27/02/2012

Sobre o colapso da malha ferroviária

Deixa eu ver se entendi; a Vale cujo valor estava na casa das centenas de bilhões, foi vendida por 3 bi mas, por outro lado, daqui a 10 anos o governo vai ter que receber, de volta,  a sua linha ferrorviária da qual nada terá restado pois que já há um bom tempo vem sendo vendida como ferro velho e, mesmo, assim, pasmem,  vamos ter que pagar a pilhagem à concessionária ALL.  O valor da conta em valores de 2011: 25 bilhões de reais.
Ao invés de investir, a concessionária roubou de tudo, de vagões a trilhos, passando por dormentes e material de escritório, coisas que, mesmo sendo vendido no mercado como sucata, custou milhões de reais.  Mesmo diante deste quadro surreal, a ALL alega ser legal, coisa prevista no contrato. 
Tudo isso ocorreu por causa de um espúrio contrato espúrio de concessão assinado entre FHC e ALL que, diz e com razão, é tudo legal. Sim, legal mas totalmente ilegítimo tal contrato, desde quando somos obrigados a continuar nas mãos destes ladrões, as custas de que mesmo, medo que o Brasil seja denunciado por quebra de contrato junto a OMC? Que se f... esta corporocracia que, acima das nações, manda no mundo.
Alguma coisa tem que ser feita. Não há saída, o governo vai ter que pagar dezenas de bilhões para os ratos, garantindo o reembolso à ALL que, como se vê, além de ter praticado o que particou ainda por cima quer receber uns bilhões de reais por investimentos não realizados.  
No primeiro video abaixo o Boechat comenta o caso, embora tenha errado no valor do prejuizo, bem abaixo do que é na verdade. Moral da história: A ALL foi contratada para roubar, onde já se viu esse tipo de autorização em contrato. O FMI e FHC se formas mas deixaram esta bomba de efeito retardado, o pior de tudo é que, por causa do contrato(de roubo autorizado) o Brasil não pode se livrar dos ratos, sob as bênçãos das agências reguladoras. Videos:
a-Reportagem da TV Bandeirantes exibida dia 25 de maio de 2010 às 19:36:22. América Latina Logística está na mira da Polícia Federal.
b- Filme que mostra o desmonte das ferrovias no Brasil após a privatização (1996, principalmente da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil - RFFSA. Fotos Tatiana, Latuf, Roque, Roberval, sindicato dos ferroviarios, Musica ameno grupo era
c-  CPI Ferroviária constata roubo da malha ferroviária pela ALL
 
d- fotos


Para Ir à postagem na íntegra clique aqui


Nenhum comentário:

A História do SPIN