17/12/2009

Idéia Sem Freios (A História de Idéia - I, 4/70)

.
Você acha mesmo que o Brasil poderá continuar assim, com Idéia Sem Freios pintando e bordando, como fizeram, por exemplo, com os donos da Escola Base
Você nunca foi vítima de um(a) amalucado(a) Idéia Sem Freios?
(Pessoa física, jurídica ou animal, se bem que os animais devem ser perdoados, pois que não sabem o que fazem, sim, eles (os animais) nunca podem dizer "agora sei", o que não é o nosso caso)
Nunca fostes vítima de Idéia Sem Freios?
Nem queira.
Imagina só os prejuizos materiais e morais que são causados por estas pessoas que dão na telha de fazer tudo.
Pintam e bordam sem estarem nem aí para rédeas, freios, limites.
É assim que tem sido a imprensa por estas bandas de cá.
A Constituição Federal de 1988 aprovou a criação de um Conselho Nacional de Comunicação, no entanto o baronato da mídia nunca permitiu.
Isto agora é possível, a Conferência Nacional da Comunicação (Confecom) aprovou uma resolução neste sentido.
É claro que o latifúndio da mídia colará em campo suas hienas de sempre, como por exemplo, Arnaldo Jabor, para bradar "isso é chavismo!"
Sim, ouviremos sem parar cantilena de sempre.
E daí?
Desde quando a democracia, a liberdade e a justiça social foram conseguidas sem luta, mas apenas como favor dos senhoria da Casa Grande?
O que não dá é para a sermos um país de primeiro mundo com nossos meios de comunicação continuem praticando um noticiário de terceira categoria.
A conferir, na postagem abaixo, os estragos feitos por Idéia Sem Freios:

Caminhão sem freios destrói parte de casa em SC

Veículo desgovernado desceu ladeira por cerca de 100 metros até atingir imóvel.
Casal estava na residência, mas ninguém ficou ferido.
Um caminhão sem freios bateu e destruiu parcialmente uma residência em Tubarão, em Santa Catarina, na manhã desta quarta-feira (16). O acidente não deixou feridos.





O motorista havia estacionado o veículo, que pertence à prefeitura, em frente a um mercado. Porém, o caminhão desceu desgovernado a ladeira por cerca de 100 metros até atingir a casa de estilo colonial, construída há mais de 60 anos.

A colisão derrubou a parede do quarto onde estava Sônia de Farias, de 35 anos. A moradora olhava pela janela quando percebeu que o caminhão seguia em direção ao imóvel. “Só tive tempo de correr e a parede da casa caiu”, disse Sônia.

O marido Ivolir Guarezi, de 42 anos, estava no porão da residência no momento do acidente. “Ainda bem que estava vazio. Com a carga, o caminhão ficaria mais pesado e teria destruído toda a casa”, disse o morador.

(*Com informações do Diário Catarinense)

FONTE: G1, a respeito de Idéia Sem Freios

.

Nenhum comentário:

A História do SPIN