25/08/2009

O racismo da polícia de SP

O que está acontecendo com a polícia de SP?
Há uma orientação para que ela aja de forma racista?
Além da polícia, os seguranças não ficam atrás, pois dias atrás um rapaz negro foi humilhado no estacionamento do Carrefour por estar com um carro.
Como pode um negro ter carro?
Só poderia ser ladrão.
Esclarecida a situação, o cidadão foi liberado.
Clique aqui e saiba mais sobre o assunto.

Ontem um office boy, negro, do jornal Valor, foi detido e levado pela PM para a delegacia para explicar-se.
Motivo da prisão: ele seria muito parecido com um assaltante.
Esclarecida a situação, o jovem foi liberado após a sessão de humilhação.
Para saber mais sobre este caso clique aqui

Quero parabenizar o Nassif por tocar neste assunto assim, de forma tão real, ele(Nassif) que presenciou ontem uma vitima desta falta de cidadania a que todos nós temos direito, independentemente da cor, orientação sexual, classe socia, etc

Em Goiânia, cidade onde moro e da qual estou ausente por estar de férias, também é assim.

Lá os jovens negros não podem andar à vontade pelos ruas centrais, pois a todo momento são revistados pela PM, inclusive vi a polícia mandar para ônibus e em seguida, de forma seletiva, mandar sair os que são negros para, fora do ônibus, serem “saculejados” mediante o olhar curioso dos transeuntes.

Isto é muito sério, precisamos aprofundar estes assunto.

Clique aqui e veja um interessante registro de Luis Nassif sobre este assunto, inclusive foto.

Que bom se os twitterios do Fora Sarney encampassem uma luta contra o racismo da polícia de SP. Olá gente, vamos nessa? Entendam esta minha pegação no pé de vocês. É que não sou bobo para não perceber o que e quem está por detrás de vosso movimento, seus reais interesses. Por qual motivo vocês ficam em silêncio quando as questões são outras, como por exemplo a reforma agrária , o racismo, o golpe em Honduras? Joguem limpo limpo e contem comigo.

Atualização

A PM de SP solta bombas sobre moradores pobres. Na reportagem a Globo, claro, não citou o nome de Kassab nem o de Serra. Para saber mais sobre o assunto clique aqui

Nenhum comentário:

A História do SPIN