25/10/2010

#globomente não pára de mentir

O Fantastico/Globo desta noite noticiou as duas carreatas, sendo que, na do Serra, truque de a impressaõ de que havia 1 milhao de pessoas na do tucano e, na da Dilma apenas o pobre de um ciclista perdido num lote baldio

Um escandalo a Globo, por sinal concessionaria de serviço publico e, portanto, obrigada a ser imparcial e apartidaria e prestar serviço de qualidade, no caso jornalismo, o que implica em ater-se aos fatos, sem manipulação.

As imagens falam por si...

Na avenida, o "bloco da Dilma" foi só animação.Antes do bloco na rua o povo já agitava a concentração. Quase 5000 pessoas dançaram e cantaram músicas como "Deixa de ser enganador, pois bolinha de papel não machuca e não faz dor". E número de pessoas foi aumentando, especialmente quando a passeata começou
Depois de fazer passeata na Zona Oeste do Rio de Janeiro, que durou cerca de duas horas,  Dilma saudou as centenas de pessoas que seguiram o comboio....

De Helena, do blog Os Amigos do Lula:

Caminhada de Serra no Rio teve cabos eleitorais pagos de Caxias, SP e MG

Não foi só Aécio Neves que levou cabos eleitorais pagos de Minas Gerais para fazer números na passeata do candidato José Serra ontem no Rio de Janeiro.

A caminhada do candidato do PSDB, José Serra, pela praia de Copacabana, contou com a colaboração de cerca de mais de mil cabos eleitorais trazidos de Minas Gerais, de avião, e de Duque de Caxias, de ônibus.Tdos receberão 250 reais para fazer barulho e bandeirar para Serra. Outros cabos eleitorais foram contratados para se passar por "povo" na passeata

Vestindo uma camiseta branca com a bandeira de Minas, 250 jovens mineiros – a maioria mulheres – que se intitulavam da “Juventude Universitária” distribuíam adesivos de Serra e gritavam os nomes de Aécio Neves e do governador eleito Antonio Anastasia.

“Sou da Juventude do PSDB”, disse a publicitária Isadora Sabino. Outra jovem disse ser do PSDB, mas em seguida foi “corrigida” por um rapaz, que afirmou serem da “Juventude do PPS”, responsável pelo pagamento das passagens do grupo.

Serra teve ainda apoio animado do grupo do prefeito de Duque de Caxias (Baixada Fluminense), José Camilo Zito, e de sua filha, Andréia Zito, deputada federal reeleita. Foi no carro de som dela que Serra ficou a maior parte do tempo do evento – embora a família Zito tenha forte rejeição na zona sul do Rio.

Além do carro de som, ônibus fretados por Zito trouxeram cerca de 800 cabos eleitorais para a praia de Copacabana.Outros militantes “profissionais” vieram de São Paulo e integram a UGT (União Geral dos Trabalhadores). Eram cerca de 50 pessoas e, de acordo com uma liderança do grupo, cada um pagara sua passagem para o Rio.

Cantinho da leitura
,
Do blog Os  Amigos do Lula

Imprensa internacional denuncia campanha da imprensa brasileira contra Lula.


O jornal Francês Courrier, em sua publicação de hoje, com o título "Une presse très remontée contre Lula" denuncia a má fé da imprensa brasileira.A reportagem diz: "Na reta final da campanha, as más relações entre os principais jornais e o governo..... Esse fenômeno já ocorreu durante a reeleição de Lula em 2006...

Quatro famílias controle acionário da grande mídia: Marinho, proprietário do jornal O Globo do Rio e da toda-poderosa TV Globo, a Mesquita O Estado de São Paulo, os Frias, Folha de São Paulo e Civita, Editora Abril, editora das principais Veja semanal. Estas grandes famílias nunca concordaram com a eleição de Lula, que para eles o presidente é mal educado, veio de um estado pobre e dos sindicatos. Acessando este link aqui você que fala Frances poderá ler a matéria completa.

Só para a imprensa brasileira ver o poder de Lula...

Na home dos israelenses "Yediot Ahronot" e "Haaretz", abaixo-assinado "chama Lula a interceder pessoalmente em favor" de soldado preso em Gaza

Nenhum comentário:

A História do SPIN