25/02/2009

Mistura

pstenho pelo menos que alimentar as 70 alasalém das alas tenho outros 4 blocos blogs sob meu comando.hospital.artistas.biblioteca.imprensa.submarino.toilellte No total 76, a mesma quantidade de anos que o cometa Halley demora para nos visitarNa próxima visita, em 2061, este planeta estará totalmente transformado, O Halley nos visitou pela última vez em 1985Estejamos atentos para a visita do Munhocz 1 em 2012Este vem dos confins do universo, além da Nuvem de OortDaqui são mais de 3 trilhões de quilômetros Você tem noção do quanto ele vem de tão longe?São mais de 3 anos-luz de viagemNão sabes o que isso?O sol gasta 8 minutos para trazer sua luz até aquiIsto quer dizer que em 24 horas a luz está bem longeVelocíssima a luz, não é?Um objeto que partisse da Terra à velocidade da luz em 24 horas estaria não é?Agora imagineOnde estaria este corpo após uma semana?E após um mêsApós um ano então...Veja sóA distância de 1 ano-luz é igual à distância percorrida por um raio de luz no período de 1 anoO Sol exerce influencia gravitacional significativa em objetos que se encontram a uma distância de 1 ano-luzVocê está vendo o quanto o nosso sol é forteEle é fortísissimo e, ao mesmo tempo, fragilíssimo quentísssimo gélidoVocê sabe que existe gelo no sol neO sol é frio, quente é a luz da luaRetornemos à nossa viagem interestelarIsto que você vai começar a ler foi extraído do Jornal O TempoJeová Jiré teria sido usada para encobrir patrimônio Além do suposto desvio de R$ 1,2 milhão dos cofres da cidade de Contagem, segundo o Ministério Público (MP), a Escola do Ministério Jeová Jiré, entidade ligada à cúpula da Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) servia de fachada para encobrir o modo de vida do pastor e deputado federal Mário de Oliveira (PSC-MG) e seu fiel escudeiro, também pastor e presidente da rádio FM 107, Jerônimo Onofre. A apuração do Ministério Público revelou que Jerônimo e Mário são especialistas na chamada "teoria da prosperidade". O súdito do parlamentar é autor de livros como "O Dom de Adquirir Riquezas" e "Provisões de Riquezas". Mas como mostraram as investigações, tanto o deputado Mário de Oliveira quanto o pastor Jerônimo gostam mesmo é de automóveis. De preferência os importados luxuosos. Em nome do ministério Jeová Jiré estaria um Citroen modelo C3, com placa HBS-6907, cor prata, ano 2004. A Quadrangular "Templo dos Anjos", chefiada por Jerônimo, possuiu um Chevrolet Omega, com placa GXP-1155. Já na Quadrangular, situada na rua Cambuquira, 313, bairro Carlos Prates, comandada por Mário de Oliveira, são dez veículos. Três caminhonetes, sendo uma Ford F-1000, uma S-10 e uma Ranger, uma Kombi, um Chevrolet Vectra, uma Blazer, uma moto CG-125, um Palio Adventure, uma Mitsubishi Pajero e um caminhão F-4000. Mário de Oliveira costuma pregar o evangelho na matriz da Quadrangular, na rua Lagoa Santa, onde estaciona, todos os domingos, uma BMW X- 5, avaliada em R$ 500 mil. (EF)Religioso figura entre os mais improdutivosEZEQUIEL FAGUNDESO pastor Mário de Oliveira (PSC-MG), suspeito de contratar um matador profissional para assassinar o colega, deputado federal Carlos Willian (PTC-MG), figura entre os parlamentares mais improdutivos do Congresso Nacional. Conforme dados do site da Câmara dos Deputados, o fundador da Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) faltou uma em cada três reuniões em plenário, mantendo a mesma média na comissão permanente em que é titular, a de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, que versa sobre um dos temas mais debatidos na atualidade. Ele propôs apenas um único projeto de lei e discursou somente duas vezes no plenário da Casa, em cinco meses de trabalhos em Brasília. Das 96 sessões plenárias realizadas até agora, foram anotadas 31 ausências do parlamentar, o que corresponde a um terço do total. Por 18 vezes, o deputado não compareceu em nenhuma das sessões realizadas durante o dia. Em 13 oportunidades, o pastor sequer justificou o motivo das ausências. O pior índice de presença foi marcado na primeira semana do mês de abril.No período de 3 a 10 daquele mês, foram realizadas sete reuniões, sendo duas ordinárias e cinco extraordinárias, quando Mário de Oliveira registrou presença apenas duas vezes. Em 9 de maio, os deputados foram convocados para participarem de três reuniões extraordinárias, mas em nenhuma delas ele anotou o ponto. No relatório de frequência às reuniões em comissões permanentes, o parlamentar mantém a mesma média. Membro titular da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS), o pastor da Quadrangular tem um total de 12 ausências não justificadas em 38 reuniões realizadas no período do exercício do mandato leia mais http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdNoticia=50672

Nenhum comentário:

A História do SPIN