12/10/2010

O insuspeito Bresser Pereira chama FHC de tolo por ter privatizado as teles

"(...) Mas por que eu estou chamando o Brasil de menino bobo? Porque só um tolo entrega a empresas estrangeiras serviços públicos, como são a telefonia fixa e a móvel, que garantem a seus proprietários uma renda permanente e segura.

No caso da telefonia fixa, a privatização é inaceitável porque se trata de monopólio natural. No caso da telefonia móvel, há alguma competição, de forma que a privatização é bem-vinda, mas nunca para estrangeiros.


Estou, portanto, pensando em termos do “condenável” nacionalismo econômico cuja melhor justificação está no interesse que foi demonstrado pelos governos da Espanha e de Portugal.

O governo espanhol, nos anos 90, aproveitou a hegemonia neoliberal da época para subsidiar de várias maneiras suas empresas a comprarem os serviços públicos que estavam então sendo privatizados. Foram bem-sucedidos nessa tarefa.

Neste caso, foram os espanhóis os nacionalistas, enquanto os latino-americanos, inclusive os brasileiros, foram os colonialistas, ou os tolos.(...)"

Vc deve ter imaginado que isso foi escrito por algum petista.

Não meu caro, isto é coisa tirada da boca do insupeito Bresser Pereira, tucano de primeira viagem. Ele diz simplesmente que FHC foi tolo ao vender a nossa galinha dos ovos de ouro, ou seja, a Telebrás que, por sinal, o Lula reativou para oferecer bandar larga a preços baratos. A Dilma vai ampliar o serviço, muitas cidades já foram beneficiadas, qual será o plano do candidato Serra para a nova Telebrás.

Leia o texto completo:

http://www.rodrigovianna.com.br/outras-palavras/bresser-quem-tratou-o-brasil-como-menino-tolo.html

Nenhum comentário:

A História do SPIN