04/09/2009

kkkkkkkkkkkkkkkkk - 2/70 (I)

Hoje havia decidido não escrever uma linha
Ocorre que sorri
E quando sorrio a escrita é inevitável
Sorrio de mim mesmo
kkkkkkkkkkkkkkkk
Esta sensação de liberdade
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Não posso censurar a mim mesmo
Você é carrasco de si?
Vi muito isso no sul do Maranhão
Pessoas se contendo ao máximo, as câmeras de vigilância por todos os lugares
Você é carrasco de si mesmo(a)
Grande bosta
E quando morreres deixarás o que para a cidade-estado onde moras?
Apenas ossos no cemitério ou teu aFEto

Nenhum comentário:

A História do SPIN