10/02/2011

Spin misantropo ou O gato que se ocultou no topo da árvore

O gato se escondeu no topo desta árvore, de tão alto ficou invisível    
                                        
A respeito de quem se esconde no topo de uma árvore para fugir da sociedade, dos insuportáveis códigos sociais
Só que não se trata de gente e sim de um gato
Era esta a obra que ia inscrever no I Salão de Arte Contemporânea do Centro Oeste, leia-se Carlos Sena.
Carlos Sena, não sei se você vai entender esta novela.
Não vou me inscrever no Salão, é que perdi a obra que ia apresentar
Não sei se dá prá explicar neste email, vou tentar, é muito longa, envolve a história de um gato no final
Eu sabia que aquele gato estava me avisando, cuidado com a sociedade, fuja
Eu deveria ter captado a interpretação daquele gato, eu sei que ele morreu, ainda não voltei ao local para saber do resultado
Explico

Neste fim de semana saí para dar umas voltas quando deparei com um gato no alto de uma árvore, no Parque Mutirama, tentantos de tudo para salvá-lo, ele estava numa altura equivalete ao sétimo andar de um prédio, se pulasse morreria, o Corpo de Bombeiros não nos atendeu, apenas informou que quando o gato sentisse fome desceria, mentira, com fome ele não desceria, ele estava com medo de descer,  jogamos paus e pedras para ele descer e subiu mais ainda e ficou num ponto tão alto daquela árvore que o perdemos de vista, sei que ele morreu, começou a ventar, é bem provável que o vento o tenha derrubado, e se chovesse, gato detesta água, devo ter espírito felino, também detesto
Mas não é isso, o que quero falar é da minha obra que foi deletada, segue post que publiquei no spin ñ sei o q:

Gato com medo

Tenho um blog infantil, não porque ele seja dirigido aos menores de 18 anos e sim porque lá nem sempre posso dizer coisas eróticas ou adultas, de forma que estou no seguinte dilema: como manter ativo o blog por lá se estou aqui
Há dias debato-me sobre esta coisa do esconder-se, o sinal veio através de um gato, spin felino, animal, foi assim
Nesta tarde de domingo, um amigo passou aqui em casa para almoçarmos, pedi para ele deixar-me na região central, de onde dirigir-me para o Parque Mutirama onde deitei-me num banco
Estava uma delícia ali, a sós, olhando para as árvores, uma palmeira abraçada ao tronco, quando vi um gato acoado

Não está bom este este texto
Na verdade quero contar a história de um gato que subiu numa árvore, talvez o medo o tenha levado a fazer isso, ele ficou lá no alto e não deu conta de descer, mas estava lá, tranquilo com que protegido
Como protegido se estava sem alimentar-se, era tão alto, se ele pulasse se espatifaria no chão, jogamos alguns objetos em direção ao bicho para que ele descesse e, ao invés de descer, subiu mais ainda e, de tão alto, o perdemos de vista
Não sei o que aconteceu o bichano, mais tarde retornarei ao local e darei notícias
......
Levei um susto agora, veja só, no cartão do celular haviam mais de 100 mil registros dentre imagens e vídeos
Perdi tudo, explico
Anteontem ao sair do trabalho passei numa lan house para colocar o material num DVD, cometi o grave erro de mandar o funcionário deletar o conteúdo do cartão de memória sem conferir se tudo que estava ali foi salvo
Resultado: ao olhar agora o DVD havia apenas 16 imagens, o funcionário entendeu que era para ele salvar apenas as imagens da história do gato, falei mil vezes para ele que era tudo,
Falei uma coisa e ele enntendeu ou escutou outra, filho! nada disso que você fez foi o que pedi
Na verdade apenas pedi para que exibisses as fotografias que eu havia tirado do gato, apenas quis ver como estavam as imagens, visto que é complicado fotografar com celular, o que não significa que o restante do material era para ser deletado,
Tanta pressa desta garotada, como eles são rápidos, sentem-se super-eficiente no que fazem, geralmente o resultado é péssimo, desculpe-me se estou tendo preconceito contra essa molekada, mas a verdade é que quando a gente pede para eles fazerem uma coisa no computador os dedinhos deles são tão rápidos que você não dá conta de acompanhar, fazem  tudo numa questão de segundos e, claro,  geralmente o resultado é sempre trágico, como ocorreu agora, e o pior é que já passei por outras situações iguais, sei que eles são assim, eu já deveria saber disso há muito tempo, claro, a ficha não cai
um desastre total, tenho minha parte de culpa, eu não poderia ter sido tão relapso no trato com meu trabalho, eu não poderia ter confiado
Confiei no moleke, dancei
Incrível
,
Vamos ao que restou, ah, agora me lembro, até o vídeo de uma obra que era para ser inscrita no concurso do Salão do Centro-Oeste, promovido pelo Centro Cultural da UFG, se foi
Aquele moleque me paga

..
Como pode uma pessoa deletar um acervo inteiro sem ao menos perguntar se é isso mesmo
Fui
,,

Aquele moleke me paga

Esse gato me lembrou aquele moleke apressado, morrendo de vontade de ir embora, deletou meu cartão de memória assim na maior, sem o menor sentimento de culpa, vou lá agora mesmo,
Não estou nem acreditando, a obra que eu ia inscrever no Salão, vê se pode
Perdi o link ai do gif,
Achei,  é do orkut Dorian Gray http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16264347217441194360

Nenhum comentário:

A História do SPIN