24/09/2016

Goiânia se torna uma Cidade Dadaísta

A cidade viverá um verdadeiro arrastão cultural com shows musicais, saraus, conferências, debates, mostra de cinema, oficinas, exposições, manifestos, apresentações artísticas e festas.
Enviado por Spin do Rio Meia Ponte
da UFG
Um verdadeiro arrastão cultural com shows musicais, saraus, conferências, debates, mostra de cinema, oficinas, exposições, manifestos, apresentações artísticas e festas. É o que promete o DADASpring que acontece em Goiânia de 24 de setembro a 01 de outubro de 2016 Goiânia com entrada gratuita.
O evento ínédito, que celebra o centenário do Dadaísmo, coloca a cidade num patamar cultural nada modesto: Goiânia passa a ser oficialmente a sede brasileira do Dadaísmo com direito a placa do Cabaret Voltaire, de Zurique. A capital goiana é a única cidade brasileira a integrar a agenda internacional do DADA 100th Anniversary, organizado pela Associação DADA100, que reúne o Cabaret Voltaire e outras instituições suíças.
A programação acontecerá em vários endereços da cidade: o Cabaret Voltaire Goiânia; Praça Universitária e Praça Cívica; o Lago das Rosas; Espaços da Universidade Federal de Goiás (UFG), como a Galeria da Faculdade de Artes Visuais (FAV), a Escola de Músicas de Artes Cênicas (EMAC), o Centro Cultural da UFG e sua galeria, o Cine UFG e a Faculdade de Letras.
O próprio Adrian Notz, diretor do Cabaret Voltaire Zurique, virá ao evento, além de nomes como Zé Celso Martinez, do Teatro Oficina (RJ), Bia Medeiros, coordenadora do Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos (DF), Alex Hamburguer, artista visual e performático (RJ), Marta Soares (SP), premiada pesquisadora, dançarina e coreógrafa de obras performáticas, Wagner Barja (DF), artista plástico e poeta visual. 
DADA ON TOUR 
Da Suíça vem o projeto chamado DADA On Tour, que é trazido pelo próprio Adrian Notz, diretor do Cabaret Voltaire Zurique. Trata-se de uma tenda de lona e tecido, que circulará por espaços públicos e apresentará textos, vídeos e imagens representantes do Movimento Dadaísta original, e ainda performances de artistas convidados. Esta tenda já circulou por locais como Singapura, Hong Kong, Aarau e Rio de Janeiro. Adrian também participará de uma mesa-redonda e acompanhará toda a programação do DADA Spring. A tenda Dada On Tour percorrerá vários pontos da cidade com várias apresentações artísticas.
Dadaísmo
A Primeira Grande Guerra estava em curso. A batalha ocupava um contexto de desenvolvimento tecnológico e armamentista. Nesse tempo surgia o avião. O cinema. O rádio. Paris era o centro do universo cultural e artístico. E a guerra transformou a forma de pensar e de agir de uma classe que costuma deixar marcas profundas na história: artistas e pensadores se exilaram e se transformaram em tradutores deste instante desvairado. Contra tudo que até ali havia sido motivo daquela guerra, surgem os dadaístas. Precursores do movimento mais incoerentemente salubre e sensato de uma época de apinhados conflitos morais e éticos. O refúgio para estes exilados desertores foi a inabalável Zurique, capital da Suíça. Críticos a toda crueza do ser humano, os dadaístas eram niilistas caóticos, loucos irreverentes, gênios indomáveis. Para anunciar o Cabaret Voltaire, uma chamada foi publicada nos jornais de Zurique, conclamando artistas à procura de um novo palco. Era fevereiro de 1916. Não havia um formato definido para nada. O DADA jamais se pretendeu como linguagem. Sua tratativa era como movimento. Inclusive um movimento de autodestruição. O ritual era sua essência. O resultado era ocasional. Quando as massas quiseram transforma-lo em objeto de consumo, dissipou-se. Acha-se que em 1922. Mas deixou descendentes: Surrealismo, Arte Conceitual/Arte concreta, Pop Art, Expressionismo Abstrato, todos são espécimes mais ou menos inquietas, que tiveram suas origens naquela revolta de nome simbolicamente infantil. O nome DADA não quis dizer nada. Parecia uma piada, uma irônia, uma libertação. Ainda assim, discursou sobre tudo, sem meias palavras (ou nenhuma palavra), e definiu novos rumos para o olhar ocidental.
Cabaret Voltaire Goiânia
Oficinas, festas, shows e saraus acontecerão no Cabaret Voltaire Goiânia. O espaço, sede do grupo EmpreZa, receberá de Adrian Notz a placa oficial do Cabaret Voltaire Zurique, sendo consagrado como sede oficial do Dadá no Brasil. Segundo os organizadores, ao ser apresentado ao nosso Cabaret, onde já se realizam sarais performáticos, e onde já se trabalha com a participação de artistas e públicos das mais diversas origens e linguagens, o suíço demonstrou o desejo de vincular as histórias desses dois lugares, deixando uma marca oficial do Dada no Brasil.
De acordo com Adrian Notz, a conexão do grupo Empreza com o movimento dadaísta não poderia ser melhor. “Pela constituição na forma de um coletivo de artistas, que atuam a partir da performance arte, happenings e ações de intervenção em espaços públicos, operando um imaginário provocativo e crítico às mais diversas questões da arte, cultura e sociedade, o Grupo EmpreZa traz consigo uma força ética, política e estética que os aproxima intimamente dos artistas e dos manifestos do movimento dadaísta”, comenta o diretor.
O Cabaret Voltaire Goiânia nasceu em 2002, durante o encontro promovido pela Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC) junto à Universidade Federal de Goiás. Para o evento várias propostas de atrações artísticas foram recusadas. Foi então que Babidu, artista visual, membro integrante do Grupo EmpreZa, produtor cultural e arte-educador decidiu abrir a sua casa como um espaço paralelo de convivência, atraindo para ele as atividades culturais que não poderiam participar da programação oficial da SBPC.

SERVIÇO:
Evento: DADA Spring
Evento que celebra os 100 anos do Dadaísmo no mundo e a consagração de Goiânia como capital do Dadaísmo no Brasil – Recebimento da placa do Cabaret Voltaire Zurique no Cabaret Voltaire Goiânia
Goiânia/GO – 24 de setembro a 01 de outubro (sábado a sábado)
(programação completa em www.dadaspringbrasil.com.br
INGRESSOS: Todos os eventos têm ENTRADA FRANCA com retirada antecipada de ingressos.
Informações sobre ingressos: Balaio Produções - 62 3070 6574
www.dadaspringbrasil.com.br | Facebook: dadaspringbrasil
Onde acontecem eventos:
Cabaret Voltaire Goiânia (R. R8, Qd. 51, Lt. 07, Cj. Itatiaia – Tel.: 62 3205 1997)
Faculdade de Artes Visuais da UFG (Campus Samambaia)
Escola de Música e Artes Cênicas da UFG (Campus Samambaia)
Cine UFG (Faculdade de Letras da UFG – Campus Samambaia)
Centro Cultural da UFG (Av. Universitária, 1533, St. Universitário – tel.: 3209 6251
Praça Universitária – Setor Universitário, Goiânia
Praça Cívica – Centro, Goiânia

http://jornalggn.com.br/blog/lima-do-rio-balsas/goiania-cidade-dada


Nenhum comentário:

A História do SPIN