02/05/2013

Mensário de Júpiter - 1 de Abril a 12 de Junho

Mensário de Marte - 18  de Janeiro a 31 de Março

Janeiro Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27 Dia 28 Dia 29 Dia 30 Dia 31 Fevereiro Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7 Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Dia 15 Dia 16 Dia 17 Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27 Dia 28 Dia 29 Este dia existe de 4 em 4 anos, em ano bissexo, quando Marte tem 74 dias, sendo que, neste caso, trata-se do último dia do mês marciano. Março Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7 Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Fim de Marte Março Dia 15 Dia 16 Dia 17 Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27  Dia 28 Dia 29 Dia 30 Dia 31

Mensário de Júpiter - 1 de Abril a 12 de Junho 




Mensário de Saturno -  13 de Junho a 24 de Agosto



Mensário de Urano - 25 de Agosto a 5 de Novembro


Setembro Dia 25 Dia 26 Dia 27  Dia 28 Dia 29 Dia 30 Dia 31 Setembro Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7 Feriado à Independência Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Dia 15 Dia 16 Dia 17 Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27 Dia 28 Dia 29 Dia 30  Outubro Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7  Dia 8 Dia 9 Dia 10  Dia 11  Dia 12 Feriado à Padroeira do Brasil Dia 13 Dia 14 Dia 15 Dia 16 Dia 17  Dia 18 Dia 19 Fim de Urano Outubro Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27  Dia 28 Dia 29 Dia 30 Dia 31  Novembro Dia 1 Dia 2 Feriado aos Mortos Dia 3 Dia 4 Dia 5 


Mensário de Netuno - 6 de Novembro a 17 de Janeiro

Novembro Dia 6 Dia 7 Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Dia 15 Feriado à República Dia  16  Dia 17 Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22  Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27 Dia 28 Dia 29 Dia 30  Dezembro Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7 Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Dia 15 Dia 16 Dia 17 Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Feriado ao Natal Dia 26 Dia 27 Dia 28 Dia 29 Dia 30 Dia 31 Fim de Netuno Janeiro Dia 1 Feriado à Confraternização Universal Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7 Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Dia 15 Dia 16 Dia 17 Dia 18 Dia 19 Dia 20 Dia 21 Dia 22 Dia 23 Dia 24 Dia 25 Dia 26 Dia 27 Dia 28 Dia 29 Dia 30 Dia 31 Fevereiro Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6 Dia 7 Dia 8 Dia 9 Dia 10 Dia 11 Dia 12 Dia 13 Dia 14 Dia 15 Dia 16 Dia 17
Antigas correspondências ou Do Calendário Gregoriano ou: Lembranças já não mais presentes pois que tudo agora é passado de um tempo que não mais

A OrrDEM

Deixei para procurar os vídeos no último minuto, de forma que se esqueceu dos que gostaria de ter apresentado, como por exemplo este do pente de macaco

Tradução: Este exercício serve para acalmar a língua corpo olho ser


Ah, nada além disso

Pensei sobre digitalização de vídeos, atualizei o blog Spin Videasta

Lembranças do passado presentes: O meu eterno médico

Tradução: O médico homeopata unicista, o Dr. Carlos Lima Melo, morto por dias há uns 3 meses por um homofóbico. Quando lhe tocava no assunto sobre a necessidade de uma cirguria ele me alertava: Cuidado, vão arrancar sua garganta fora. Ele não poderia ter sido mais certeiro. Grande médico o Dr. Carlos, eu guardei sua fotinha rostinho face neste blog que encerrei por se tratar de morte, dias atrás ele apareceu durante a dormência em 3 momentos, ou seja, no 1 espirito trazendo uma sacola vazia; no 2 ou sexualidade ele trouxe uma serpente partida ao meio que poderia se recompor e, num terceiro momento TODOS JUNTOS, este o código 3 sociabilidade.
Na verdade foi tendo-o como spin médico interlocutor intimo privado que apenas me ouvia recebia minhas coisas de verdade ou a título de representação, tanto faz, mas isso foi o que tive como espaço quando nem existia internet. que, via construção da minha anamnese (autobiopatografia),  fiz muita coisa no campo da expressão de mim mesmo, da arte, e isso me curou e como me curou, foi portanto o suficiente para mim. 



Um Artista da Central de Arte Inatura
Retransmito a vcs este material que se trata de Arte In Natura
Ah, ainda não sei como lidar com este túnel,,,
Veja só, há o mensário e, agora, este post que fica sempre no alto e que eu teria que estar tirando para guardar nos 69 armários dias do calendário spin mas não tenho tido tempo,,,tempo ou vontade, tanto faz,,,fui

Por Antonio Pinheiro, via email






Material para colocar na mochila, aula de sexta-feira no ISERJ - o colégio dos anos dourados. Espero ainda poder um dia ter um datashow para levar junto com o meu material. Na quinta-feira no outro Instituto tive uma sensação tão esquisita, é como se eu fosse ali apenas para cumprir/ minhas "necessidades fisiológicas", está tudo tão estranho, é um espaço que não toca + a minha alma nem o meu coração.Talvez o restinho de oxigênio que ali consigo respirar venha dxs alunxs. 



Como tinha  avisado na ultima aula, levaria um documentário, o escolhido foi o Borboletas da Vida, que narra a vida de alguns gays e travestis da Baixada Fluminense especificamente de Austin, uma produção de 2007. do Diretor Vagner Almeida. Bem diferente dos outros dois filmes. Com uma  reação ´bem peculiar, teve uns posso ir ao banheiro, posso beber água, um aluno resolveu dormir. Claro que não é um filme glamoroso, como descreve Richard Parker ..." Lutam pelo direito de ser diferente exigem de diversas maneiras, que a sua diferença seja respeitada. Neste filme temos a "brava gente" que a televisão brasileira não nos mostra!" mostra uma outra realidade, as risadinhas algumas vezes foram ouvidas, sim a estranhamento (posso dizer isso é normal). Então após o filme começou o bate papo. A primeira pergunta aquela de sempre. O que isso teria a ver com a aula de arte? Respondi: da mesma forma que os outros documentários, tem tudo a ver com a proposta das aulas, com o fazer um documentário, fazer cinema. Ela retrucou: o primeiro filme ela pintava uns quadros isso é arte. Não deixei continuar e mandei de volta: aqui eles fazem show se apresentam em casas noturnas. Isso tb é arte, viver é uma arte. Depois desse inicio #tenso, continuamos, e  a conversa avançou até que uma outra aluna fez outro comentário: Não tinha necessidade de mostrar ele de calcinha e outro aluno ao lado  foi na bucha: e nem ficar num esfrega esfrega. (pensei com meus botões que cena é essa da calcinha que chocou tanto e que esfrega esfrega é essa que nunca percebi no filme)
E não tem isso no filme, é um "discurso de infração que denominam o sexo cruamente por insulto ou zombaria aos novos pudores; o cerceamento das regras das decências provocou, provavelmente, como contra-efeito, uma valorização e uma intensificação do discurso indecente." (Foucault)
As cenas referidas mostra uma travesti se arrumando e ela aparece de lado de biquíni que não é uma calcinha (eu acho) nem um fio dental e as cenas do esfrega esfrega são gays dançando numa casa noturna nada que não se possa ver numa cena de novela ou em programas e filmes das TVs. Porem uma das cenas muito forte no meu ponto de ver é quando uma travesti está se arrumando ela calça uma sandália bem surrada e passa pelos dedos dos pés uma tira de pano e enrola pela perna transformando aquela sandália num modelo sandália escrava.  Isso passou desapercebido a pobreza e uma maneira de se reinventar dentro das suas possibilidades. Sim a conversa foi proveitosa e penso que mexeu.



Para as turmas seguintes que irão trabalhar com animação, apresentei a animação Medo de que? É uma animação que toca em questões delicadas do momento da descoberta da sexualidade. E como lidar com  isso na sua vida? Com o meio em que vive? Com a família? e com o seu arredor? Cada um de nós somos responsáveis pelas nossas vidas nós constituímos nossas história de vida. É uma animação que possibilita muitas perguntas bom para ser trabalhado na sala de aula.


Uma das duas turmas que irão trabalhar com animação, perguntaram o que era o outro DVD (borboletas da vida) então expliquei sobre o assunto e que foi para a outra turma, então elxs pediram para assistir, eu deixei. O que essa turma trouxe de informação fomentou a conversa, a aluna que tem uma prima que teve uma filha aos 13 anos e que agora aos 15 está esperando seu segundo filho. Falaram de sexo, a conversa desencadeou para as DSTs HIV/AIDS, as informações que chegam para x jovem,  o nem sempre  espaço para poder falar, o "legal" de poder falar sobre isso na escola, acabei pegando a camisinha da minha carteira e mostrei como funciona, surgiu uma possibilidade de uma animação falando de prevenção para x jovem. Vamos ver o que pode acontecer, os temas estão sendo lançados e começam a pensar. (na próxima semana será semana de prova) só então teremos aula na semana seguinte das provas.

,.......................



Tá passando cada coisa legal agora no spinbook ops facebook...
Depois vou tirar estas coisas que foram publicadas e guardar nos armários que são os 70 blogs, quer dizer, 69 pq não publico no de numero 66...
,,

Hummm dá até prá sentir o prefurme não é mesmo...
Fui,,,mas tá passando muita coisa boa no facebook..,,isto aqui não é facebook e sim spinbook...fui...

O mundo é tão vasto

Há espaço para todos flores bichos homens empresas,,,falando nisso amanhã é feriado,,vou desligar tudo, de pc a forno microndas...

CLASSIFICAR

Priscila Presotto compartilhou a foto de Flores alegria de viver.

Receba flores gratuitamente na sua linha do tempo acesse:http://apps.facebook.com/flores_alegria/ VLR
Curtir · · Compartilhar · há 2 minutos ·
Alfredo Nascimento curtiu isto.

Opções

Priscila Presotto compartilhou a foto de Flores alegria de viver.

Receba flores gratuitamente na sua linha do tempo acesse:http://apps.facebook.com/flores_alegria/ VLR
Curtir · · Compartilhar · há 3 minutos ·
2 pessoas curtiram isso.
1 compartilhamento












*******************
As fotografias abaixo são de autoria do meu sobrinho Leandro Ribeiro Lima Caixeta, 26 anos, com idade infantil e quase fisicamente cego, sua visão só permite enxergar vultos, nasceu com microcefalia mas que hoje me ensinou coisas que jamais imaginava que ele soubesse

 Fotos de Leandro Ribeiro Lima Caixeta, 26 anos. O autor, que sofre de microcefalia, não soube ou não quis informar o local destas fotos. Pensei que tivesse sido de um sinaleiro, o que ele não confirma.

 O autor fez uma série de exigências, como por exemplo não publicar estas fotos com outras de outros momentos locais, as quais se encontravam no seu cartão de memória.

Quando lhe disse que eu iria publicar ele virou bruscamente o corpo e disse: Lá tem muita coisa e ninguém vai ver minhas fotos, lá as pessoas se interessam por outras coisas [Eu entendi que ele quis dizer amigos no face e que pessoas estranhas não o entenderiam suas fotos, algo assim, não sei, tenho que conversar mais com ele, fui tudo muito rápido].

Uma coisa ficou em mim do Leandro: Seu senso de ordem e organização, quando ele apontou falta de ordem nas minhas coisas postes. Interessante se notar que ele praticamente não estudou, a não ser no Jardim de infância, tratando-se de um autodidata. Tenho muito o que aprender com ele, gravei uns vídeos do nosso encontro, fica para uma próxima






Eu havia postado várias fotos mas o autor apontou uma falta de ordem na minha postagem, por isso tive que apagar, à medida que eu for entendendo as exigências dele para a publicação, vou publicando, há tmbm o making of uns vídeos que fiz do autor durante este serviço de postagem, depois baixo no youtube, agora tenho que sair @@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Uma coisa ficou em mim do Leandro: Seu senso de ordem e organização, quando ele apontou falta de ordem nas minhas coisas postes. Interessante se notar que ele praticamente não estudou, a não ser no Jardim de infância, tratando-se de um autodidata. Tenho muito o que aprender com ele, gravei uns vídeos do nosso encontro, fica para uma próxima






Eu havia postado várias fotos mas o autor apontou uma falta de ordem na minha postagem, por isso tive que apagar, à medida que eu for entendendo as exigências dele para a publicação, vou publicando, há tmbm o making of uns vídeos que fiz do autor durante este serviço de postagem, depois baixo no youtube, agora tenho que sair, ah, para tirar as fotos ele usou uma dessas maquininhas de bolso, amadoras, da Sony que, quando dá na telha, ele carrega a tiracolo.

Atualização - 30/04/2013 . Aqui o artista. Não entendi algumas das suas exigências, como por exemplo fosse um número no lugar do nome dele, o que não deixa de ser uma crítica bastante contundente sobre os tempos atuais quando as pessoas somos mesmo números e não nomes



P.S- O Leandro Ribeiro Lima Caixeta, que quis ser identificado por um número,  autor das todos acima pode ter sido exposto ao Césio-137, provável causa dos problemas genéticos, é que, sua mãe estava grávida dele passou há uns 10 metros de distância do local do acidente, podendo ter tido contato com átomos quebrados. Embora a mãe ignora isso é assim que penso sinto, ontem por acaso, ao ver as fotos de Leandro, fui com a mãe dele para ir resolver um problema no sindicato que fica na Rua 16-A em frente aos edifícios Marte e Saturno e, por caso, vi que ali ficava também a Casa Leide das Neves, quando aproveitei para tirar as fotos abaixo. Para quem não sabe, a Fundação que cuida das vítimas do acidente que ocorreu em Goiânia - Rio Meia Ponte, com o Césio-137, quando pessoas comeram átomos quebrados. Quebrados ou radioativos, tanto faz.
















.
2013


Hoje é o dia mais feliz da minha vida
Agora sim, esta obra seguirá em frente
Meus instrumentos de trabalho?
Um tablet ipad apple, um celular nokia lumia 920, um notebook dell core i5 ah sim, e para tirar fotos mais caprichadas, uma máquina fotográfica panasonic lumix fz47
Se preciso de algo mais além disso?
Não
Ah, minto, preciso sim: De um curador para receber minhas obras ao final do processo como se fosse e é sessão descarrego, não essas patrocinadas por estas religiões mercenárias, mas por mim
O descarrego das obras de arte, aliás, coisas in natura para apreciação por parte do poder curador médico e paramédicos para, somente então, serem trazidas a público
Tirei esta foto agora mesmo, é minha casa. Trata-se da reprodução de um sonho, quando sonhei olhei fui os 3 códigos da vida: Espírito, sexo e matéria



P.S.- Um momento, chegou gente aqui em casa, meus irmãos

PS2- O que eles viram..,,,, é isso que será relatado nesta obra,,..o que nós vimos
(   ) Todos juntos










.
As minhas 70 x 70 faces

Amigos e amigas que me aguardaram
Eu vim
Eis aqui as minhas 70 x 70 faces Forma: Spin cara face

Um momento

Lembrei-me que daqui a pouco tenho aula

Matriculei-me num curso de fotografia intensivo, durante todo o dia noções básicas sobre fotografia, ministradas por uma empresa japonesa
Ah, falando em empresa, uma família é uma empresa, uma pessoa jurídica, a mais antiga do planeta
Pq não uma familia em Roma, tenho um irmão, o mais velho, a quem obedecemos, ele poderia muito bem ser guia espiritual, murrinha até dizer chega mas bom que nem um Dodó
Ontem ele me ligou
Ele: Tira essas suas fotos do facebook
Eu: Que fotos
Ele: Você está despido. Não vês que teus sobrinhos e sobrinhas, crianças,  tem acesso ao seu face através das páginas dos teus irmãos e esposas
Eu: Mas são fotos artísticas
Ele(sorrindo): As crianças não entendem assim, você está completamente despido, não tem nada, tá mostrado os pentelhos, vc só tá usando uma folha de árvore amarrada num cordão nem a folha de parreira ou mangueira cobriu, tá mostrando tudo
Eu: Mas os artistas entendem, expressei-me para os artistas, não se trata de erotismo e sim arte
Ele(sorrindo): Sabemos que não se trata disso. Essas suas fotos podem cair na rede e sua vida vai virar um inferninho. Que dia você postou estas fotos. Que tal mostrar apenas para os seus amigos artistas.
Eu: Não lembro quando. Eu também tava preocupado com isso, no momento tô até criando um face oculto pra tratar destas questões da espiritualidade. Vou ver então o que faço.
(De fato no momento em que spin dodó me ligou eu já havia acabado de crirar um email  o painossoqueestaisnoceu2013@gmail.com para, com este, criar um novo facebook, especialmente para os artistas mas, com a ligação dele, não fui enfrente, ainda bem, imagina só se algum deles iria se interessar com um face e nome do novo face seria Idéia Sem Morte no Coração das Américas
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)
Ele: Tá ( e desligou o telefone)

Depois que ele desligou o telefone dei uma olhada no ambiente e vi que, de fato, ele estava certo, as minhas fotos haviam caído na rede estavam fazendo a festa dos misóginos, ops homofóbicos, estes que matam por "amor", foi bom spin dodó ter-me ligado, tirei um grande peso cruz da minhas costas, cai na real, eu estava vendo ouvindo olhando sendo coisas ao fechar os olhos para ver, se as minhas fotos serão motivo de escárnio repugnância como se eu fosse leixo lixo isso para mim não tem a menor importância, pois que sou isso lixo tmbm: Tenho 70 x 70 faces, um bom dia, que sábado iluminado, promete

Um momento

Voltei, agora de pé no chão, o meu irmão me salvou, eu estava desorientado na falta do médico, o qual fora assassinado pelo companheiro misógino, ops homofóbico, este jogou fora todas as minhas obras como se fosse lixo e vai ver que era mesmo, inclusive a Divina Comédia em 3 volumes  do tamanho de uma cruz  formada por inferno purgatório céu e era um livro que bordado com belas pinturas e não era arte ilustrativa virtual e sim dêixis divindade perfeição e foi quando atentei-me para a importância da família e, assim, eles entraram na minha história


**********************8 ................................

Urgente: Meu médico foi assassinado pelo companheiro misógino, ops, homofóbico, tanto faz

Atualização(vários dias depois) - Por estes últimos dias passou uma verdadeira tempestade na minha vida, estive olhando minhas obras. Talvez eu precise mesmo é de um médico. Pois que é assim na realidade spin, onde as coisas são publicadas somente depois de passarem pelo crivo do spin médico. Muito estranha esse vendaval, essas coincidências, ontem, 4 de abril, 21 de Júpiter no novo calendário, quando andava pela rua não como personagem mas como pessoa real, encontrei-me com Heleno, massoterapeuta, ex-secretário do meu médico, o Dr. Carlos Lima Melo, spin homeopata unicista,  foi assassinado por um spin homofóbico massagista com quem ele convivia. Este homofóbicos e misóginos são perigosos,cuidado. Muitos são casados com a vítima, mulher ou homem, tanto faz. Preciso inteirar-me mais acerca do ocorrido, eu já sabia do falecimento dele mas pensei que tivesse sido por causas naturais, o que não foi o caso. O assassino homofóbico responde pelo nome de Alexandre ou Alessandro, não lembro ao certo. Uma história prá lá de Bagdá, o assassino jogou a vitima numa piscina seca,  se apropriou de mais de R$ 1.0000.000,00 (hum milhão de reais) da vítima. A polícia recuperou parte do dinheiro, bem como a casa em que moravam que, também, havia sido transferida para o nome dele (assassino). Disse a Heleno que desde a década de 80 vinha entregando para ele(Dr. Carlos) coisas minhas, tais como textos, desenhos, pinturas, vídeos, fotos, objetos, tudo que tem emergido, por todas estas décadas, deste meu processo. Em resposta, o Heleno me disse que o assassino fez uma faxina na casa do médico, jogando tudo fora, inclusive livros. Duas perdas que, para mim, são extremamente chocante: O médico e minhas obras saiba mais

A próxima atualização ocorrerá no sába(c)do

Caro(a) spinauta, a próxima atualização ocorrerá no próximo dia 6 de abril sábado dia 23 de júpiter no calendário spin
Ah, o que não quer dizer que eu não esteja escrevendo a todo vapor, claro que estou, só que estou enviando tudo, via email*,  para o Carlos Brandão**, spin jornalista, humano.
Vou escrever durante o dia todo apenas um texto que irá sendo salvo na pasta rascunho para ser-lhe enviado à noite, de forma que será textos longos, se bem que não tenho nenhuma obrigação de produzir longas ladainhas, apenas posso, de forma que, no sábado, povoarei de palavras os 70 blogs que compõem esta obra, podendo ter várias camadas, até 70 camadas, 70 x 70, sendo este o limite de máximo de postagens no sábado, tmbm não há uma obrigação de limite máximo máximo, posso até ficar em branco  raso superficial.
Ah, caso a atualização não seja efetuada, o que ocorrerá a partir do dia 44 no calendário spin saiba que fui assassinado e o que não falta é gente prá isso
* Não gosto de facebook pq se trata de um navio negreiro repleto de pessoas procurando amigos reais virtuais sem no entanto encontrá-los: Dá banzo, fujam urgente desse navio chamado face, escrevam nos vossos emails na pasta rascunho durante todo o dia, construam seus mensários artísticos ou patológicos, tanto faz, é tão bom, por isso, por causa....sou feliz
** Ele é ateu mas é obrigado a ser acordado,todos os dias, às 6 horas da manhã, por um sino, que sofrimento para ele. Ele foi nomeado papa e, caso ele morra, assumirá o Nassif, spin judeu, humano.

O que mais que preciso avisar,....um hacker poderá destruir esta obra que, como todas as outras, é tão efêmera quanto um picolé ao sol, tem problema não, farei tudo de novo numa questão de dias, não com os textos antigos passados mas com o nosso dia-a-dia, pois é assim que esta obra será construída: Com o meu suor, dai que preciso de um tablet Ipode ou Ipade 2 não sei exatamente o nome, vi ontem no templo dos endinheirados desta cidade-estado e não vou comprá-lo para exibição mas por necessidade, vi que me atende, tem até um teclado para me proporcionar o que não tenho conseguido no Iphone5: Escrever rápido lento sonolento dormindo de forma a trair as lembranças do passados presentes deste mundo cartesiano, inté, ah, se eu não voltar pq fui assassinado ou fiquei inválido para a escrita


A próxima atualização ocorrerá no sába(c)do



Som D

Agora sei

Não sei se,,..., o que mesmo,,esqueci,,,o
Enfim, vamos ao que nos interessa
Usei estas 3 últimas horas para publicar 40 posts, agora sei, recuperei minha força, algo que não é eterno, até mesmo pq tenho um rosto civil o qual todos conhecem por ai e não sabem que sou outro que anda sob as águas assim como se fosse e é um spin anfíbio assim como agora quando tenho que desligar este computador para me mandar para Brasília para entregar ao spin cantor a/c de seu secretário estas obras, ah, digo adeus pq nunca se sabe, sei lá se volto com esta força que me levou a fazer tudo em tão pouco tempo agora sei


SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44



Fechar os olhos para ver



Incrível a incompetência destes spin vendedores
Há séculos que tentava comprar uma máquina que me atendesse de forma satisfatória em termos de filmagem e fotografia
Ocorre que, ao chegar às lojas, os vendedores só me ofereciam essas de bolso e já comprei várias, a última, tiro uma foto e acusa que o cartão de memória está cheio, já troquei o cartão de memória e o problema persiste, quando levo ao técnico eles informam que está tudo bem
Hum,,,bem uma ova
Agora sim, tenho uma máquina fotográfica que presta, que se possa realmente chamar de máquina de tirar fotos, até então eu ficava tentando fazer mágica com celulares, comprei até um Iphone 5 pensando que o problema seria resolvido, prá começo de conversa o cartão de memória é interno, prá baixar as fotos vc não consegue, chega numa lan house e o funcionário não sabe mexer, é muito complicado, tem que baixar o iTunes etc etc
Agora resolveu-se tão fácil com essa máquina da Panasonic Lumix DMC-FZ47 Made In Japan
Ah eu com essa máquina teria fotografado muita coisa bacana que vi na minha vida
Tanta perda, tudo por causa de spin vendedores cegos, que não sabem descobrir qual a necessidade do cliente ou vai ver que vão pela aparência e como sempre andei desleixado vai ver que pensam que só dou conta de pagar uma máquina infantil, mas não é isso não, é a cegueira mesmo
Nem sei como descobri essa máquina, não lembro, se não me engano exagerei, ou seja, disse que queria uma máquina fotográfica para revelar fotos de 2 metros de altura, ai sim, o figura me mostrou a máquina da qual sempre precisei
Aproveitei e tirei fotos de uma outra regra que as pessoas jurídicas desta cidade-estado transgridem: A falta de banheiros, não apenas para eles(funcionários) ou clientes como também para todo e qualquer indivíduo que sócio da sociedade, no caso um animal, um humano ou uma pessoas jurídica(representante desta).
Como havia ingerido muita água para melhorar o fígado atacado depois que devorei quase 1 kg de doce de buriti eles me deram a chave do banheiro e olha só o que o vendedor, do Fujioka, spin fotográfa, pessoa jurídica, me disse: Como você é cliente vou te dar a chave, o que me levou a constatar que, se eu não tivesse comprado essa máquina de quase Rs 300,00 em 10 parcelas sem acréscimo no cartão de crédito, eu teria mijado ali mesmo, santo juriti

  Mentira! O banheiro não tava em manutenção! Agora que me venderam a máquina que procuro há décadas milênios vcs vão se ver cmigo Vcs não perdem por espera Grato, 

Oh santo juriti, esqueci de falar o que eu ia falar, ou seja, o motivo desta postagem que era sobre o Fechar os olhos para ver
Desculpem-me, vamos lá então
Vc está vendo esta bateria pendurada no meu pescoço olho ser?
É disso que quero falar
Senão vejamos
Acordei pela madrugada, dei alguma ajustada nesta obra Mensários do Spin e fui dormir novamente
E estava acordado, apenas com os olhos fechados, quando vi esta bateria
Foi quando entendi que era para eu não esquecer este acessório quando partir para Brasilia daqui a pouco para o show Atento aos Sinais do spin cantor
Entendestes o significado disso?
Não foi sonho
Também não foi foi em estado de vigilia
Eu estava acordado mas mantendo os olhos fechados
E me foi mostrado isso
Para muitos isso é insignificante
Ah é?
Depois disso me foi mostrado um cão spin canino animal
Um lindo cão
Até então eles me atacavam envenenavam amedrontava até que, finalmente, ele(s) mostrou-se meu amigo e até virou a nuca para que eu penteasse sua linda juba com um pente de macaco
Ah preciso fotografar o pente de macaco que uso levo na minha bolsa para massagear todo
Um momento
Voltei
Fui fotografar olhar ser o pente de macaco
Massageia o teu cão com isso bem como a vc também na nuca morte para que possam suspirar ssssussussusususususussusuuss
É uma delicia, lamento não ter conseguido as semente para entregar hoje para o spin cantor
Ah, agora me lembro, a última coisa que vi em estado de vigília mas com os olhos fechados foi um espaço iluminado
E antes disso eu havia sonhado com uma planta de flores ops folhas suculentas da especie das trepadeira talvez um remédio veneno tensionador aliviador para mim e não era videira
Vamos à obra forma pente de macaco

Pente de macaco 1 presente para o spin cantor aliviar se suspirar através de auto massagens na nuca peito pelos ossos



SpinLeaks: A maior virtude do universo é a retificação

Por isso retifico agora o que havia afirmado dias atrás, ainda preciso localizar onde disse, para poder consertar
Eu havia afirmado que durante o dia poderia publicar no máximo 70 posts
Mentira
O limite não é 70 mas 70 x 70 = 4.900
Imagina só um SpinLeaks com limite de 70 posts!
Nem pensar
As publicações se dão camada sobre camadas, quando se chega no 70 volta-se para o 1 e começa-se tudo de novo, sobrepondo camadas
Se no momento estou cansado?
Não
Aquele cansaço de dias atrás é que eu não estava capacitado, tava travado, daí o cansaço, imagina só, publiquei uns posts de 3 linhas cada e me cansei e hoje já publiquei quase 200 e estou a mil
Um momento, o telefone toca, a máquina de lavar apita
Eu havia perdido minhas força mas, pelo menos no momento, ela está presente, nossa, ainda não almocei, preciso comer alguma coisa, ainda bem que tenho ali no pé da parede um alimento, vi ao olhar a foto do post anterior, minhas coisas
Um momento

SpinLeaks
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63
SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70




O que exatamente o que eu faço?
Forma: Momento em que chafurdava no lixo da Justiça, ops, do spin, conforme sonhei ou olhei ou fui dias atrás enquanto o spin cantor cantava no palco

Estive me perguntando hoje sobre as razões desta obra
O que me leva a enfrentar a ficar sob a vigilância de uma polícia que compreende a liberdade de expressão como um benefício restrito aos jornalistas, como passar pelo crivo do alhar de pessoas que não relatam, apenas delatam depreciam
O que me leva a correr risco de morte a partir do momento em que interfiro nesta realidade cartesiana
Pra que, por que, porque
Não tenho a resposta
Simplesmente faço
Sei que há muita coisa que fiz de forma  pernóstica desatento coisas  que tive que corrigir ao ver que eram pura viajação,
Já que é tão extenuante para mim fazer isso em poucos dias, pq não manter a continuidade da obra durante todo o mês, no momento presente, o mês de Júpiter, ao invés de continuar o processo apenas quando da vinda do spin cantor como presente, na verdade não há uma regra, gosto desse pouco tempo tmbm

P.S.- Esqueci de dizer que, num outro momento do sonho ou noutro sonho noutro dia o spin cantor encontrava-se fazendo a passagem de som usando uma calça jeans e sem blusa. No pé da parede na foto acima havia 3 grandes cubos brancos logo no começo e, depois dos 3 cubos brancos, 3 grandes fotos do spin cantor, ele cantou mas, como não sei teoria musical partitura, como ocorreu nos demais sonhos, não soube registrar a música. Quanto a aparência do spin cantor, ele usava cabelos rabo de cavalo bastante jovem e até parece que havia feito plástica, ele era Idéia Sem Idade.



Ah, uma disciplina que deveria ser obrigatória para todo e qualquer vivente: Teoria musical, para que fossem capazes de registrar as músicas com as quais sonham, eu por exemplo já sonhei milhões de vezes o spin cantor cantando mas, como sou analfabeto musical, nada pude registrar, fazer o que, senão fazer agora  o que não fiz até então, mãos à obra, preciso disso mesmo, voltar a fazer arte, comprar lápis, esfuminho, tinta, uma vez que, a nivel de tecnologia, estou bem aparelhado, tenho este sítio que, embora efêmero e possa ser deletado a qualquer momento pelo Google ou hackers, no momento me atende plenamente em termos de possibilidade plástica.


Kd minhas obras

Num momento de bobeira joguei minhas coisas foram para no lixo, agora sei, foi a Embratel, os textos estavam no email que abri no Clck 21, estava tudo lá, sob a responsabilidade dessas operadoras que só sabem no sugar destroem nossas obras, eu tinha outra obra no telefone da Telegoiás, spin comunicadora, pessoa jurídica, e, com a privataria ficou assim. Do acervo restou apenas as citações de spin leitores, como por exemplo o Carlos Brandão, spin tucano, humano.
Se sou amigo do Carlos Brandão, spin jornalista? 
:E por acaso uma pessoa como eu refratária até dizer chega pode ser amigo de alguém
Quando o vejo corto voltas, às vezes o vejo de surpresa por ai e me escondo,...sou muito tímido

...,,,,
Chafurdando no lixo do spin achei mais este elogio mas, os textos mesmo, nem sinal..;oh que spin bagunçado,,,precisaria de ter alguém cartesiano para arrumar....foi tudo pro lixo:


José Carlos, estou gostando muito dessa sua visita à médica.
Que narrativa bacana.
Que jeito próprio de contar as coisas da roça sem ser caipira (caipiragem é coisa muito comum em Goiás. Vide Carmo Bernardes e outros metidos a escritores).
Gostei demais da primeira parte da visita à médica, até o final da visita.
Aquele texto, particularmente, é impagável.
Por que vc não pensa em reunir tudo isso num livro diferente?
Igual o livro do Gil Perini, Pequeno Livro do Cerrado, que tem momentos parecidos com os seus.
É só uma sugestão, né?
Boba, eu sei, mas deu vontade de falar.
Grande beijo do amigo
Carlos 


________________________________________________
Diario da Manha Online

: Agora vejo com atenção este email do Carlos Brandão, spin jornalista compositor escritor, humano, de 2004, há coisas que talvez eu não deveria trazer a público, refiro-me a estas críticas a caipiragem de alguns escritores goianos, mas fazer o que se é verdade, mas a sensação é de que isso, essa coisa de trazer esse email `à público, me lembra o Wikileaks,, Vatileaks e, agora, Spinleaks, mas fiquem tranquilos, foi tudo praticamente deletado pela Embratel

Antigas correspondências

Ontem fui acometido por uma forte de cabeça, agora sei, era fígado, é que, sem perceber minha idade, entrei no doce de buriti, comi quase 1 kg e o resultado não poderia ser outro, meu fígado já é mais tão jovem, são tantos anos de carreira que já até perdi a conta, e falando em tempo antigo, chafurdando no meu lixo achei umas coisas antigas, de 2004, mas lamento que aquelas antes disso, que estavam no email, perdi, eu tinha um email, não me lembro se era  BOL ou hotmail estava tudo la e foram raqueados, restou alguma coisa, os email começam neste aqui, do Carlos Brandão, que postei abaixo, esse também, desculpem-me a presença destes caracteres no texto, eles podem atrapalhar a leitura, mas fazer o que se não tenho o texto original que, como disse, foi pro beleléu

---------- Forwarded Message ----------- 
From: "Socorro Patello"  
To: arthur.leandro@unifap.br 
Sent: Wed, 09 Jun 2004 15:52:45 +0000 
Subject: RE: Fw: Mensagem 13 de 70 da História de I déia - I 

Lindo! Emocionante! Real! Disse em palavras o meu sentir emocional!


Socorro Patello
>From: "Arthur Leandro" >To: "Grupo Arte-educar" ,"Grupo FAEB" ,"Grupo Linha Imaginária" ,"Grupo Sarau [PT-AP]" ,"Grupo UNIFAP" >Subject: Fw: Mensagem 13 de 70 da História de Idéia - I >Date: Wed, 9 Jun 2004 01:01:11 -0300 > >---------- Forwarded Message ----------- >From: jose carlos lima >Sent: Sat, 5 Jun 2004 09:59:06 -0300 (ART) >Subject: Mensagem 13 de 70 da História de Idéia - I > >                               Idéia Sem Resistência > >] > >Idéia Sem Cidadania > >Idéia Sem Orgulho, simplório > >Idéia Sem Simplicidade, complicado > >Idéia Sem Peso > >Idéia Sem Nome > >Idéia Sem Corpo > >Idéia Sem Presença > >Idéia Sem Malícia, da roça > >Idéia Sem Resistência (contra o vírus da gripe ) > >Idéia Sem Saúde > >No momento sou todos os nomes acima > >Idéia Sem Realidade > >a vida como ela não é > >Idéia Sem Resposta : indeciso, mudo, lento, frágil > >Qual dos nomes acima é o mais forte no momento? > >Idéia Sem Mato > >gostaria de voltar a morar no mato > >lá não é tão estressante quanto aqui > >e a infinitude de nomes não será um problema interno? > >e se o ambiente externo não me fizer uno? > >Idéia Sem Unidade, fragmentado > >Idéia Sem Espiritualidade > >Idéia Sem Sexualidade > >Idéia Sem Sociabilidade > >Idea > >Nunca me senti tão fragmentado, tão deslocado, tão Idéia Sem Rumo > >Idéia Sem Objetividade > >Idéia Sem Destino > >como no momento > >Não esperava que um dia fosse me reconhecer assim > >Idéia Sem Ser > >O que fazer para sair desta situação? > >Procurar um médico? > >Idéia Sem Saúde > >Idéia Sem Paz > >Idéia Sem Cidadania > >A gente perde a cidadania porque não faz por onde conquistá-la > >Para se ter cidadania tem que tomar precauções tais como: > >cuidar mais de se si > >trabalhar > >passear > >não deixar que os sobrinhos e sobrinhas sintam-se Idéias Sem Tio > >nem que os filhos(as) sejem Idéias Sem Pai > >O que vejo, no momento, à minha frente? > >uma serpente, Idéia Sem Rigidez > >uma hélice de avião, Idéia Sem Rigidez > >um ventilador, Idéia Sem Rigidez > >no momento entra no recinto uma mulher procurando por uma biblioteca, Idéia Sem Conhecimento > >Será que eu sou um Idéia Sem Conhecimento > >Não sei o que sou > >Talvez eu seja Idéia Sem Sabedoria > >Vejo à minha o dono deste Café-Byte, onde estou passando este e-mail > >Ele é Idéia Sem Deus,  aliás, ele tem deus, só que, diz ele, o seu deus é o demônio, ou seja, ele é spin ( sistema poético informativo nato) satanista . Trata-se de uma pessoa boa, apesar de dizer-se mal. Ele é spin roqueiro, gosta de música, veste-se de negro e usa cruzes satanistas, ele gostou da música gravada por Ney Matogrosso e a Parede onde fala que o mundo está gripado > >Mundo gripado seria Idéia Sem Resistência > >Idéia Sem Vitamina(c) > >Idéia Sem Resistência > >ah sim, acho que isto é o que sou neste momento > >Então é isso > >no momento, dentre todos os meus nomes, sou > >Idéia Sem Resistência > >Funciona assim: não tenho um nome definido > >tenho todos os nomes > >e dentre todos os nomes > >há momentos em que um ou outro é o mais forte, o mais presente > >e então no momento sou Idéia Sem Resistência > >Este é meu campo pessoal no momento > >Não sei o que ocorrerá com Idéia Sem Resistência > >Nasci hoje com este nome > >Nesta noite sonhei devorando-me > >comendo soda cáustica > >sem resistência estomacal contra este produto químico > >Tomando consciência de que sou Idéia Sem Resistência > >quero fazer de tudo para passar a ter resistência > >ser resistente > >respeitado > >andar na linha > >não deixar que me tripudiem > >na maioria das vezes nos respeitam por medo > >que tal ser louco > >que tal bater na cara do chefe? > >Eis aí Idéia Sem Resistência > >buscando presença, força, respeito, brutalidade > >Idéia Sem Resistência > >gripado > >No momento devo parar para tomar meu remédio, Grifenol > >para aumentar minha resistência contra a gripe > >apesar de que o bom mesmo para a falta de resistência > >é a resina do angico > >sabor e perfume > >No momento o de negro, o dono do Café Byte, o spin satanista, espirra Idéia Sem Resistência > >gripado > >Ele diz "ontem a noite não dormi. Eu estava estressado. Fique até altas horas da noite vendo rock" > >Idéia Sem Resistência > >Grato, >José Carlos Lima(...)E-mail:ideiasemparede@yahoo.com.br >alternativo: josecarloslima@click21.com.br

Vou de Transbrasiliana

Os hackers estão tentando destruir minha obra, o facebook foi invadido na Geórgia, EUA, USA-ME, mas terás o troco: Teus computadores não guardarão segredos, tudo será revelado, já disse isso tantas vezes, se bem que até hoje o facebook não entrou na minha história, já tentei, mas me dá banzo, sinto-me num navio negreiro, fui


José Carlos,
nunca respondo teus mails porque acho que não são mensagens feitas para se obter respostas escritas e enviadas.
Mas para obter leitura e entendimento.
Gracias por todas elas.
Vc é um cara. E bota cara nisso.
Eu, um spinqualquer, me sinto lisonjeado em fazer parte da tua agenda-coração.
Gracias, novamente.
E apareça sempre por aqui.
Carlos Brandão
o spinqualquerumhomemcomum


Isso que o jornalista Carlos Brandão é tão antigo, de 2004, eh de um tempo, ah, mas no momento estou tão cansado, não dou conta de trabalhar olhar ser, preciso descansar, fui ao freezer mas não havia nenhuma polpa de maracujá para colocar na bacia d´agua para descongelar e em em seguida ingerir, no momento abro a boca toda hora, ainda bem que amanhã é feriado, quando este processo será interrompido  tudo será desligado inclusive os átomos aviões ônibus, se bem que amanhã vou a Brasília, nem sei, o horário, minha irmã quer que a gente vai cedo, mas não sei, não gosto de andar de carro de passeio, como diz um sobrinho, A, que tem microcefalia mas é muito inteligente: O Tio Zé só anda de Transbrasiliana ( e cai na risada). Já vejo ele sorrindo quando eu lhe disser: L, não vou com vocês não, vou de Transbrasiliana..kkkkkkkkkkkkk

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Agora escuto o sino tocar
AMG: Qual o motivo do riso
: O Carlos Brandão spin qualquer um mora debaixo do sino, interessante se notar que ele é spin ateu, deve ser terrível para ele todos os dias ser acordado por aquele sinooooooooooooooOOOOOOOOOOOOoo
Eu que moro há mais de 1 km de distância do sino todos os dias sou acordado por ele
Sei como é isso
Lá em Sambaiba-Rio Balsas a Igreja tem um serviço radiofônico, uma amplificadora, oh que tortura ouvir aquele lero lero todos os dias, já pensei em entrar na Justiça para garantir o direito ao sossego público mas sei que posso ser linchado se fizer isso, é como se a espiritualidade, o código 1 da vida, fosse isso: Barulho, barulho e barulho, quando na verdade é o estar a sós consigo mesmo na perspectiva de alguma coisa, de qualquer coisa, pode ser um gato spin cantor tudo nada mas, por incrível que pareça, tenho visto por ai pastores fazendo muito auê, até rockkkkkkkkkkkkkkkkkkkkKKKKKKKKKKKKKKKK............o inferno roubalheira em nome de Jseus, parem com isso

Francisc@mor

primeiro o verbo, depois a forma e, por último, o conhecimento
A forma não pode vir em primeiro lugar pq se trata de distração e, o conhecimento, racioicínio
Não tenhais dúvida, entrega-te, em primeiro lugar, ao Verbo
Eu francisco
Tu franciscas
Ele francisca
Nós franciscamos
Võs franciscais
Eles franciscam
Ou ciscam
Tanto faz
Foi com isto que sonhei nesta manhã agora mesmo quando o sino das 6 me acordou olhou foi
Eu havia sonhado com o nome Francisc@mor
Dormi
Ah, para dormir peguei uma polpa de maracujá do freezer, imergi numa água depositada numa bacia e ingeri
E dormi muito bem
Primeiro sonhei com o nome
E o nome era Francisc@mor e, em seguida, com a forma: Um gato negro de olhos verdes
Um momento
Será que posso mostrar agora a forma
Um momento time tempo
Vou buscar a forma denominada Francisc@mor
Um momento
Voltei com a forma
Este foi o sonho desta noite
Trago-o para a sua visualização compreensão
Entendestes?

Entendestes? Tirei esta foto ontem, estava oculta num cartão de memória sob umas folhagens nas quais eu havia escrito uns lembretes coisas que quando criança escrevia nas mãos prá que escrever no próprio corpo se aqui perto de casa tem uma árvore de fartas folhas minha mochila está cheia de folhas sobre as quais escrevo olho sou
Um momento

A História de Francisc@mor

São 3 existências ou 3 vidas espirituais sexuais materiais
O Francisc@mor I conheci na infância
Morávamos na área rural, há 5 léguas de Sambaiba-Rio Balsas
Éramos 12 irmãos, aliás, 13, uma vez que um faleceu quando tinha us 15 anos, ops, dias de idade
O nome dele era Manoel, talvez tenha morrido por causa do nome: Não durou 15 dias
Foi morto por causa de um chá requentado, diz minha mãe
Quando Manoel nasceu eu ainda não havia nascido por isso não lembro-me dele
Será que minha mãe chorou, talvez, ela é sorri chora fácil, lembro-me que quando sua mãe minha avó Carmina, com quem pescávamos traíras na lagoa à noite morreu, minha mãe chorava numa rede e meu pai, machista carrasco veneno até dizer chega, desatou a rede e mandou-a levantar-se
Ela não pode prantear a mãe, no momento meu pai encontra-se na cidade, minha mãe não quis vir, diz-se cansada, não guardo rancores de meu pai, tanto que hoje nós vamos nos encontrar: Faremos o que não fizemos na infância, vou levá-lo a um parque infantil para brincarmos na montanha russa, e quem, sabe o levarei a um puteiro pois ele, octogenário, continua com a cabeça de adolescente, nossos cérebros nunca envelhecem
Hoje meu pai é uma pessoa carente amável que em nada do que era antes permanece 
Quando morávamos na roça ele não gostava de bichos por perto, mas lembro que havia pelo menos um cão que, volta e meia voltava do mato cravado de espinhos de porco-espinho e um gato de nome Francisco, é deste que quero falar dizer agora
Lembro-me que na infância não tínhamos noção de amor pelos bichos, pois para nós a sociedade era formada apenas por seres humanos e pessoas jurídicas, o que não é o caso
Por isso torturamos Francisc@mor
Ele nos nos adorava mas pensamos que a tortura seria uma brincadeira
Pegamos um pedaço de taboca a rachamos na ponta e introduzimos ali o rabinho de Francisc@mor
Aos gritos ele saiu desesperado entrou no mato e nunca mais voltou
Esta foi a história de Francisc@mor-I

Francisc@mor-II
Tempos atrás, passeando pelo parque infantil vi um gato no alto de uma árvore, ele não quis descer
Era como se estivesse com medo de nós humanos
As pessoas se aproximaram e quanto mais o chamavam mais ele se ocultava entre os galhos até desaparecer por completo
Nunca mais o vi

Francisco@mor-III
Dias atrás, passeando pelo centro desta cidade-estado, vi um gato na calçada
Amor à primeira vista, aliás, gato ou gato, não sei ao certo, não entendo, não acho tão importante olhar para o sexo dos indivíduos, sejam eles animais, humanos ou jurídicos
Nós nos tornamos amigos, vendo que ele estava com fome, fui à lanchonete e comprei uma empada e uma coxinha de galinha, não gostou muito da empada, talvez estivesse apimentada,não sei, mas adorou a coxinha
No dia seguinte retornei ao local na entrada do Cine Ouro Rua 3 e não mais o vi
Talvez alguém o tenha adotado
No dia seguinte voltei com carne de sol 
Quando passei em frente ao número 1050, onde está escrito Estacionamento QB-7, do grupo Ineral,  o vi lá no fundo da garagem tomando água da chuva
O dono da garagem não me deixou entrar pq seria proibido dar comida prá gatos ali
Não sei pq
Desde quando os carros são mais importantes do que os demais sócios da sociedade, que são os animais, humanos e jurídicos
Fui tomado por uma grande decepção, tirei umas fotos do spin garageiro manobrista, não com a intenção de delatar mas de relatar, uma vez que, sei, só existem dois tipos de gente no mundo: As que delatam, depreciam, e as que relatam com deiscência(não confundir com decência)
Nunca mais vi Francisco@mor-III

P.S.- Este texto não foi revisado, talvez o faça posteriormente, caso lembre e anote numa folha, não de papel mas de árvore que carrego na mochila bornal bolsa mor ver



Vc tem fome de q

Uma terrível dor de cabeça me consome, por isso resolvi não escrever diretamente no aqui rosto capa do presente spin
Deve pode ser estes dias de tensão
Não sei, pode ser uma das três forças que regem o universo ou, quem sabe, as três em conflito, tá mais prá ser as três, isso,....
No momento estou impossibilitado de escrever para sorrir curar salvar(me) o que fiz momentos atrás não aqui de forma direta sob a luz mas lá
Nos dias armários
Um momento, a sirene da polícia, é o novo comandante, ele se chama Barbosa, ops, Benedito, dizem que foi indicado por ter mostrado eficiência, como eficiência, que eficiência é essa em que, movido pelo perfeccionismo hitlerista apagar minhas obras
Eis aqui mais uma situação de medo
Medo da polícia,,,,diretamente, assim na maior caradura apagando destruindo minhas fotos obras videos objetos instalações
Desde quando sou obrigado a me submeter a isso
Não sei onde ficar escreve
Se aqui no rosto ou submerso sob as águas desse imenso lago
Um momento

Eu sei que esta obra poderá ser destruída a qualquer momento
Não nutro ilusões
A policia está no meu encalço pq fotografei sua nave
Sem ver
Foi fotografada pq estava no meu raio espectro de visão
Se tenho culpa da viatura ter sido fotografada
Aliás, que polícia é essa que tem medo
Medo de que
E por acaso essa polícia é comandada pelo Cachoeira, spin criminoso doente, pessoa jurídica
Ou será que a polícia deveria nos dar segurança e, antes de tudo, existirem como ALEX ou Amparadores da Liberdade de Expressão
Uma terrível dor de cabeça me consome
Um momento


Eu não estou precisando de visita e sim meu pai
Ontem nós conversamos ao telefone
Ele padece de uma extrema carência e quer voltar
Ele: Quero ir embora, não tem ninguém para conversar comigo
: Amanhã eu vou ai e a gente vai sair passear
;;;
Ah, talvez eu leve ele no Mutirama, spin recreadora, pessoa jurídica
Um parque infantil que fica aqui próximo
Foi lá que vi um gato com medo, ele subiu na árvore e foi subindo subindo subindo subindo até que o perdemos de vista
Spin misantropo
Medo
Agora sei, essa dor de cabeça deve ser este conjunto de coisas, tanta coisa por fazer ao mesmo tempo, meu pai spin carente precisando de atenção conversa diversão
Os códigos das relações sociais materiais estão ai para serem vividos
Sem essa de que pertenço a religião A ou B e por isso não posso
Como não podes?
Possa tudo, jamais deva
 apenas pode ele não deve
Não este poder que enebria Joaquim Barbosa, spin ministro, humano, não!!!
Nesta noite sonhei ou olhei ou fui Joaquim Barbosa dirigindo um carrão vermelho desses quadrados não entendo marca de carro exceto de fusca este porque quando cheguei da área rural para morar em Sambaiba- Rio Balsas fui tomado por intenso medo seguido de prantos descontrolados ao ver um fusca assustei-me com aqueles enormes olhos por isso diferencio dos demais
Outra situação de medo foi a travessia
Aquela canoa transportando um casal com seus 12 filhos e, ainda por cima, contendo sacos de arroz feijão panelas cadeiras 
Aquela água tentando entrar pelas bordas
Melhor esquecer
Outra situação de medo.,,,no momento esqueci
E de perigos que, no entanto não me despertaram medo foram vários tais como quando fui cometido por doenças enviadas por uma das forças que regem o universo, de entroncada a tifo passando por dengue com direito a desmaio tão logo sair do portão e seu eu morasse a sós teria morrido
E além disso as várias tentativas de morte desferidas por pessoas carregadas de ódio veneno
Mas nestas situações não tive medo, muito pelo contrário, fiquei tão calmo diante da morte ou inexistência que venci
A morte veio disfarçada de vida e, mesmo que dias antes tivesse sonhado com ela(a morte) chegando trajando um vestido contendo mil olhos como se fossem estrelas não levei isso em conta
Não fiquei atento aos sinais
E quase dancei
Hoje resolvi escrever nos dias e não mais diretamente no spin ou exposto à luz e sim submerso sob as águas como se fosse e é spin pato
lento
Uma forte dor de cabeça, desde ontem perdi velocidade neste processo narrativo pictórico sensorial transportador estou escrevendo não sei como
Morto
Estou com uma terrível dor de cabeça no lado direito do cérebro olho ser
Não sei o motivo, pode até ser que eu morra nesta noite, sinto solavancos no coração
O motivo não sei, talvez stress
Talvez que eu tenha ficar recolhido por estes dias, ontem à tarde fui ao lixo da justiça recolher coisas
E fiz isso sob intenso medo, uma vez que a polícia limitar militar, ao que tudo indica, me vigia
Processo kak, opss, q, ops
Kafka, spin,,...wau, esqueci o nome, como eh mesmo, aquele processo dos vários personagens nomes olhos seres
Vc que tem vários nomes na verdade não tens sequer um nome pois que vives submersos por uma questão de medo ou autodefesa assim como nesta noite quando sonhei ou olhei ou fui vários patos flamingos marrons  sobre o lago quando foram contados e eram seis ou sete não me lembro ao certo fora um que estava oculto pois que assim como se fosse era spin anfíbio andava sob as águas
É assim que tenho que andar nesta cidade
Oculto para poder continuar minhas obras
Talvez eu morra nesta noite
Caso eu morra continue minha obra alias minha mão mas do 
Eu não sou ninguém
Apenas abro a porta ou face ou testa para entrar e, ao final, sair pelos pés rumo ao centro do universo como se fosse e e energia força fragilíssima fortíssima ou ..,,,,esqueci..
Ah já vive todos estes processos
De forma intensa
Um momento time tempo
Voltei
Em forma de vida ou morte tanto faz
Sou as duas coisas e não apenas uma tenho dois nomes: JL morte e vida.


Meus agradecimentos ao Luis Nassif , spin jornalista, humano

Quero agradecer ao Luis Nassif por ter repercutido o meu vídeo (aqui)
Sei que não é fácil, ele(Nassif) tem sido perseguido por ousar fazer uso da sua liberdade de expressão num país em que a liberdade de imprensa é compreendida com a liberdade de expressão de poucos, não nossa expressão, eu mesmo não tenho esta liberdade, tanto que neste último sábado a polícia destruiu todas as minhas obras, apagou as fotos da minha câmera, que liberdade temos então,
Ah, a policia me disse que somente os jornalistas podem filmar as viaturas e policias, eu que sou artista não posso olhar ser

Grato,

feliz


Você Por Aqui de Novo?



Não entendi essa recepção no Tribunal de Justiça: De novo?
Mas entendi perfeitamente, eles não gostam de artistas, aquela que estava lá dias atrás me contou tudo, esqueci o nome dela, ah sim Yashira
Ela(Yashira): Eles veem minhas obras como lixo, a diretora chegou a me dizer que estava muito incomodada com minha presença por aqui; Que ela(artista) precisa tirar aquelas aquelas coisas serragens, folhas, cordões, para dar lugar a coisas bonitas
É isso
Para estes perfeccionistas racionalistas limpinhos tudo é lixo, exceto eles mesmo
Eles são uns decentes
Sim, descentes, ops, decentes, jamais deiscentes
Eu sei que vcs não me suportam
Compreendo, eu também não, tanto que tenho vários noves, ops nomes, inclusive um japonês frances inglês
Fazer o que se não me suportam ou olham ou são, eu também, às vezes, não posso olhar no rosto de aluns de vós, estes seres quentes apocalipticos infernais
Não posso me deixar atrair por homens decentes, ops, atraentes, não, devo seguir em frente com minha tarefa de capucho liturgo
Tenho coisas a terminar, esta obra para o spin cantor, não posso falhar, se bem que não sou obrigado, já tenho coisas suficientes para entregar para eles, presentes recolhidos ontem nas ruas da cidade-estado
Ele merece
Sempre dei o melhor fruto para as pessoas que amo, sempre foi assim, quando no sertão nordestino saia para colher frutos silvestres nunca comia o fruto mais bonito: Trazia para minha mãe
Meu pai nem tanto, ele era um spin carrasco, queria criar os filhos, trabalhava sol a pino, tinha que manter a todos nós sob rédea curta, éramos 12
Quando atravessamos o rio vindo da roça para uma cidade de menos de mil habitantes que para mim era uma grande metrópole, a canoa quase naufragou, também pudera, tudo naquela minúscula embarcação, numa viagem só para pagar uma só passagem, nenhum salva-vidas, ninguém sabia nadar, poderíamos ter, todos, sem exceção, morrido, mas não morri e estou aqui
De novo
Sei que já tentaram me matar várias vezes, sendo empurrado dos penhascos quando o pequeno arbusto me protegeu, bem como por arma branca, de fogo, por estrangulamento
Mas estou aqui
De novo
Sou aquele que escreve para sorrir ou olhar ou ser

Ah sim, o momento em que cheguei ao Poder Curador

 ops, Judiciário, às vezes confundo esta realidade com a outra


Neste vídeo, no momento 3:17 passo em frente à câmera, sou este que usa uma blusa listrada preta e branca, com um bornal mochila verde,  carregando uns papéis numa mão e filmando com a outra

Grato,



Cadê Ana Maria Goiana, kd Meus amigos(as)

Muitos foram mortos
O mundo é governado por 3 forças ou códigos ou existências
Um momento
Onde eu estava?
Recolhi-me um pouco para deitar-me nas estrelas de ponta a ponta
Kd meus sonhos
Encontram-se no lixo da Justiça

Assinatura


: Kd A, spin feliz, humano
Ana Maria Goiana, tens medo de que
Triálogo: Ana Maria Goiana,  e o coro

Ana Maria Goiana AMG Amiga: O que viestes buscar
: As minhas obras
AMG: Que obras
:  Tudo com que sonhei ou olhei ou fui
Kd meus nomes, D´Arvore
AMG: Eu sabia que virias atrás de teus sonhos mas, como demorastes, eles foram depositados no lixo da justiça
Coro(Caixa de Som): Ele vai voltar
: Voltei. Mas não é isso. Kd minhas obras. Um momento, não direi aonde vou, direi voltei, direi sim, vou chafurdar no lixo da justiça. Um time ou tempo...


No lixo da Justiça: Espírito, sexo e matéria
Ao chegar ao prédio da Justiça encontrei as três forças que regem o universo, interessante se notar que a porta da justiça encontrava-se trancada. Como pode o Poder Curador da cidade-estado fechar-se por um minuto ou segundo ou grau que seja se os indivíduos, dos animais ao jurídicos passando pelos humanos precisam ser curados ou salvos. Um momento time tempo...

A retomada do processo

Quem disse que será fácil? Nunca foi. Refiro-me a este processo narrativo pictórico sensorial transportador ao qual entrego-me neste momento, por estes dias, até sábado de aleluia,
Não necessariamente de forma ininterrupta, como quando era criança ou jovem mas, claro, com intervalos, isto para preservar os sinais vitais, uma vez que, sei,  o meu metabolismo será alterado, assim, como se fosse, e é, gestação, com dores, riscos, interdições
Com que roupa eu vou?
Com as roupas ou capas ou aparência da minha mãe ou de meu pai
Mãe se escreve mãe simples solto cobra e, pai carrancudo hitler
Os dois

Com que roupa eu vou



O novo quer nascer

As (contra)dicções são manifestadas para que sejam corrigidas, isto é lei na realidade spin. Falando em lei, nesta noite sonhei ou olhei ou fui Ana Maria Goiana, ela me contou que havia sonhado comigo, uma situação de medo. Antes disso eu havia sonhado que estava elaborando um jornal nos moldes atuais, um Folhetim, destes do tamanho do Extra(RJ) ou Daqui(GO), que são vendidos por 50 centavos. Para dar dar visualidade a este sonho, o IV Avatar estará ausente por estes dias, vai desligar(se) tudo, de celulares a átomos e avisões, ops aviões,  uma vez que estará totalmente entregue à tarefa de fabricar o folhetim Mensários do Spin,  jornal da cidade.  Que esta semana seja repleta de alegria para os amigos e amigas do blog, e que o Sábado de Aleluia seja bastante festivo, quando eu era criança vivia um misto de alegria e medo deste dia, alegria pq era dia de estripulias e medo pq tmbm dia de levarmos uma boa pisa dos pais. Que os jovens saibam nascer, que os velhos saibam morrer velhos costumes. Que os jovens não se achem poços de sabedoria e, assim, se recolham em seus próprios mundinhos. Que os velhos, ah, não sei, quem sabe isso virá à tona durante este processo narrativo pictórico sensorial transportador. 

A este respeito leia o texto A economia e as velhas utopias, de Luis Nassif

Experiência com heteronimia no Luis Nassif Online

Lutem pela continuidade da heteronimia na internet, o fim disso será o fim de todos os deuses: Milages do povo 
Adorei experimentar heteronímia no Luis Nassif Online, tendo sido esta a intenção ao expressar-me através de personagens diversos, nada mais que isso e, para quem vê alguma má fé nisso, saiba que já cansei de comunicar que estes sou eu, e nem precisava avisar, já que a linguagem tem um padrão que denuncia a autoria, mando nessa turma baixo, se algum deles cometer alguma infração, por favor, me avise para que eu puxe a orelha, sou responsável por cada um. A maior virtude da vida é a retificação, pisou na bola, de olho no conserto: A internet não pode ser a terra dos perfeitos valentões cuja função é envenenar o ambiente real ou virtual com suas certezas que nunca erram, infalibilidade é coisa de Papa, boa noite

Cadastrados (Exige login para acessar)
IV Avatar do Rio Meia Ponte - Clique aqui
OOOOOOooo - Clique aqui
Juriti do Cerrado - Clique aqui
Tatu Bola - Clique aqui
D - Clique aqui

Offline (Buscar no próprio site)
Roger S
Avatar de Union
AMG

P.S- Esqueçam, acho que não é essa coisa de heteronimia, vai ver que é pq não me suporto, enjoo meus próprios nomes ou olhos ou seres e invento isso, essas estripulias, não sei, vai ver que sou todos os nomes ou olhos ou seres, não sei, quem sabe Ideia Sem Nome ou Todos os Nomes, explicar pq que mesmo se o mundo é para ser sentido não para ser explicado, enfim, a caravana passa.

Grato,

A Guerra Fria da Mídia Hegemônica

A Globo virou Tribunal Eleitoral e está em campanha: Nesta noite, nenhuma notícia sobre Dilma, no site do JN a última notícia é de 4 dias atrás, sobre a viagem da presidente para a solenidade de coroação do Papa Francisco I, e mesmo assim com viés negativo: A viagem ficou cara, tascou o JN repetindo a Folha de SP. Como pode uma emissora de TV com a audiência como a da Globo, e concessionária de serviço público,  portanto obrigado a prestar serviço de qualidade e não partidirizado à população, dar-se ao direito de boicotar a agenda da presidenta deste país que é uma das maiores economias do mundo. E faz isso pq a emissora deu na telha de abrir a campanha eleitoral de 2014, com direito a pesquisas de opinião pública, isso é uma afronta, a emissora, desta forma, encurta o mandato da presidenta. Quem tem que coordenar a campanha, e no seu tempo certo, é o Tribunal Superior Eleitoral e não esta esta imprensa partidarizada até os dentes. A grande vantagem do início desta campanha mais de um ano antes da data prevista é que a Globo, com seu rolo compressor, não é obrigada a seguir as regras da Justiça Eleitoral, de forma que neste longo período poderá pintar e bordar, como por sinal fez nesta noite, não levando aos brasileiros a agenda da sua presidenta, talvez por não ter nenhuma notícia negativa para veicular. Não assisto ao JN e, se fiz isso nesta noite, foi pq vim visitar meu pai, onde dormi. Durante a dormência sonhei que estava lendo uma reportagem cujo tópico era A Guerra Fria da Mídia Hegemônica. A reportagem era ilustrada por um cenário quente ou apocaliptico ou infernal, com fogo, lanças e dragões e, lá, no fundo, a imagem de Franz Kafka, spin escritor, autor de O Processo.

Eu sou aquele que se esconde atrás da chuva

E foi isso mesmo
Ocultei-me para poder olhar ser
Quem há de me proibir
Os policiais responsáveis por nos dar segurança e amparar nossa liberdade de expressão,  para todos nós e não apenas para os spin mornalistas, ops, jornalistas
Hum, quer dizer que o artista não pode ser livre, assim como e sou
Pois não, a chuva existe para, assim como se fosse e é uma cortina de fumaça proteger
Eu sou aquele que se esconde trás da cortina
Essas cortinas que existem por toda a cidade, a ocultar crimes ou doenças
Como as desta Igreja que acabou de me proibir de entrar
Eu (Na porta da Igreja Mundial,, e não sei lá mais o que)
O spin porteiro(com ar de truculento, me lembrando Joaquim Barbosa, spin justiceiro ou carrasco, tanto faz): Vc não pode entrar
Eu: Porque
Ele: Só com a autorização do ministro
Eu: Que ministro
Ele: Que administra o tempo
Eu: E por acaso eu não posso entrar como artista
Ele: Não
Por isso atravessei a rua e, protegido por uma cortina de H20, fotografei o templo proibido para este spin
....
P.S.- O pessoal das lan house estão com dificuldade de liberar as fotos, tenham paciência..
...
Um momento, vou ali

Caso eu seja assassinado ou Caso eu não volte

Sei que esta obra aberta ou dêictica ou deiscente(nada a ver com decência) ou prefeita(nada a ver com perfeccionismOOo) coloca-me sob constante pena de morte
Assim como ocorreu agora, relato
Posso ser morto por não ser jornalista
Artista não tem liberdade de expressão nesta cidade
Senão vejamos, quando disse um momento ou time sem avisar meu destino, o meu objetivo era fotografar uma obra de Duchamp no lixo da Justiça
Ocorre que ao chegar à Praça do Bandeirante, centro, estava uma chuva deliciosa e resolvi fotografar a chuva na praça e, tendo uma viatura policial no meu raio solar, o veículo saiu na foto
E de repente se aproximou um policial com ar de spin carrancudo ou truculento ou carrasco
Ele(nervoso): Você fotografou a viatura?
Eu(nervoso mas buscando): Nossa, a chuva tá uma delícia. Ah, o que foi mesmo que aconteceu
Ele: Você fotografou a viatura
Eu: Ah, não sei, será que saiu, talvez sim, a viatura tá no meu raio de visão
Ele: Pois não pode. Você é o que mesmo.
Eu: Sou artista
Ele: Não pode. Você não é jornalista
Eu(nervoso): Pois não, vou apagar a foto
(Não conheço muito a máquina que estou usando, uma Panasonic que, é só tirar uma foto, acusa que o cartão de memória tá cheio, por isso não consegui localizar a foto para apagá-la sob a ordem abrupta do policial com a mão no coldre do revólver).
Eu: Você poderia localizar a foto, não estou conseguido. E apague.
Ele(Localizou e apagou a foto).
Eu: Pois não, muito obrigado, um bom trabalho para vocês.
....
Entrei no hall do Itaú, spin banco, pessoa jurídica, e tirei a foto proibida
Sei que posso ser assassinado por causa desta foto, por favor, se isto acontecer, informo que havia duas viaturas, uma ao lado da outra, uma de número 6237 e outro 6238,  olhei mas não vi a identificação do policial, tinha outro de nome Alcântara, parece-me que sim, foi tudo tão rápido, eu não poderia encará-los, sob pena de não terminar esta obra para o spin cantor
...
P.S.-  Ao tirar a foto com a máquina fotográfica veio a mensagem informando que o cartão da memória está cheio. Cheio não sei como se a única foto que havia ali foi apagada pelo policial, spin segurança, vou jogar essa máquina no lixo da justiça. Por isso tirei a foto com o Iphone mas, ao chegar agora a lan house o atendende disse que não conseguiu baixar a foto porque o Iphone é o 5 e ele(atendente) não tem o iTunes. Fazer o que né, paciência. Mas se eu desaparecer saibam pq.

Um recado aos jovens

Caro spin jovem, sei que, em sua busca de um coletivo onde podereis ser spin amigo, não percebeis como que as coisas poderiam ser assim: Eu não vou, eu cheguei
Um momento.,,,,
Não informeis o tempo
E vá
E ao retornar relateis o que fizestes,
Na hora de dormir, não digas, vou dormir,
Que tal um,
Um momento e, ao amanhecer, o relato
Que tal relatar o que vistes ou olhas ou fostes durante a dormência
Se vais ao banheiro, que tal relatar
Falando nisso, um momento...

Um adereço para o spin cantor ou Eu sei que destruirão as minhas obras

Eu sei
Agora sei
Os spin spam ou contidos ou racionais ou rasos destruirão minhas obras
Assim como as estão destruindo no blog do Nassif, ele teve que instalar uma carapaça ou escudo como proteção, aquela gente cujo nome não posso dizer senão eles destroem, também, esta minha obra
< Mas não se intimide, aguarde 5 segundos ou graus e o armário do Nassif será aberto, minhas obras estão espalhadas por lá sob vários nomes ou olhos ou seres>
E por acaso não para mim será o fim se me destroem, podem destruir, este spin já foi destruído tantas vezes, criação e destruição é lógica do spin
Destruído reconstruído sempre assim
Destruam esta obra seus larápios virtuais ou reais que só pensam em dinheiro
Pego tudo de novo no lixo
É lá que estão minhas obras
No prédio da Justiça
Um momento.i,,,que horas são,,,não posso dizer,,,As Horas já entoaram seu canto, agora não
Um momento

As minhas obras!

Ontem no interior da Justiça vi isto, muita gente não viu, mas eu vi, elas estão lá, se não me engano no sétimo andar, vá...


Elas estão la, foi ontem, na Justiça carregando uma cruz nas costas, com muito cuidado para não descambar esquina ou escada abaixo, como dia atrás, quando o spin descamba levou um tombo ao descer correndo na escada com uma cruz nas costas sem ao menos pegar no corrimão, hoje está com o lado direito truncado, e o pior, não registrou a CAT para, caso a situação se agrave, ficar encostado oou mesmo aposentado
Não faça isso, quando sofreres qualquer lesão no trabalho, por menor que seja, inclusive de ordem moral, tipo racismo ou homofobia registre tudo com o seu celular e, se for, acidente do trabalho, tens no máximo 8 dias para o registro e, sendo assédio moral, se não me engano, tens 2 anos
Estas são minhas obras, que dizer, minhas não, mas do spin descampado, ops, descabado
Grato,
Idéia Sem Freios
Idéia Sem Idade
Idéia Sem Carranca
Simples


Idéia Sem Turbulência

Está tudo desligado, os telefones, no momento quis assim, não que fosse exigência do processo, não
É que posso, não pq deva
Não que eu seja obrigado à reclusão, imagina só se sou spin papa, não
Eu sou a liberdade, Idéia Sem Nós ou gondós
Idéia Sem Idade
Idéia Sem Grades ou Amarras
Grato,
Idéia

Estou feliz

e
Nunca estive tão feliz na minha vida
e minha felicidade decorre deste olhar ser
"Verão teu rosto e não saberão quem és", foi-me dito num sonho
Melhor assim
O que me interessa são minhas obras e elas são muitas, muitos são os sonhos, intensos são os sinais
"Eu não tenho consciência, eu sou a consciência", foi-me dito noutro sonho no qual este spin viu no céu uma luz destas que dizerem "vi um ovni"
Não me lembro de detalhes, destes sonhos, faz tanto tempo, naquela época o spin não existia neste formato atual com estes armários para guardar das coisas, de forma que, tudo o que era escrito, no caso, no próprio coro, ops, corpo, era apagado após o banho, dias atrás este spin viu as obras no fundo  do mar, uma spin deusa tomando de conta do acervo, se não engano era Hera e  este spin deliciou-se ao ver suas obras no fundo do mar e, naquele momento foi-lhe dito a frase "fonte de águas bordadas sob o mar"
Eram suas obras

Sem perceber entrei em processo

Ontem a noite após evacuar ou desenfecar, ops desenfezar bastante no trono ou vaso sanitário fiquei jogado na cama me perguntando o que levar para o spin cantor tamanha a preguiça de entrar em trabalho, sei que o processo é árduo, um ritual que consiste em estar atento aos sinais, foi quando conclui que nada faria, pois nada teria em mente e não gostaria de fazer nada forçado ou só para fazer, enfim, fazer algo guiado pelo raciocínio lógico ou perfeito, nada feito.
Foi quando adormeci.
Acabei de acordar, no momento são 8:33
Estava sonhando que encontrava-se no show do spin cantor Atento aos Sinais
Cheguei no momento em que ele cantava uma musica para mim
O nome da música era "Luiz"
Fiquei morrendo de vergonha enquanto ouvia a música, pois sabia que ele cantava para mim
Nunca ouvi voz tão magistral, a dicção, eu sabia que ele estava gravando um DVD, por isso a voz e dicção perfeitas
É como se ele dissesse e dizia "Luiz é tu" ao mesmo tempo em que sentia-me constrangido naquele corredor com várias penduricalhos no chão, máquinas fotográficas, pentes-de-macaco, sonos de pássaros,
Num dado momento do sonho vi-me manipulando uma embalagem de tridente, isto é uma marca, pessoa jurídica, Trident, usei-a como envelope para passar uma mensagem para o spin cantor como se fosse carta
No interior do envelope coloquei a foto de um homem
Um momento, volto já

08:42 - Voltei. Eu havia saído para tomar água. E vi que não estou bem de saúde, prá começo de conversa estou com o lado direito dolorido e um dos dedos da mão direita, o maior de todos, inchado, é que levei uma queda quando descia a escada da Justiça carregando uma grande porção de processos como carregasse uma cruz, isso faz uns 6 meses e até hoje não fiquei bom, manda a lei que, nestas situações, se deve registrar como acidente de trabalho, o prazo é de oito dias, caso o quadro piore, pode ser encostado ou aposentado como acidente de trabalho, o que é mais vantajoso para o spin trabalhador procurador de coisas perdidas. Um momento.

08:46 - Era o telefone que tocava dando sinais de chegada de mensagens, sei quem é, um spin amigo com quem troco mensagens o dia todo, antigamente eu era avesso a mensagens, não respondia, mas hoje não deixo mais ninguém sem resposta, isto pq o meu melhor amigo, de nome Hortêncio, sempre insistia em trocarmos mensagens e nunca as respondia e no dia em que resolvi responder suas mensagens, todas, sem deixar nenhuma resposta, ele me escreveu a última mensagem "amanhã estou indo embora". E foi-se. Morreu. Na verdade ele disse que estava indo da cidade onde se encontrava, Darcinópolis, para onde morava Araguaína e, daqui, para  Xambioá, sua cidade natal, e morreu na estrada, vitimado por um acidente de trânsito, veio uma Pajero e bateu contra o pequeno e frágil carro de passeio modelo Fiat, o spin amigo morreu na hora e foi carbonizado, daí que entendi sua mensagem: Amanhã estou indo embora. Por isso hoje em dia não deixo pessoas sem resposta, nem mesmo aquelas que não batem comigo, como fazer por esses dias se devo ficar recluso, uma vez que estarei em processo, ou será que devo incluir a tudo e a todos nesta história, como seria, ah, no mínimo uma experiência diferente, que tal visitar o pai e colocá-lo na história ao invés de fechar-se por estes dias, sabes que tens razão, um momento então, vou ver o que Fitterman escreveu na mensagem para mim

Ah, mensagens fúteis, explico: O mundo é governado por 3 forças, a saber: Espírito, sexo e matéria. Todas tem suas funções específicas e trazem sinais..,,,,
Ops, pq rejeitar a mensagem do amigo por se tratar de codigo 2, não faz sentido, vou responder,...
Ele: Kd (...)
Eu: O spin aviador vem as 10 horas
...................
Agora lembro-me, tenho visita às 10:00, não posso receber, não tem como entrar na minha história, vou cancelar a visita, um momento...,,
.........Sei que todos as 3 forças do universo, cada uma a seu modo, trazem seus sinais a serem respeitados e aos quais devemos estar atentos, sei que a sexualidade já me colocou em situações de risco mas também me salvou e tentou me salvar e me laquei quando a ignorei quando por exemplo no momento em que deveria ter fugido da sala de espera para fazer aquela cirurgia, a força 2 chegou com um belo presente, A Capa do Presente, digamos, e não entendi,,, passei por cima do sinal e submeti a cirurgia, foi quando o médico me amputou, arrancou partes do meu corpo, minhas vísceras, e hoje sou uma pessoa em situação de crucificação, tudo pelas mãos de quem deveria nos proteger, o spin médico, até hoje me arrependo de não ter respeitado aquele sinal e ter fugido do hospital,,,,
.....
Mas não é por isso não, vou despachar o presente da força 2 pq a casa está muito bagunçada, visita agora só depois do encontro com o spin cantor, conversa encerrada,,,ah não ser meus familiares, eles vem prá cá amanhã, há um almoço marcado, não vou me isolar, quem sabe coloco-os nesta história, sim,...
.....
Um momento...Agora são 09:05 horas

09:06 - Ainda sobre este processo narrativo pictórico sensorial transportador, preciso ficar atento, o que somente é possível caso eu desligue,...Um momento


09:14 - Meus spin deus, é tudo tão rápido, no momento são 09:13, este formato de ação, ou seja, tudo num post só, acabou de ser colocado sob a prova dos noves e foi reprovado,,,essa imagem do Joaquim Barbosa, spin carrasco, está me atrapalhando, não sou obrigado, vou sumir com essa matéria, vou guardá-la num dos 70 armários que formam o calendário,,, e devo estabelecer um limite: No máximo 70 post por dia... Um momento, vou dar uma arrumada no obra...no momento são 09:15

P.S.- O nome da música era "Luiz"
E a obra que naquele momento entreguei ao spin cantor era foto 3x4 no interior de uma embalagem de  Trident
A foto recortei da capa branca de uma revista
E estava escrito na foto o nome de Luiz Morell, que não sei quem é, achei esse no Google, um cirugião plástico de Porto Rico
Não se esquecer de dar visualidade, o que será feito no momento forma, bem como adentrar no estado racional ou cognitivo, tanto faz
Os posts que serão elaborados durante o dia serão espalhados pelo tempo que, no caso, é o calendário spin, composto por 70 armários ou dias, fui

Urgente. Visite a Necrópole de Júpiter. Morreu Emílio Santiago

Falas de ministro do STF são apagadas das notas orais do STF




Quem diria! Os próprios ministros com vergonha do que afirmaram durante o julgamento farsesco do "mensalão". Agora não só negam como estão destruindo as provas do que afirmaram em alto e bom som, como faria um criminoso que apaga as provas do crime. Como eles podem fazer isso se o Brasil inteiro acompanhou aquele circo de horror. Que tal uma Comissão da Verdade para colocar tudo  isso em pratos limpos, Ao contrário do que tem afirmado Barbosa, o STF não está acima de tudo e de todos. Quando me lembro daqueles juízes ensandecidos e ávidos e apressados a condenar a qualquer custo, vêem a mente um bando de embriagados, que nada tem a ver com a Suprema Corte de um país civilizado. Depois da lambança feita, agora apagam as provas do que fizeram, dá prá escrever um longo anedotário não fosse trágico, afinal de contas, quem pode achar graça nessa história de pessoas inocentes terem que cumprir anos e anos na cadeia, em regime fechado. Vejam só essa do Barbosa apagando os registros do seu esdrúxulo que ele(Barbosa) fez da tese do domínio de fato(sem provas) para atender aos anseios da Casa Grande e sua mídia venal. Nada será feito contra estes larápios togados?
STF MAQUIA O MENSALÃO.

“DOMÍNIO DO FATO” VAI SUMIR, POR PAULO HENRIQUE AMORIM, NO CONVERSA AFIADA


Os advogados e os historiadores devem requisitar, imediatamente, as gravações da TV Justiça dos votos do mensalão. O processo de maquiagem está em curso.
Saiu no “Painel” da Folha (*):

ESQUEÇAM…


O ministro Luiz Fux mandou apagar suas intervenções das notas orais do STF (Supremo Tribunal Federal) contendo todo o debate em plenário durante o julgamento do mensalão.

… o que eu disse

Entre as falas agora apagadas estava uma que contrariou os advogados, por sugerir que caberia à defesa provar a inocência dos réus. Os ministros estão liberando aos poucos suas notas orais para o sistema de informática da corte.

Veja bem

A assessoria do ministro afirma que tudo que ele disse durante o julgamento constará no voto, e que foram excluídas as declarações para evitar um documento muito longo. Além disso, justifica que outros ministros fizeram o mesmo.


Paulo Henrique Amorim

(*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é,  porque o dono é o que é; nos anos militares, a  Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.




Chegamos a Júpiter


Isso aqui é tão antigo, de 2005, não me lembro em que circunstâncias escrevi isso que, hoje, jamais escreveria:


-I
                         M S
                 U
                                                                    N


19:19
Tempo=temperatura
No termômetro=relógio digital=interativo são 19:19 º C
E 19:19 graus=segundos=minutos=horas
E trampo se escreve trampo=batente=lida=labor=laboratório=trarbalho
E hoje trabalhou feito um condenado
E condenado se escreve condenado=apenado=julgado
Está muito calor
Um momento
( E Idéia ausenta-se para tomar um banho nas fontes de águas límpidas )


19:26
Entrou no banheiro para tomar banho
Pegou a escova
Tirou a dentadura=ponte=dente=postiço=prótese
Está sem dentes=ossos=matéria
Que delícia!!!!!!!!!!!!
E começou a escovar o dente restantes
Não todos os dentes
A doutora=sábia SILVANA  disse:
Dê mais atenção aos seus dentes
Você não está escovando direito
Tem que passar a escova pelo menos 5 segundos em cada dente
Dente por dente
E não em todos os dentes ao mesmo tempo
Ela disse ainda
Você tem que sentir os dentes crocrantes=limpos=vivos
E não lisos=mortos
Que bom...
É a primavera nos dentes!!!!!!!!!!!!!



19:29
Voltou sem tomar banho
Trocou a escova pela caneta
É tão gostoso escrever...
Que delícia!!!!!!!!!!!

19:29
Amanhã, 24 de maio=64 de júpiter,  é feriado nesta cidade=estado
Goiânia=rio meia ponte
Amanhã ninguém desta cidade=estado pode =deve trabalhar
Mentira!!!!!!!!
Pode sim
Podem existir somente 3 feriados por mês
E já existiu o primeiro de maio, dia do trabalho. Feriado em toda a extensão do rio Meia Ponte, que banha esta cidade=estado
Depois veio o 21 de abril, dia do spin dentista, conjuração mineira, o Tiradentes, herói nacional. Feriado em todos os rios brasileiros=brasilinos
Na próxima 5a. feira é feriado municipal=local, dia de Corpus Cristhi
E dirão: mentira!!!!!! É feriado nacional!!!!! Não é!!! Que obrigação tem uma cidade=estado que não tenha JESUS  como spin deus=humano em considerar tal dia como dia parado=feriado????
Por isso é feriado municipal
E, amanhã, 24 de maio=65 de júpiter, é dia normal=útil
Amanhã não fará jejum=parada de caneta=enxada=formão etc
Que delícia....
Como é bom escrever
Disse JESUS
Bem aventurados aqueles que andam com uma caneta na mão=bolsa=bolso=lapela=botão
Pois tomando esta última dose=overdose de vinho=tinta=tinto....
Que delícia...
Como é bom escrever!!!!!!!!!!!!!
Que delícia....
disse JESUS
A escrita é o ópio do povo
Dirão: ele está parafraseando=imitando  CARLOS MARX, que disse “Deus é o ópio do povo”
E é
E deus se escreve deus=escrita=palavra=caneta
Pois está parafraseando=copiando=apropriando=se  sim
Não interessa!!!!!!!!
E se  JESUS  não disse
Está dizendo agora

19:33
 Disse JESUS
Bem aventurados os limpos de coração
E coração se escreve coração=casa
Falando nisso, limpa tua casa
É tão bom a limpeza=organização=razão...
E ama o teu próximo=alce
Orgulha-te do teu chifre=traição

19:47
Dias atrás, na madrugada, Idéia estava na festa=farra do boi+criança
1 +1+1 (andando. Ou seja, 3 rapazes, entre 19 e 24 anos, andando. Observam Idéia escrevendo=anotando num caderno com a palavra “amor” na capa): o que você escreve neste caderno?
Idéia: de tudo. Escrevo de tudo. A vida.  (...) Faço de tudo.
( ficaram amigos)
E não era somente 1
Eles eram 1+1+1
Ou seja, 3
Não 3 em 1
Mas cada um independente=liberto=salvo=autônomo
Era um grupo sem ser um pacto=bando=quadrilha pronta para matar=bater
Ele eram pacíficos=celestiais
Como eles eram=são bonitos!!!!!!!!!!
Não era um bando
Eram indivíduos
Ah, havia um quarto elemento, um spin gordo=feio
gordinho=feinho
Mas bom=atencioso
Então eram 1+1+1+1+
E como Idéia passou a fazer parte daquele grupo
Agora ficou assim 1+1+1+1+1+
5 indivíduos
Não um 5 em 1
Mas 5 indivíduos felizes=autônomos=livres=salvos
E aberto para mais
 bando em que cada um era um indivíduo
Não um só corpo
Como estes bandos que  praticam a corrupção neste País
Este computador quer mandar em Idéia
Porque está falando isso?
As letras ficaram vermelhas e sublinhadas=marcas
E Idéia não sabe voltar atrás
E sabe
Quem não sabe é este computador
Que passou a mexer no meu texto
Tentei mexer no calendário e pareceu uma mensagem
Este texto será excluído
O computador=big brother=grande irmão que apagar este texto!!!!!!
Socorro!!!!!!!!
Agora entendo a Lygia Fagundes Telles
Ela diz na  revista ISTO É  desta semana
Que o computador deletou=engoliu=apagou um lindo conto
Que situação
Vou fazer como ela
Voltar a usar a velha máquina de datilografia Royal
Até o som=batido das teclhas é mais vivo=gostoso
Socorro!!!!!!!!!!!!!!
Tem um traço vertical aqui à esquerda!!!!!!!
O que é isto???
O que está sendo escrito será deletado por este louco=computador?
Devolve meu texto, seu infeliz=racionalista=perfeccionista=nazista!!!!!!!!!


É só olhar as capas das revistas semanais=mensais=anuais
Os



Socorro!!!!!!!!!!!!!!
O computador ta riscando=censurando minhas palavras!!!!!!!!!!!

E enquanto isso a nossa juventude é desterrada  de sua cidade=estado
Para outras pátrias=mátrias
1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=
Todos num só corpo para corromper=desviar=lavar dinheiro
E Idéia participa assim
1+1+1+
Jamais assim 1=1=1=1=1=
E assim, 1+1+1+1+1+1
Enquanto ser autônomo=individual=livre
Pode participar de reuniões=eventos
Jamais assim
Nem assim =
E muitos menos assim
Assim tudo bem
Ou assim  
É Idéia é contra a morte=igualdade
Não mataraz o outro=alce
E mataraz, com z no final, se escreve mataraz=igualarás=padronizarás
Que lideranças
As lideranças da morte=corrupção
Não
5 com Idéia
Dias atrás, para experimentar como é que é, Idéia integrou-se, por alguns instantes=minutos=segundos=graus
Quando o tempo poderia=deveria ser escrito tempo=temperatura 5 graus=segundos=minutos=horas
Amarrou-se=igualou-se=compactuou-se com  um bando de jovens
Eles eram da Mancha=Esquadrão Verde
E verde se escreve verde=primitivo
E como não era
Matou=anulou a si mesmo
E sem individualidade=personalidade
Ficou igual=morto
E, na condição de igual=bandido
Distribuiu porrada=pancada na festa
E ainda por cima justificou=aplaudiu=vibrou
Ele mereceu apanhar
Havia, em tempos anteriores, maltratado Idéia
E desde ontem que ele mexia com as mulheres dos outros=alces
E quando voltou à tona
E tona se escreve tona=superfície
Viu o quanto é perigoso se fazer parte de bando
Não como
Mas como  que é o caso destes homens suicidas
Que em grupo=iguais matam por amor=ódio
Em nome de Deus
Em nome de Deus uma ova
Ele matam em nome das trevas=lucifer
E é por isso que Idéia não quer fazer parte de bando
Em bando =atrevido=atiçado=incitado=excitado
Torna-se a própria morte
Pois que JESUS disse
“Eu sou a morte e a vida
Não vim trazer a paz, e sim a espada”
Disse mas já não diz mas
Agora veio para eliminar a contradição na face da Terra
Toda a contra=dicção
A fim de reine a igualdade
Não a igualdade forçada=mortífera
Mas a verdadeira igualdade
Esta igualdad
 ( um coro=jogral): Se Idéia é socialista=capitalista
Idéia: a igualdade do socialismo=capitalismo real=irreal era=é a
Por isso Idéia não é integralista=nazista=comunista=capitalista
A cidade=estado de Idéia é apenas uma sociedade
Uma verdadeira da sociedade
Entendo-se que sociedade quer dizer acordo entre sócios
E os sócios da sociedade são os animais, os seres humanos e as pessoas jurídicas
E não apenas um dentre estes
E disse JESUS
A História da Sociedade é A História da Luta Entre os Três Sócios da Sociedade: os Indivíduos Animais, os Indivíduos Humanos e os Indivíduos Jurídicos
E dirão: ele=ela está deturpando=apropriando-se das palavras de CARLOS MARX
Não interessa
Idéia é fã número de MARX
Se num dado momento da história não o compreendeu
Agora compreende-o
E compreensão se escreve compreensão=perdão=absolvição=reabilitação

_______________________________________________________

Nenhum comentário:

A História do SPIN