Translate

03/04/2018

A guerra não é entre brasileiros e sim de interesses internacionais contra o Brasil

Resultado de imagem para golpe e fascismo
"O que está havendo nos dias atuais é o reagrupamento dos antigolpistas, ainda sem uma pauta unificada, porém como estes despertaram para a existência desta guerra híbrida, todos estão alertas e contra-atacam de forma vigorosa e completamente desordenada". (Rogério Mestri, sobre o fracasso do golpe, no GGN)
Me lembrei de uma entrevista de uma refugiada síria em que ela relata que, tardiamente, os sírios se deram conta de que a guerra não era entre entre os sírios e sim de uma coligação de interesses estrangeiros pagando mercenários e tudo mais, ou seja, um complô contra a Síria..... como por aqui né, apesar de que num estágio mais ameno, mas nada impede de que, dependendo da situação, essas oligarquias internacionais que financiaram o golpe optem pela solução síria...
.........e saber que, nessa briga de cachorro grande, em que estão em jogo trilhões e trilhões de reais, os oligarcas nacionais são fraquinhos: se limitam ao papel vira-lata babando o "prendam o Lula",  tudo o que os EUA querem nessa guerra híbrida em que eles americanos ganharam mil vezes mais do que na guerra do Iraque e sem que tenha sido gastar sequer uma bala de 38, pois os nativos estão fazendo isso pelo Tio Sam...,..
....e saber que as vivandeiras de quartel resolveram fazer coro à matilha com o "ou prendam o Lula ou vai ter golpe militar"....hummm.....isso só mostra o quanto os golpistas, sem apoio popular,  são fracos diante do gigante Lula, o qual, por ser forte, o conluio midiático-penal resolveu, através do uso de Instituições acovardadas, exclui-lo do processo eleitoral e da vida civil para que, assim, o golpe se consolide, isso conforme os planos da Globo.,.,....
....e saber o quão é incerto se esse plano da Globo, de silenciar Lula através de assassinato ou de prisão, consolidará o golpe de Estado: sabe-se que os golpistas de cá estão usando a mesma tática do ditador egípcio, o qual tem sido eleito com mais de 90 por cento, isso por causa de um forte esquema de compra de votos, fraude, repressão e prisão de qualquer candidato fora do espectro do golpe.
Post relacionado
Não é a hora de começar a montar quadro de um Xadrez de reação aos golpistas?, por Rogerio Maestri

Nenhum comentário:

Postar um comentário