-me a alterar minha percepção=significado acerca daquela pessoa
A minha compreensão aumentou

3. Vivência, o terceiro momento
Como vivenciar este sonho?
Ao construir este post lembrei=vivenciei=entendi
Resta agora, caso aquela pessoa me telefone, dar continuidade a este sonho
Quanto ao motivo pelo aquela pessoa afastou-se, agora está claro que foi o medo do pensamento do outro
O  implacável olhar do outro
Onde eu estava para não perceber isso
Agora sei
.
Post encontra-se em construção 

06/12/2007

2007 - 48/73 - V/D

Idéia Sem Prestígio
.
Neste momento este spin passa a ser anamnese
Ficarei a vasculhar o lixo à procura das minhas lembranças
Tudo aquilo que joguei fora quando aquela pessoa me disse "NÃO QUERO MAIS" (escrito em vermelho)
Agora os meus sonhos serão procurados no lixo
Por aí
Sonhos levados pelo vento
Não tenho a menor dúvida de que recuperarei minhas coisas, meu universo esquecido
Onde eu estava para ser tão incrédulo?
Foi com este espírito que dirigi-me, neste momento, à lata de lixo
Localização: Planeta Terra, Brasil, Rio Meia Ponte, Goiânia, Avenida Goiás esquina com Avenida Anhanguera, Centro
Porque dirigi-me àquela lata de lixo?
É que dias atrás sonhei que eu estava na avenida assistindo a uma maratona
Bem no finalzinho da corrida haviam 3 spin maratonistas no páreo
Uma delas esforçou-se ao maximo
Fez das tripas coração e chegou à faixa=vitória
Vitoriosa, ela saltitou três vezes sobre a faixa de chegada
Ocorre que o público presente, exceto eu, não a aplaudiu
Não entendi
Sabes aquele espetáculo do qual você é o único a aplaudir?
A massa ficou em silêncio
Fiquei pasmo diante da inércia=incompreensão
Não viram nenhum prestígio=signnificado na vitoriosa daquela quarentona
Preconceito contra a idade da vencedora?
Ao acordar dirigi-me ao local do sonho
É assim que sonho
Vou sempre ao local do sonho
Investigo, lembro, teorizo, colho vestígios
Materias encontrados
Uma embalagem de Prestígio
Embalagens de picolés
Latas
E a imagem acima que, claro, me provou uma intensa dor
Afinal de contas, não posso telefonar para aquela pessoa
Aproximação física proibida
Depoisitar o dinheiro na conta-corrente
Não podee haver qualquer possibilidade de contato físico entre nós
Quarentena sem fim
Idéia Sem Prestígio
.
PS: retificação...o silêncio da massa não foi tanto por causa da idade da vitoriosa e sim face ao anonimato de Vitória. A Vitoria não tinha como nome=sobre nome Mídia. A vitoriosa não era nenhuma Ana Maria Braga, daí o silêncio do público perante a vitória de Vitória. Agora sim. Agora entendi aquele silêncio=ignorância. Agora sei. Agora sei. Agora sei.



2007 - 48/73 - V/C

Prestígio


Acabei de levar um susto
É que ao visitar o blog Quarentena Bienal deparei com um texto da minha autoria
Incrível como eu não tinha a menor noção da existência disso http://quarentenabienal.blogspot.com/2007/12/histria-de-idia.html#links
Nem me reconheci naquele texto, pelo menos imediatamente
Demorei para acreditar que o autor era eu mesmo
A sensação que tive foi a de que não estou só
Alguém, além de mim, lê o que eu escrevo
Tem alguém aí?
Pelo jeito, sim
Alguém que não só lê como arquiva, guarda com cuidado
Sinto-me amparado=prestigiado
Como se sabe, tenho mais nenhum texto do passado
Tudo que eu vinha guardando durante estes últimos 30 anos joguei fora quando aquela pessoa escreveu para mim "NÃO QUERO MAIS"
Meu mundo caiu
A primeira reação foi jogar fora tudo o que eu havia escrito=olhado=sido
Jamais imaginei que alguém neste mundo pudesse ter guardado com cuidado algum texto meu
Isto é altamente gratificante para mim
.
Post em construção (no momento tenho que sair)

2007- 48/73 - V/B

Durma (ou: Receita contra a insônia)


Como posso ser tão incrédulo?
Onde eu estou para reduzir-me tanto?
Tenho-me arrastado de forma tão humilhante diante=distante daquela pessoa
Aquela pessoa está para mim assim como Rosângela esteve para Bispo do Rosário
Por isso tenho medo de, assim como ocorreu com Bispo, também prostrar-me
E morrer feito Narciso diante do espelho onde, é claro, o espelho é aquela pessoa
Assim como Rosângela era o espelho de Bispo
Nesta noite não dormi
Aquela pessoa ficou martelando=repercutindo na minha cabeça
Para dissuadir aquela presença passei a entoar um mantra
oommmmmmm
ooooommmmm
aummmmmm
aauuuummmmm
o som do mantra lembra um gemido=pranto
assim peguei no sono

2007 - 48/73 - V/A

Chega! (Ou: Cansei)

link para a imagem acima
http://viomundo.globo.com/site.php?nome=MinhaCabeca&edicao=1572

Já está me estressando esta velha cantilena
Refiro-me à minha preocupação com comportamentos
Incrível como perdi tempo com isso
Desde pequeno debati-me com esta problemática
Quando comecei a escrever, escrevi sobre isso
Sempre sobre comportamento
Décadas e décadas repercutindo este assunto
Sabes duma coisa?
Cansei! De repente fiquei rico. Ganhei na Mega Sena
Não quero mais
Comportamento, regra, postura....
Isso é coisa da classe média=mediana=medíocre
Os hippies=pobres=marginais=marginalizados não estão nem aí
Nem a alta burguesia
Os hippies, por não terem nada, não têm medo de perder
A burguesia tem o bastante para ter medo de perder
Os pobres e os ricos não têm medo
Que bom não se estar nem aí para estas regras de comportamento, controle social, etc

A classe média é mendiga por um abraço
Vive por um triz

Entre a cruz e a espada
Medo de tudo
Medo da morte
Medo da solidão
Medo de traição
Medo de rejeição
Medo de não fazer sucesso
Medo do fracasso
Medo de não ter amigos

Onde eu estava para ficar pensando nisso?
Coisa de tonto, gente que tem medo
Não quero mais

Esta gentalha da classe média procura ser assim=assado
Caso contrário perderá suas migalhas conquistadas=adquiridas ao longo da vida

Não quero mais
Agora sou rico
Ou pobre
Não quero mais!
Cansei
Tô fora
Rico ou marginal?
Silêncio
Que tal o silêncio?

E por acaso o rei de Espanha, não mandou calar-me?
Sim
Gostaria de
silenciar-me!
O desafio é como arrancar das minhas entranhas a saudade=voz daquela pessoa
Lembranças do passado presentes
Quem me pintou assim=assado
Um momento, o celular chama para um bate-papo
na web
É aquela pessoa

Eu: o que aconteceu? Vc sumiu...

Aquela pessoa (em letras garrafais=gritantes): 
NÃO QUERO MAIS
Eu: o que aconteceu?
Aquela pessoa:
NÃO QUERO MAIS
Eu: fiz alguma coisa de errada?
Aquela pessoa:
NÃO QUERO MAIS
NÃO QUERO MAIS
NÃO QUERO MAIS
NÃO QUERO MAIS
NÃO QUERO MAIS

Eu: nem o meu dinheiro você não quer mais?
Aquela pessoa:  somente o dinheiro..você terá que despositar na minha conta corrente...
NÃO QUERO MAIS
Eu: tenho que cair na real....pelo jeito, não adianta mesmo... não tenho uma HiLux=Toyota
Ouça-me
Quero te contar uma história

O meu primeiro livre foi escrito no meu corpo
O tema central do livro era sobre postura física
Escrevi por todo o corpo a frase "ser simples" repetida várias vezes
Ser simples
Ser simples
Ser simples
Ser simples
Escrevi as regras que eu=você teria que seguir para ser simples=cool
Distensão
Espontaneidade
Sorrir
Respirar
Soltar a língua=cabelos=lábios=olhos=seres
Tais regras tinham como objetivo ser aceito e, portanto, ter amigos
Ninguém na cidade ou no colégio ficou sabendo que eu era escritor
Para ocultar o texto no corpo eu usava blusas de manga comprida
Passei vários dias com o livro escrito no corpo
Vi que tais regras de nada adiantaram
De nada adiantou ser cool
Fui rejeitado do mesmo jeito
A rejeição é porque, dizem, eu tinha traços femininos
Por causa da rejeição tomei banho
Passei sabão sobre o texto
Mergulhei no rio
A água levou o primeiro livro que escrevi na minha vida
Nem chegou a ser publicado
Fonte de águas bordadas sob o mar
Ocultei o livro escrito no corpo para que ninguém tomasse conhecimento da minha obra
Como as regras de postura de nada adiantaram escrevi um novo livro, também no corpo
Título: Ser Carrancudo
Contéudo: regras de comportamento para se ter amigos
Ser carrancudo é o contrário de ser cool=simples
Postura: f
echar o corpo=olhos=sombrancelhas=nádegas=pênis=diafragma=voz
Como ser carrancudo, sai por aí dando porrada
Enfiei o lápis no corpo do primeiro que fez referências=gracejos ao meu jeito de olhar=ser
Joguei futebol
Bati
Apanhei
Com o tempo, vi que este Segundo Livro Escrito no Corpo de nada adiantou
Não arrumei amigos...muito pelo contrário...isso me angustiou

Foi quando começou meu dilema
O que fazer para se ter amigos?
Hoje não sei o que=quem sou
Tem hora que sou cool
Outros momentos sou carrancudo
Hoje sou uma mistura
Um misto do que foi outrora

Lembranças do passado presentes
.

PS1: uma coisa para a qual eu ainda não havia atentado e que me levou a
percber através da elaboração deste post. É que se aquela pessoa aceita o meu dinheiro mas não minha presença física, alguma coisa de muito grave aconteceu.
Não tenho a menor idéia do que possa ter ocorrido. Agora me lembro que
na penúltima vez que aquela pessoa esteve aqui, quando ficou a sós por todo a tarde, deixei o meu exame de AIDS sobre a mesa. O resultado
do exame é "NÃO REAGENTE." Como aquela pessoa é semi-alfabetizada, deve
ter entendido que "NÃO REAGENTE" quer dizer "SOROPOSITIVO" ou seja, alguém que não reage ao vírus.
Pode ter ocorrido isso. Será? Como saber se aquela pessoa é de poucas
palavras? Será que algum(a) invejoso(a)  colocou medo naquela pessoa com esta história ou coisas do tipo "olha, aquele cara sofre de problemas mentais, cuidado com ele!"


PS2: ou tudo foi gerado por contendas de ordem financeira? Se é isso, qual é a
moral da História? Quando eu tornar-me marginal=milionário  não precisarei preocupar-me
com postura física
, profissional, este blog nem será assim tão comportamental...o rei da Espanha não me mandará calar a boca...eu serei livre, totalmente livre...as pessoas me procurarão...o meu celular não cessará de tocar...a minha casa será lotada e, na condição milionário, eu poderei ser inclassificável...qual outra forma de sermos inclassificáveis senão através da arte?

Isso:

"ADAM BUDAK EM ONDREJ BRODY & EM KRISTOFER PAETAU EM TRABALHOS QUERIDOS:

Anonymous said...

Par artístico neo-dadaistic-dadaistic conceptual que assombra para aspectos grotesque do mundo institutionalized da arte e dos fenômenos very da produção da arte próprio. Sua estratégia é óbvia e quase embarrassing em seus literacy e straightforwardness mas aparentemente aquele é seu aspecto mais forte. Seus edições e alvos são elemental também: os ethics diários, para não dizer livretos morais do código, transformam-se sua fonte do vocabulário do assunto-matterlike. A investigação é sempre e primeiramente de tudo na consideração ao psychology do comportamento como influenciado ou provocado pelos aspectos externos da vida e da política. Oscilando entre o uso e o abuso, manipulação avançada e registo untouchable frio da realidade absurd, seu trabalho é verdadeiramente crítico e sincere em seu desejo descobrir os pathologies e os normalcies escondidos de relações inter-humanas. Suas ações são sempre estruturado bom e o dramaturgy é quase perfeito, preciso e calculado, frio e emocionalmente perturbar, bold(realce) e vicious, penetrando completamente. Necessita talvez somente ser balançado mais com cuidado: o scandal desejado usado corretamente como uma ferramenta emfatizar uma deterioração de determinados valores e de seu corruption repentino.

December 6, 2007 1:47 AM
Anonymous said...

Conceptual neo-dadaistic artistic couple which haunts for grotesque aspects of both institutionalized art world and the very phenomena of art production itself. Their strategy is obvious and almost embarrassing in its literacy and straightforwardness but apparently that is their strongest aspect. Their issues and targets are elemental as well: everyday ethics, not to say moral code booklets, become their source of subject-matterlike vocabulary. The investigation is always and first of all in regards to the psychology of behavior as influenced or provoked by the external aspects of life and politics. Oscillating between use and abuse, advanced manipulation and cold untouchable registration of absurd reality, their work is truly critical and sincere in its desire to uncover the pathologies and hidden normalcies of inter-human relations. Their actions are always well structured and the dramaturgy is almost perfect, precise and calculated, cold and emotionally disturbing, bold and vicious, thoroughly penetrating. It perhaps only needs to be more carefull

December 6, 2007 1:48 AM"


Fonte: http://quarentenabienal.blogspot.com


A História do SPIN