12/07/2011

Arte em processo (Nave_nave)

Fiquei por deveras impressionado com os vídeos da postagem anterior, dizem meus botões que o nosso Planeta Ferro Velho caminha para transformar-se numa realidade catatosférica, na qual seremos teleguiados. Se bem que já é assim, hoje as pessoas pensam ou oham ou são a partir de contéudos que vêem no CQC,  Gugu Liberato, Faustão, RR Soares, Edir Macedo...aff, que Sr."admirável mundo novo!!!"

Ops, esqueci de um sonho ou visão em estado de vigília, não me lembro ao certo, onde palavras de um texto foram riscadas, isto em sinal de retificação, como ontem, em "Deus.......Integral Perfeito"

Simplesmente não me lembro do que foi riscado nesta noite. Antes, em estado de sono,  eu havia sonhado com uma obra de arte que consistia em aprisonar lixo ou comida ou alimento ou tomates no interior de caixas acrílico dispostas em formato de cruz.
(   ) Dar visualidade a este sonho.

Lembrete: dirigir-se ao local do sonho desta noite, a 9a. Avenida, na Vila Nova,  em todos os sonhos estávamos em tal endereço,
(   ) Catarse social, medo, códigos 1, 2 e 3...

Retificação na  imagem que ilustra esta postagem:

As naves, exatamente iguais, eram mais alongadas na frente e com a frente rebaixada
 Clique na imagem para ampliar

Como se vê, fiz uma leve mas importante correção na imagem acima que, por causa de lembranças do passado presentes, levei a fazer uma imagem que não conferia

Agora sim,  afinal de estas coisas se destinam ao Poder Curador mas, antes de tudo, para meu próprio deleite

Em construção,
Fui


Em tempo: esqueci do Silas MALAfaia, outra anta que faz a cabeça dos desavisados, ah, mas são tantos, eta nóis. A este respeito:




Isso também



Fazendo um spin na rede

Opera Mundi: Bem feito! A morte de um indivíduo, no caso pessoas jurídica, o jornal inglês News of the World "(...) A última capa do auto-intitulado "maior jornal do mundo" levou uma mensagem curta e melancólica aos leitores: "Adeus e Obrigado’". Com cerca de cinco milhões de cópias impressas, quase o dobro do normal, o tablóide britânico News of the World foi para as bancas neste domingo (10/07) com as datas de nascimento e de morte da publicação: 1843-2011. Após 168 anos, o jornal semanal em língua inglesa mais vendido no planeta foi tirado de circulação em consequência de sucessivas denúncias de uso de grampos telefônicos ilegais por funcionários e detetives particulares a serviço do veículo.(...)"

Luis Carlos Azenha, em seu blog: Médica é condenada a indenizar vítima de racismo em R$ 10 mil

Miguel do Rosário: O melancólico PNBL

Eduardo Guimarães, em seu blog: Respuesta al corresponsal de El País en Brasil



O jornal O Globo publicou artigo insultuoso ao Brasil de autoria do correspondente do diário espanhol El País Juan Arias. O correspondente pergunta por que o povo brasileiro não inicia um “movimento dos indignados” similar ao que eclodiu em seu país natal e que se alastrou pelo Oriente Médio, defenestrando, por exemplo, o ditador egípcio Hosni Mubarak.
Uma frase desse indivíduo ilustra a dimensão do insulto alegremente acolhido pelo jornal “brasileiro” no artigo em tela: “Será que os brasileiros não sabem reagir à hipocrisia e à falta de ética de muitos dos que os governam?
Arias é reincidente, ao menos na visão deste blog. Em janeiro, publicou-se, aqui, uma série de posts decorrentes de ligação telefônica que este blogueiro fez à Espanha para protestar contra a intrusão de um jornalista estrangeiro em questões político-partidárias brasileiras. Arias se mostrou, então, bem ao gosto do Partido da Imprensa Golpista que infesta este país.
Para conhecer os antecedentes de Arias, clique aqui, aqui e aqui.

Nota deste editor: Texto na íntegra  aqui

Em tempo: sobre a imagem no alto deste post,,,....achei por acaso, ao pesquisar imagem com a palavra chapé,,,,...achei a imagem na qual fiz a intervenção, no blog  Casa do Conhecimento

Pesquei o video abaixo no blog do Antônio Ateu, no portal Brasilianas.Org

Ficha Youtube: Um mistério está intrigando moradores de Mossoró (RN). O corpo de um menino de 11 anos atrai metais como se fosse um ímã. Foi de uma hora para a outra que Paulo David Amorim descobriu que seu corpo atrai metais de diferentes tamanhos.
Tudo começou quando o pai do menino tomou conhecimento de que um garoto atraía metais na Croácia. Ele, então, decidiu fazer um teste com o próprio filho.
saiba mais
'Menino ímã' vira atração em cidade croata
'Menino ímã' é capaz de transportar até 25 kg de metais presos ao corpo
"Eu pedi para ele pegar um talher, ele trouxe um garfo e uma faca. Eu coloquei na barriga dele e no peito, e para a minha surpresa, aderiu. Eu não esperava que acontecesse, eu queria colocar por curiosidade, mas eu fiquei impressionado", disse o economista Júnior Amorim.
O pai fez uma demonstração e aos poucos a barriga do garoto de 11 anos ficou cheio de metais. O inusitado poder de atrair metais já rendeu até um apelido na pequena cidade de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, onde ele mora: o menino ímã. "Na escola todo mundo fica pedindo para eu botar as coisas no corpo, perguntando qual é o truque. Não tem truque", disse o estudante Paulo David Amorim.
Depois de testar objetos pequenos, uma panela de inox foi colocada no peito do garoto, que também ficou grudada. Essa semana, a família descobriu que as costas do menino também atraem metais. "É como se tivesse puxando pra dentro. Nas costas não é diferente, eu sinto cócegas", disse o garoto.
O médico Dix-Sept Rosado Sobrinho, que tem mais de 30 anos de profissão, disse que nunca viu algo parecido. "A gente pode explicar e dizer que não há na medicina muitos relatos. É uma adesividade, sim, mas a gente vê como uma coisa normal."


21:00 - "Se dependesse da Globo, eu estaria morta"
Por Maria Luisa de Melo, no Jornal do Brasil:

“Se dependesse da TV Globo, eu estaria morta”. A declaração da jornalista Cristina Guimarães – vencedora do Prêmio Esso em 2001, junto com Tim Lopes, pela série ‘Feira das drogas’ – promete causar polêmica e agitar os bastidores do caso que ficou conhecido em todo o país. De volta ao Brasil após passar oito anos se escondendo de traficantes da Rocinha, que ameaçavam matá-la depois de reportagem veiculada no Jornal Nacional, ela conta em livro como a TV Globo lhe virou as costas e garante que o jornalista poderia estar vivo se a emissora tivesse dado atenção às ameaças recebidas.

De acordo com Cristina, sete meses antes de Tim ser morto por traficantes do Complexo do Alemão, ela entrou com uma ação judicial de rescisão indireta, na qual reclamava da falta de segurança para jornalistas da emissora. As denúncias integram o livro que está sendo escrito por Cristina e deve ser lançado nos Estados Unidos, no início do próximo ano. A obra, segundo a jornalista e publicitária, também deve virar filme.

“Não dava para escrever meu livro no Brasil. Aqui a Globo ainda tem uma influência muito forte e a obra poderia ser abafada de alguma maneira. Com o apoio do governo americano, fica mais fácil lançar nos EUA”, pondera. Continue lendo

Nenhum comentário:

A História do SPIN