27/02/2010

26/70 Fora do M.A.R.

Por LuDiasBh - no blog do Luis Nassif

NASSA

Peço o seu apoio nesta campanha.

Abraços,

lu

URGENTE: UGANDA QUER APROVAR PENA DE MORTE PARA GAYS E SIMPATIZANTES

Caros amigos e leitores

Quando pensamos que a crueldade no mundo não possui mais o que mostrar, deparamo-nos com leis, que nos levam ao tempo da Inquisição, à Idade das Trevas.

O governo ugandense, composto por extremistas, tem uma proposta de lei que leva os gays à execução sumária (pena de morte) e os “cúmplices” (quem se postar ao lado deles) à prisão.

Vários humanistas, nas mais diferentes partes do mundo, estão lutando para levantar o maior número possível de apoio à causa, que é derrubar tal proposta de lei. Em duas semanas, quase meio milhão de pessoas já assinaram a petição encaminhada (ver abaixo e assinar).

Se aprovada, tal lei levará a execuções em massa, banhando o país numa carnificina jamais vista. E, se estenderá por todos os países da África (governados por extremistas islâmicos), como num efeito dominó.

O próprio movimento humanitário ugandense, que se colocou contra essa lei e, por isso, já se encontra na mira das execuções e prisões.

Por mais que a homofobia esteja presente em Uganda, tanto quanto em qualquer outro país, a noção de direitos humanos básicos também está, e esta lei é, originalmente, uma afronta aos direitos humanos.

A noção de que todos nós somos iguais, independente da nacionalidade, religião ou orientação sexual está no centro do argumento da oposição a essa lei. É isso que vem motivando milhares de pessoas a apoiarem esta campanha. A petição já foi enviada a governos doadores e será apresentada ao parlamento da Uganda na semana que vem. A campanha uniu líderes religiosos, grupos gays e militantes de direitos humanos na Uganda e em todo o mundo, para lutarem por justiça. Agora une os homens e mulheres de boa vontade em todo o mundo. Seja você um deles.

Os ugandenses, na linha de frente, estão fazendo tudo que podem. Nosso apoio — recursos que nos custam tão pouco — podem fazer toda a diferença para eles.

Doe, ainda que seja uma pequena quantia. Ela fará a diferença tanto hoje, como no futuro da humanidade.

Se nós ajudarmos, será possível lançar campanhas de rádio, anúncios de jornal e campanhas de outdoors, para mostrar a milhões de ugandenses a verdade e sensibilizá-los, para a necessidade de proteger os direitos humanos.

Além de assinar a lista de apoio ao movimento (ver abaixo), faça, também, uma doação, pelos direitos humanos na Uganda. Vamos fazer uma corrente pela vida. Repassem este artigo a seus parentes e amigos. Acompanhe o andamento dos fatos no blog http://www.almacarioca.net

Vamos tornar a causa deles nossa, também.

Com esperança,

LuDiasBH (e todos os que se juntaram na campanha)

Se você ainda não assinou a petição contra esta lei, clique no link:

http://www.avaaz.org/po/uganda_rights/?fr

Leia mais, clique no link:

http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/02/26/homofobia-em-uganda/


Logo abaixo, após spin, textos, arte, literatura, contemporânea, clique em Marte2010

Nenhum comentário:

A História do SPIN