06/01/2009

As coisas vísíveis ardem, ferem, queimam

Cabe a mim, a nós, entendermos o sentido da invisibilidade das coisas, a compreensão do motivo pelo qual uma coisa que momentos atrás apresentou-se visívelmente ardente, dissipou-se, dissolveu-se, transformou-se
Como é possível a transformação de um vídeo sem que eu o tenha alterado?
A resposta para estas dúvidas é sempre esta "Eu não tenho consciência, eu sou sou a consciência" (ou: Eu não penso, eu sinto)
Esta frase aspada foi-me dita quando diante de luzes no céu, isto que chamamamos ovnis, quis saber o que era e me foi dito que era isso = consciência
http://www.josecarloslima62.blogspot.com/
http://www.josecarloslima61.blogspot.com/
isso
.

Nenhum comentário:

A História do SPIN