16/05/2017

Sob ameaça de prisão, a Lava Jato exigiu que notórios corruptos dessem um golpe de Estado e interrompessem a democracia

Atualização - 18/5/17

"(...)  Os vazamentos da Lava Jato, às vésperas das eleições de 2014, quase entregam o país nas mãos do mais atrevido e inescrupuloso político brasileiro, Aécio Neves. O impeachment e a posse de Michel Temer tiveram como padrinhos a mídia, a Lava Jato, o juiz Sérgio Moro – autorizando a liberação das gravações de Dilma e Lula -, o Procurador Geral da República (PGR) Rodrigo Janot – avalizando o vazamento, provavelmente por fraqueza -, o Ministro Gilmar Mendes – impedindo a posse de Lula -, os demais Ministros do STF, endossando todas as arbitrariedades. Ou seja, todos são pais do bebê de Rosemary.
Ao mesmo tempo, Aécio era blindado de todas as formas por Rodrigo Janot e Gilmar Mendes, desafetos, mas aliados no trabalho de procrastinar as denúncias contra ele.
A delação dos irmãos Batista desmonta todo o castelo erigido em torno do golpe (...)"
Segue link para artigo na íntegra


Resultado de imagem para sergio moro e michel temer

"Aliás, os políticos não derrubaram a Dilma para acabar com a Lava Jato.
Foi a Lava Jato quem os forçou a derrubar a Dilma para não serem pegos.
A mensagem era clara: derrubam a Dilma ou todos vão parar na cadeia.
E assim foi feito. E agora os Jucás, Padilhas, Temers, Aécios, Moreiras, Gedeis e cia, já podem respirar aliviado pela missão cumprida."

Resultado de imagem para sergio moro e aecio


Sob ameaça de prisão, a Lava Jato exigiu que notórios corruptos desse um golpe de Estado e interrompessem a democracia: é disso que se trata e foi este o motivo de fundo da nossa classe dominante: a aversão ao regime democrático

Eu mesmo já havia me esquecido deste dado interessante: a Lava Jato foi peça fundamental golpe de Estado e isso ocorreu em dois momentos importantes:

Como a Lava Jato exigiu que notórios ladrões públicos dessem um golpe de Estado.


1-  Grampos ilegais

O grampo contra a presidente Dilma, feita de forma ilegal por Moro, e exibida no Jornal Nacional, para impedir que o governo se reerguesse com a nomeação de Lula como ministro. Para impedir que a governabilidade fosse fortalecida com a entrada do ex-presidente nas negociações,  impedindo assim o impeachment,  o STF tomou decisões como a de impedir que ele tomasse posse,  isso sob a alegação de que havia virado réu num processo....esta decisão do STF teve seu caráter golpista revelado quando o mesmo STF, através do ministro Celso Melo, notório serviçal da Globo e cia, decidiu que Moreira Franco,  réu em vários processo, poderia tomar posse como ministro do governo usurpador.

Será que estes detalhes entraram serão registrados por historiadores? Com certeza não, uma vez que os historiadores relatam a historia conforme a versão que agrade ao sistema que controla as editoras.

2- Delações vazadas no tempo oportuno...

A delação do Machado era a espada que pairava sobre as cabeças dos pemedês, cheguei a imaginar que aquilo era sério e que não haveria impeachment porque, diante das revelações, seguidas de provas,  Temer e sua quadrilha iria prá cadeia. Mas como vc disse, era só uma forma de dizer: tá vendo turma do PMDB, ou derrubam Dilma ou estão todos presos...
De fato eram esta a ameaça que pairava sobre a cabeça da quadrilha de Temer: ou derrubam Dilma ou estão todos presos. A PGR e cia soltava bombas no momento do "esquenta" impeachment, casando com as convocatórias feitas pela Globo, que ficava por conta da agitação e propaganda...sim, havia esta ameaça no ar por parte da Lava Jato: ou derrubam Dilma ou vcs vão saber o que é bom prá tosse, isso foi feito de roldão....Temer chegou a ficar no meio da roda....



O uso da delação de Sérgio Machado, no mês de junho de 2016, quando Dilma já havia sido afastada, mas não em definitivo, ainda havendo chances de reversão no Senado. Para impedir que isso acontecesse, o STF/MPF , em obediência ao calendário do golpe, libera a delação do operador do PMDB. Ou será que você já se esqueceu daquele momento em que pensávamos que, finalmente, os verdadeiramente corruptos  de  Aécio Neves a Zé Serra, passando por Michel Temer, Jucá, Cunha et caterva fossem presos naquele momento, evitando assim a derrubada de Dilma em definitivo....que nada, aquilo era teatro, uma espada na cabeça dos ladrões: ou derrubam Dilma ou serão todos presos....interessante o papel do STF/MPF na obediência a este calendário da Lava Jato a serviço do golpe: o último lance foi a liberação dessa farsa chamada delação dos marqueteiros João Santana e Mônica, como parte da operação Delenda Lula, isso no dia seguinte ao depoimento de Lula a Sérgio Moro, quando o ex-presidente saiu vitorioso da audiência e a Lava Jato flagrante derrotada, uma vez que Lula expôs ao publico as visceras  de um processo que, como sabemos, é semelhantes aos processos de Moscou comandados por Stalin contra seus desafetos politicos. link no final do post.


Os motivos do golpe de Estado de 2016?

 O motivo? A tomada de poder pela classe dominante, avessa à democracia e inimiga de politicas de inclusão social,  ou seja, os mesmos motivos do golpe de 1964,,,..,..a desculpa é a mesma de sempre: combate à corrupção, há quem venha também o velho blábláblá do "combate ao comunismo" e assim, de golpe em golpe, nunca ultrapassamos a marca dos 20 anos sem a derrubada de um governo.

Interessante se notar o papel do Poder Verbalizador/midiático em tais golpes cíclicos

Basta que o mandatário eleito pelo povo não seja confiável ao sistema -  midia, mercado, povo teleguiado,  interesses empresarias, mercado, EUA - para que  governo seja derrubado.



O Judiciário recebeu seu quinhão por ter ajudado no golpe

Finalizando....vc acha que o Judiciário participou da trama à toa, sem nada levar?

Não. Como contrapartida pelo serviço sujo prestado, os  magistrados e procuradores do MPF foram agraciados com a falta de limites para suas remunerações, assista ao video:
A atuação da Lava Jato no golpe, Jayme Tavares, via Facebook...depois prossigo

"O episódio do grampo da Presidenta Dilma, rasgando a Constituição, o devido processo legal e as garantias individuais, deixou claro que o golpe estava pronto e que não retrocederia até que alcançasse os seus objetivos.

Hoje, está mais claro do que nunca o envolvimento de todos os mencionados pelo surubático jucá, "com supremo e tudo".

Afirmamos incansáveis vezes que a tomada de assalto do Brasil pela plutocracia passava pelo impedimento da Presidenta Dilma,pela prisão e/ou anulação do Lula e pela destruição da esquerda partidária.

Parafraseando um escroto mais antigo, "acabar com a nossa raça.


O script golpista vem sendo seguido à risca. Não tenham ilusões com as instituições, pois estas, além de parceiras do golpe, já ligaram o foda-se há muito tempo para os escrúpulos, basta acompanhar minimamente os acontecimentos da última semana, em "noticiários" de revista, jornais, tvs.
Especulam que a globo estaria sendo vendida para o mexicano Slim. E daí? Uma concessão pública tem o direito de continuar funcionando como partido político e, pior, fomentar o ódio e, em abrangência nacional, praticar o racismo de classe?


Claro que não somos tão cordiais como sugeriu Gilberto Freyre, todavia é inadmissível que uma empresa privada que se acha dona do Brasil destile o seu ódio contra os seus desafetos, utilizando-se para isso de uma concessão estatal.


A situação exige um sério enfrentamento das forças democráticas. Não um enfrentamento retórico, contemplativo. A bem sucedida greve geral, a mobilização para e o próprio depoimento de Lula contribuíram significativamente, mas ainda é insuficiente diante que do virá pela frente.


O momento exige uma feroz e ininterrupta resistência, inclusive da esquerda mais crítica ao petismo, ao Lulismo, pois hoje é o Lula, a Dilma, amanhã qualquer um de nós".


Jayme Tavares


A mensagem era clara: derrubam a Dilma ou todos vão parar na cadeia.
Precisamos montar uma cronologia...se nós que acompanhamos diariamente vamos nos esquecendo com o passar do tempo, imagina o povo....os historiadores então, que trabalham para editoras cujos donos são ligados ao golpe, nem se fala...importante lembrarmos do calendário do golpe...

Um momento prá lá de pitoresco foi a delação de Machado em junho de 2016, quando Dilma estava tentando reverter sua cassação definitiva no Senado, de forma que agora se sabe que aquele vazamento das delações do operador do PMDB era um aviso: oi quadrilha, tomem tento:  ou derrubam a Dilma ou serão presos.

O comentarista Rpv  lembrou-nos deste detalhe importante:  o nado sincronizado entre a Lava Jato e seus vazamentos oportunos ao calendário do golpe..., 


Rpv disse:

"A intenção última {da Lava Jato] não é punir a corrupção, mas destruir o sistema político em que se funda o inimigo, o PT. As empreiteiras não estão sendo destruídas por serem corruptas, mas por se aliarem a esse modelo." Demorou, Nassif.
Uma observação, as empreiteiras não estão sendo destruidas porque "se aliaram a esse modelo", mas porque são o meio para alcançar o fim: "destruir o sistema político em que se funda o inimigo, o PT"
Aliás, os políticos não derrubaram a Dilma para acabar com a Lava Jato.
Foi a Lava Jato quem os forçou a derrubar a Dilma para não serem pegos.
A mensagem era clara: derrubam a Dilma ou todos vão parar na cadeia.
E assim foi feito. E agora os Jucás, Padilhas, Temers, Aécios, Moreiras, Gedeis e cia, já podem respirar aliviado pela missão cumprida.
E o Cunha? Ora, o Cunha foi apenas boi de piranha. Afinal, alguém tem que pagar o pato" (Por Rpv, no GGN - http://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-da-prostituicao-no-judiciario)
Nassif sobre a indústria da delação premiada: Xadrez da Lava Jato em familia

Hoje em dia, há duas caixas pretas rondando o Judiciário. Uma, das ações em família; outra, das palestras de cachês desconhecidos.
Uma terceira caixa preta surge com a Lava Jato.
Os maiores escritórios de advocacia do Rio e São Paulo, antes especializados nas áreas comercial, administrativa e de contratos, passaram a aceitar advogados criminalistas como sócios, para atender à enorme demanda provocada pela Operação Lava Jato.
São honorários milionários. Segundo advogados paulistas, conseguir uma causa de delação premiada de algum cliente mais poderoso pode render até R$ 15 milhões de honorários.

http://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-da-lava-jato-em-familia



Corrupto é quem defende ou pratica a justiça seletiva
Serjão disse:
O Obama estava certo.
Pela primeira e única vez em toda a nossa história nos sentimos uma Nação.
500 anos de mais do mesmo, mas por um breve período, o escravo esteve fora da senzala, viveu e sentiu ser possível a liberdade.
A casa-grande alvoroçou. Como admitir a petulância?
A lição, o corretivo, ao rebelde e arrogante tem de ser exemplar, para que jamais se repita.  
Uma revolução sem um tiro sequer! _Quem pensa que é?
Quinta maior economia do planeta! _Quem é esse operário? Quem está com ele?
Tem pobre na minha frente, na fila do aeroporto! _Tirem o nordestino já daí, tava até bonitinho, mas não precisa exagerar.
Negociando livre e diretamente com as outras potências econômicas, Copa do Mundo, Olimpíadas... _Basta!
Educação pública de primeira para todos, saúde idem. Uma Noruega tropical. _A cabeça numa bandeja!
_Basta! Parou! Chega!
E parou.
Vida longa ao LULA, o bom homem, o mito brasileiro!     o cara.....(GGN)


"A Lava Jato não se vale de tortura física, mas o processo de convencimento do réu é idêntico em ambos os casos. A conclusão principal dos dois psicólogos era a de que “a privação de estímulos (através da tortura) induz à regressão, despojando a mente do indivíduo do contato com o mundo exterior e forçando à regressão”.
Quando o prisioneiro mergulha em um estado de “choque psicológico”, ou “vivacidade interrompida”, é sinal de que está mais aberto a sugestões, mais disposto a ceder.
Nassif: Xadrez da prostituição do Judiciário
http://jornalggn.com.br/noticia/xadrez-da-prostituicao-no-judiciario

Não podemos nos esquecer de um juiz do DF que, como os demais magistrados, estavam atuantes no golpe de Estado.

"(...) "Esse Juiz não tem a mínima possibilidade de tomar essa decisão. Ele está impedido porque tem interesse na questão", disse à BBC Brasil o procurador aposentado do MP-RS Lenio Luiz Streck.
"O Código de Processo Civil estabelece a suspeição de parcialidade do juiz quando ele está interessado no julgamento da causa em favor de uma das partes. Nunca vi um caso deste tipo. E decisões como essa não são positivas para a imagem do Judiciário."(...)"

Juiz que suspendeu posse de Lula votou em Aécio e participou de protestos por impeachment: ‘Não afetou decisão’



http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/03/160317_salasocial_catta_preta_facebook_cc_np

"Para Jessé de Souza, “desde então o Brasil é palco de uma disputa entre esses dois projetos: o sonho de um país grande e pujante para a maioria; e a realidade de uma elite da rapina que quer drenar o trabalho de todos e saquear as riquezas do país para o bolso de meia dúzia”.
Jessé Souza: O golpe, “produto da mídia servil à elite da rapina”

Primeiro: jamais houve elite neste país. O que temos aqui não passa de uma classe dominante que, por preguiça intelectual, volta e meia é chamada de elite – conceito que, em qualquer país, diz respeito a um extrato social que avoca para si a responsabilidade de traçar o destino da sua nação e fazê-lo cumprir. Nunca houve nada assim no Brasil, lugar em que os horizontes da classe dominante não passam da acumulação predatória e do consumo ostentatório.

Rubens Naveira: a eleite brasileira suicida-se
""O silêncio de Celso é sintomático e expressa a mentira e a fraude mais importante para que o golpe tenha acontecido e esteja hoje realizando a maior regressão histórica em todas as dimensões da vida que este pais jamais viu: a negação do papel da mídia como partido político das elites internas e externas que se uniram para rapina da riqueza de todos em favor de meia dúzia.
Jessé Souza: Classe média foi enganada pela mídia que fez o "trabalho sujo" do golpe, diz Jessé Souza
"Quando, enfim, os bacharéis mais reacionários ocuparam o poder com os militares, coube-lhes encontrar as fórmulas jurídicas para defender o estupro do Estado de Direito. Totalitários por sua natureza, Carlos Medeiros da Silva e Francisco Campos, antigo fundador da corporação fascista ¿Legião de Outubro¿, e redator solitário da Constituição de 1937, redigiram o Ato Institucional, em que se valiam do argumento absoluto da força. Em sua visão do Direito, a Revolução (na verdade apenas um golpe militar clássico) se legitimava por si mesma, ou seja, pela sua vitória sem combate. Outros juristas, como Gama e Silva e Alfredo Buzaid dariam seu aval à Ditadura. Esses fatos servem para realçar a corajosa resistência democrática de tantos outros grandes advogados, alguns até mesmo de origem oligárquica, como Victor Nunes Leal e Evandro Lins e Silva, perseguidos sistematicamente pelo Poder. A partir de certo momento, os advogados, em sua maioria, decidiram partir para a resistência. A bomba contra a OAB atesta essa bravura.

Mauro Santayana sobre a Máfia dos Bacharéis: Os outros nomes da UDN

Outros casos de violência judicial
"Há alguns anos, esta canção de Milton Nascimento recuperou seu título original de Saudades dos aviões da Panair. Na época em que foi lançada por Elis Regina, em 1974, os autores tiveram receio de falar em Panair e em suas saudades da empresa logo no título da canção. Então, ela foi rebatizada para Conversando no Bar. Afinal, era proibido sentir saudades da enorme e respeitada empresa que, por ação dos militares, foi desmontada sem maiores explicações nos primeiros meses do Golpe de 1964. Num país pobre e quase desindustrializado, a existência da Panair do Brasil S. A. era motivo de orgulho nacional.


O caso Panair


http://www.sul21.com.br/jornal/o-caso-panair-o-esquecimento-de-que-a-ditadura-fazia-mais-que-torturar/

"(...) Fica claro, portanto, que quem trouxe dona Marisa ao depoimento foram o juiz e o MP, que Lula usou o nome da ex-mulher em respostas, e que ele não disse nada diferente do que já havia dito no primeiro depoimento, quando dona Marisa ainda estava viva.
A narrativa de que Lula culpou a ex-mulher diante de Moro é cínica e covarde, e usar uma mentira para criar capa de revista e campanha publicitária é moralmente indecente.
Mas, mais do que isso, é apenas uma desesperada tentativa de alienar a opinião pública, sedenta por sentenças, e, com isso, tentar fazer com que ela não enxergue a completa falta de provas para condenar Lula pelo triplex do Guarujá.
Fica a impressão de que a tentativa de colar em Lula o selo de bandido não está sendo útil porque, primeiro, as provas para condená-lo são fracas e, enquanto isso, ele cresce nas pesquisas. O plano B parece ser tentar colar nele o selo de covarde e ver se, com o novo selo, Lula perde força política.
É um jogo sórdido. É perseguição. É triste e nojento. Mas é o que estão nos oferecendo. O antídoto é perder tempo lendo e recorrendo à informações de qualidade e, com isso, tentar enxergar a verdade.
Saiba mais

A falsa narrativa de que Lula culpou Dona Marisa

https://blogdamilly.com/2017/05/14/a-falsa-narrativa-de-que-lula-culpou-dona-marisa/

Os abusos do juiz Ricardo Leite, do DF

Funcionários do BNDES denunciam abusos contra o juiz

http://jornalggn.com.br/noticia/o-manifesto-dos-funcionarios-do-bndes-contra-o-juiz-ricardo-leite


UOL desmascara juiz que fechou Instituto Lula

http://www.ocafezinho.com/2017/05/10/uol-desmascara-juiz-que-tornou-lula-reu-e-fechou-instituto-lula/

Miguel do Rosário: Lula e o Frankstein judicial

http://www.ocafezinho.com/2017/05/15/lula-x-moro-o-embate-entre-o-homem-e-o-estado/

A destruição de um pais pela Lava Jato e o golpe de Estado

http://www.ocafezinho.com/2017/03/29/lava-jato-e-golpe-produziram-o-maior-desastre-economico-da-historia-brasileira

Video Destruição a Jato

https://www.youtube.com/watch?v=o_c_-9uso4c

Links para as imagens

Moro e Temer: Outra foto que entra para a história

https://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/moro-e-temer-outra-foto-para-a-historia

Moro e Aécio: uma foto para a história


https://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/moro-e-aecio-uma-foto-para-a-historia

Moro e Temer: Outra foto que entra para a história

https://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/moro-e-temer-outra-foto-para-a-historia


DCM

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-pergunta-a-moro-sobre-a-foto-com-aecio-feita-por-um-site-alemao-mostra-o-quanto-a-imprensa-brasileira-e-pequena-por-paulo-nogueira/sergio-moro-aecio-neves-michel-temer-foto-premiacao-revista-istoe-1024x616/

Nassif: Xadrez dos processos de Moscou e de Curitiba




Nassif: a participação dos EUA no golpe de Estado
https://www.youtube.com/watch?v=FpoYVh-arvY

Cronologia do golpe, até 4/5/17

Os fatos são ruins em saparado. Mas olha só o que acontece quando colocamos todos juntos
2007 - Descoberta do pré-sal, estimada em 20 trilhões de reais
2008 - Maior crise da história do capitalismo, prejuízo de 22 trilhões de dólares
2009 - começo obscuro e desconhecido da lava a jato
2010 - Crise do Euro
2009-2012 - discussões e votação do marco do pré-sal totalmente nacional e verba para educação
2012/out - Dilma usa bancos públicos (BB e Caixa) para forçar a queda da taxa de juros que chega ao recorde de baixa de 7,25%
2012-2013 - Espionagem da NSA sobre a presidenta e os principais diretores da petrobras
2013 - passeatas contra o "governo" fazem cair a aprovação de dilma de 80% para 40%
2014/mar - primeira fase da lava a jato.
2014/out - Reeleição Dilma
2014/nov - criação do MBL
2014-2015 - congresso paralisa, empresários param de investir, mídia ventila a narrativa da crise
2015/set - PEC da bengala previne dilma de indicar novo membro para o STF
2016 - lava a jato ataca o núcleo do partido no poder
2016 - impeachment de Dilma, STF se cala
2017 - morte de teori zavascki/indicação de tucano para o STF, mudança no marco regulatório do pre-sal, fim da previdência, das leis trabalhistas, da educação universal e do SUS
2017 - comandante militar moderado sofre com problemas de saúde e sinaliza que vai se afastar. Linha dura cotada para assumir
2017/maio - Projeto de lei adiando eleições (possivelmente) para 2020
2017/maio - exercicios militares "conjuntos" Brasil EUA na amazônia.
2017/abril-maio - prisões de manifestantes pelo brasil afora, chacinas de índios, ataque a lideranças sindicais
Entendeu?
Edit 1: claro que esta faltando muita coisa. No livro "Historiadores pela Democracia" a professora Beatriz Mamigonian elaborou uma cronologia mais aprofundada do golpe.

Spin José Carlos Lima Não localizei seu post sobre a cronologia do golpe...eu ia postar um video que está aqui...sobre o WikiLeaks e os documentos dandon-os conta que no longiquo 2007 os EUA já se preocupavam com a ousadia de Lula na area do desenvolvimento, geopolitica, defesa...https://josecarloslima.blogspot.com.br/.../por-um...

Nóis é jeca mais é jóia...ou: cenas da cooptação sic…
JOSECARLOSLIMA.BLOGSPOT.COM
Spin José Carlos Lima ...cont...e no ainda mais longinquo 2004, já sob o governo Lula, o Moro publicou o paper onde traçou os planos da Lava Jato, com papel para a midia bem como destruição da industria nacional sob a pecha de desnacionalização....acho que o Moro foi alçado pela cooperaçao sic cooptação americana há bastante tempo, nesse interim se prerparou nos euahttp://jornalggn.com.br/.../como-a-lava-jato-foi-pensada...

O vazamento torrencial de depoimentos, a marcação…
JORNALGGN.COM.BR

Nenhum comentário:

A História do SPIN