11/04/2017

A Máfia dos Bacharéis + Porque você odeia o Lula

Nassif: Xadrez de Barroso, o último dos brasileiros "honestos"

Juiz sem mordomia: na Suécia:  https://www.youtube.com/watch?v=vRZkHVv3dfc


Dalmo Dalarri: No min 21:00 Dallari fala sobre o modelo alemão de Tribunal Constitucional

Para evitar esse caos Institucional,  diz Dallari, na Alemanha a Suprema Corte fica longe dos holofotes, sendo sediada nua cidade de tamanho médio, longe das demais Instituições de dos poderes legislativo e executivo. Na Suécia, ministro da Suprema Corte vai trabalhar de bicicleta.

A nossa magistratura atua como máfia: a Máfia dos Bacharéis

“Isto é imoral”: um juiz sueco analisa os rendimentos de Moro e colegas. Por Claudia Wallin
Gostaria de ser juiz no Brasil? – quero saber.
“Tenho um excelente emprego na Suécia”, rebate diplomaticamente o juiz. “E não me sentiria confortável em trabalhar nas condições em que parecem trabalhar os juízes no Brasil. Em minha opinião, um juiz deve ter um padrão de vida comparável ao dos cidadãos que deve julgar.”
Por quê?
“Porque juízes não devem formar uma classe à parte, e sim ser parte da sociedade. Juízes devem ser pessoas capazes de compreender a situação em que vivem os cidadãos comuns, pois detêm o poder de julgar”, diz o magistrado sueco.

Jurista alemão repreende STF por uso errado da sua teoria - dominio do fato - para condenar Dirceu (sem provas)

Alexandre de Morais defedeu barreiras para se assumir o cargo de ministro do STF:
1- Quem ocupa carga de confiança no governo não pode ser indicado
2- Entre as condições “capacitárias”, dez anos de efetivo exercício de cargos privativos de bacharel em Direito, ou a condição de jurista, com o título de doutor. Para os três a serem escolhidos pela própria Corte, dez anos de carreira no magistério ou no Ministério Público. Entre as vedações, aquela que hoje, se vigente, impediria a sua indicação para o cargo. 
Tese de Morais o impediria de virar ministro do STF

Na Europa, juízes de Suprema Corte ganham em média 4,3 vezes mais do que a população
Enquanto o Brasil vê uma diferença enorme entre o salário médio da população e os de seus juízes, na Europa o contraste é bem menor. De acordo com relatório da Comissão Europeia para Eficiência da Justiça (Cepej), juízes das Supremas Cortes europeias ganham em média apenas 4,3 vezes mais do que o salário médio da população de seus países.

Brasil: a Máfia dos Bacharíes
Outros nomes da UDN, por Mauro Santayana: http://www.cartamaior.com.br/?/Coluna/Os-outros-nomes-da-UDN/21590

Violência jurídica sem limites contra Lula. O caso Escola Base virou fichinha diante do que estão fazendo com Lula...e pensar que o rolo compressor formado para detonar Lula é mil vezesm mais potente do que aquele que atuou no caso Escola Base: um delegado e a imprensa. Agora temos, além de delegados, promotores, juizes, ministros do STF, imprensa e forças ocultas interessadas em abocanhar o pré-sal e nosso pais como um todo. O que temos agora é uma mega-operação de guerra contra Lula, não por algum crime que ele possa ter cometido, e sim por vendeta politica. Lula é vitima de violência juridica não pelo que ele possa ter praticado e sim pelo que ele pensa..,,simples assim....

O golpe de Estado foi dado para que seja implantado no Brasil o modelo nigeriano de exploração do petróleo e gás, onde nada pertence aos nigerianos e sim a multinacionais "limpinhas" como a Shelll. De inicio, os golpistas sacaram bilhões de reais do fundo soberano do pre-sal, que era uma poupança criada por Lula para o povo brasileiro.
Nigéria: a suja indústria do petroleo

O plano de Moro é desnacionalizar/entregar o nosso petroleo as multinacionais "limpinhas"
Nassif: a Lava Jato penada por Moro como operação de guerra [contra o PT]

Shell suborna na Nigéria


Sobre manipulação da midia para incutir o ódio contra Lula: https://www.youtube.com/watch?v=v3roY8KqB34

Nenhum comentário:

Spin Espelho