15/03/2010

Dialética ou Trialética na Reunião do Sindicato ou SindBlog

Ele: Vou abrir minha boca pela primeira vez, para infelicidade geral da nação. Defender a liberdade de expressão é como defender o amor, ninguém é contra. A não ser que a definição seja bem clara não vejo por que escrever isso.

Eu: {Concordo}

Ele: Blogueiro profissional, para mim, é sinônimo de empregado dos Marinho, Civita e Frias. Blogueiro é amador por definição, se conseguir ganhar dinheiro com isso muito bom, mas isso não é profissão. {Concordo} Eu conheço alguns blogueiros que ganham algum dinheiro, mas é na casa dos R$500,00, no máximo. Caso tenho ficado alguma dúvida: eu ganho algum dinheiro gravando CDs, DVDs e coisas do gênero, mas isso não é profissão, é um bico.

Regulamentação da profissão? Acho melhor especificar o que é e o que NÃO É nossa ATIVIDADE.


Eu : A nossa atividade é a mesma desempenhada pelo Nassif, PHA, Blog do Planalto...Todos são blogs,,,todos são blogueiros...só muda a forma...há uns ricos e outros pobres...nós somos pobres...mas a atividade é a mesma!!

Ele: Seminários, debates e congressos? Muito difícil.
Eu: Dificil? Com pessimismo, sem tesão, tudo fica difícil mesmo..que tal uma conferência via Skipe? Hà outros meios de nos reunirmos sem nos deslocarmos da Alemanha prá cá....A nossa atividade é a mesma desempenhada pelo Nassif, PHA, Blog do Planalto...Todos são blogs,,,todos são blogueiros...só muda a forma...há uns ricos e outros pobres....mas a atividade é a mesma!!!!
Ele: Façam uma experiência: digam onde moram e tentem achar um lugar aceitável para algum encontro. Eu moro a 57 Km de São Paulo, o Cloaca, que não está aqui, mora em Porto Alegre, o Miguel no Rio, o Terror do Nordeste em Recife, o Carlinhos Medeiros no interior do Ceará,sem contar a Glória na Alemanha e a Hellen na Inglaterra. Eu conheço só dois blogueiros pessoalmente, o André Lux e o Eduardo Guimarães. O resto mora longe, mas muito longe mesmo. Antes que digam o que é que EU proponho: Que o SindBlog defina claramente o que é "blogueiro independente". Nem percam tempo tentando me dizer que nós e o [], Noblat, Josias de Souza e similares temos algo em comum.
Eu: Discordo. Temos algo em comum sim. Não com o Josias nem o Noblat, mas com o [] sim. Este algo em comum é o contéudo. Há sim diferenças na forma,,,nós somos artesanais e o Nassif tem um aparato à sua disposição..O problema é achar nossa turma...tudo bem,,,para a formação de um sindicato tem que ter isso mesmo...claro que o [] não caberia na nossa Entidade, pois o SindBlog é para pessoas artesanais como nós...Concordo. Desculpe-me estar escrevendo dentro do seu texto. Achei melhor assim,,,ir lendo e intervindo
Ele: Quem trabalha por bom dinheiro para grandes empresas não é blogueiro, mesmo que sua coluna ou página se chame "blog".
eu: Discordo!!!!!!! É blogueiro sim, só que rico. Uma profissão se define assim. Como as garotas de programa tipo X...melhor não escrever o nome completo...ela pode me processar...mas ela era GP e a chamamvam de "modelo", quando na verdade era GP,,,há pobres ricos...Nassif,,Azenha...etc,,,são blogueiros sim,,,e isto nos enriquece.a nossa profissão se fortalece tendo blogueiros do porte desta gente...não nos dividamos...sim..ah tudo bem,,,que temos que encontrar nossos pares, tudo bem...claro,,.não somos páreo para a estrutura material de um Nassif ou Noblat...mas eles são blogueiros sim...tudo bem, precisamos encontrar nossos iguais,,estes que fazem blogs de forma artesanal,,,assim como eu...ah,,,aqui o endereço do meu blog []
Ele: Quem tem um site pago, Azenha, PHA, também não é blogueiro, é empresário.
Eu: Discordo. Deixe-me ver se entendi...Há advogados que tem escritório,,funcionam como empresas,,e outros não,,há os que advogam de forma artesanal e outros tem um grande aparato...mas todos são advogados...Da mesma forma todos são blogueiros, o PHA, Azenha, Nassif...
Ele: Não defendo voto de pobreza, mas blogueiro usa um espaço gratuito e trabalha sozinho ou com uns amigos.
Eu: Eu diria "blogueiro artesanal" e não apenas "blogueiro"
Ele: Blogueiro não tem equipe para fazer reportagem, não tem empregado.
Eu: Mas quando tiver , deixarei de ser blogueiro? Pois o meu sonho é ter empregados para me ajudar, fotógrafo, digitador, contínuo, copeiro, garçom,,Quando eu tiver estes auxiliares deixarei de ser blogueiro? Serei expulso do SindBlog? Pois meu sonho é ter um empregado para escrever as tags, não gosto de marcar os textos,,pois é um serviço racional..nem rola,,,mas estou me esforçando...haverá um dispositivo no estatuto do SindBlog nos proibindo o conforto, a riqueza, sob pena de sermos excluidos do sindicato? Por isso os católicos fugiram em peso para a Igreja Universal. Quem não gosta de um graninhanha, um conforto,,viajar mundo afora?


Ele: Pluralismo. O Coturno Noturno, Adriana Vandoni, Resistência democrática e similares podem dizer o que quiserem, mas são apologistas do crime, golpistas e ficariam muito felizes com a nossa prisão e/ou morte. Eu não aceito a companhia dessa gente para nada. Pluralismo tem limite, eu não morreria para defender a liberdade de quem é contra a liberdade. Não contem comigo. Também não quero atestado ideológico, mas quem chama torturador de herói e quem resistiu à ditadura de terrorista é meu inimigo. Pode ser de direita? Pode, desde que não pregue golpes nem aqui nem em lugar nenhum. Tenho grandes amigos de direita, nenhum defende a tortura e a ditadura como esses que eu mencionei.
Eu: Concordo com todo este parágrafo sem tirar nem por. Se bem que no sindicato onde miliito, onde trabalho,,tem gente de esquerda, direita,,todos os partidos,,,será natural que eles cheguem,,nem que seja de forma infltrada,,,não tem como fazer controle em cima disso...há o risco deles ganharem a diretoria numa futura eleição e aí estamos fora...apesar de concordar com o seu parágrafo,,sem tirar nem por,,,ainda não está claro como ficaremos livres destas companhias. Eles podem até entrar na Justiça para terem direito de filiação SindBlog...o problema é bem mais complexo..mas acharemos uma saída pra isso.

Ele: Resumindo eu defendo que o sindicato faça o que sindicato faz: defenda os interesses específicos de um grupo de pessoas. O NOSSO sindicato defende a nossa liberdade, a nossa atividade, nossos interesses. Recomendo não exatamente um código de ética, mas um, digamos, manual de redação.
Eu: Manual de redação para que o filiado escreva certinho e não seja processado por uma Veja da vida? Acho que não. A Veja vai estar sempre procurando um motivo para processar quem lhe critica. Todo sindicato defende seuu filiado no exercício da sua profissão. Quem vai definir se ele errou ou não é a Justiça. A priori o cara tem que ser defendido, claro que se o blogueiro meter a faca no bucho do Tio Rei, ai ele não vai ter defesa, pois neste caso ele não estava exercendo a atividade de blogueiro mas de assassino
Ele: Não se pode injuriar, caluniar e difamar as pessoas e depois reclamar de processo.
Eu: Cada um tem que saber dos seus limites e ligar o desconfiômetro né...Claro que ão vou fazer isso...o SindBlog fará uma propaganda, um esclarecimento aos seus filiados sobre a legislação,,sobre os limites que deve ter,,,para que contenham-se ao abrir a boca ou tocar no mouse mas nem tanto né. O que não rola é limitar a pessoa temendo gastos por parte do sindicato. A liberdade, o amparo à criação, tem que ser garantido sim. Caso contrário a inVeja vai soltar foguetes, pois terá conseguido o que queria: a nossa "retidão"
Ele: É bom ficar claro para todos quais são os limites da nossa liberdade.
Eu: Sim, concordo com esta frase todinha.
Ele: Nós não temos cacife para brigar com gente grande.
Eu: Se eu for preso, só quero um notebook para continuar escrevendo do Cadeia ou Carandirú ou Papuda. E me visitem de vez em quando.
Ele: E se alguém pensa que isso tem algo a ver com moderação ou amor ao próximo dê uma olhada no meu infame blog. É a experiência de ser pobre e quebrar a cara.
Eu: Mas a vida é assim mesmo. Estamos sempre quebrando a cara. Uma vez passei a mão na bunda de um garoto de programa (dei vontade de comer ele) e ele quebrou minha cara. Nem por isso fiquei triste. Apenas fiquei com o olho roxo por vários dias. Para disfarçar usei um óculos de sol...kkkkkkkkkkkkkkkk
Ele: Acho que é isso. NÓS definimos claramente quem somos
Eu: quem somos? um bando de anarquists ou libertários ou tanto faz
Ele: e quais são nossos interesses
Eu: meus interesses que, penso venham a ser contemplados no sindBlog são:
1- uma sociedade mais justa e igualitária.
2- a eleição de Dilma..
3- etc etc.
Se bem que ao defender a Dilma vão dizer que estou aparelhando ou usando o sindicato como corrente de transmissão..enfim,,é uma confusão só..a única saída é nós nos perdemos com certos detalhes ou picuinhas. O SindBlog tem que ter um lado. Este lance de neutralidade é conversa prá boi dormir. Ficar neutro e esperar o Zé Serra tomar posse prá levar na tarraqueta? Tô fora.
Ele: O resto se discute
Eu: O resto é festa
Ele: Lamento lembrar disso, mas em algum ponto teremos que abrir o bolso ou a bolsa.
Eu: Sim. Claro. Já criei uma página erótica no meu blog. E vou cobrar pelos acessos. E vou ter o maior prazer de pagar o meu dízimo para o SindBlog. Foi aqui que me libertei. Esta é a minha praia, a mesma do esquerdopata, apesar de, às vezes, rolar alguma escaramuça ou diferença..no final agente passa apor cima..não sou de ficar magoado com alguém que, algum dia, já me fez algum bem. E como adoro o seu blog, vou ser sempre grato a vc, nem que você mande uma chuva de canivetes sobre mim, o terei como inimigo algum dia.O que o gente como Coturno Noturno já fez de bom? Tô fora destas parasitas e junto de vocês, minha tribo.
Ele: Sem dinheiro não se faz nada, nem blog.
Eu: Concordo
Coro: Cordamos

(Lembrete para mim mesmo,,,coisa particular..enviar este email para o meu blog,,retirar o nome do meu interlocutor já que ele não me autorizou a publicar..marcar este texto com as tags sindiblog, debate, dialética, trialética)

P.S. Esqueci de dizer que o GP que tentou me matar por espancamento ou estrangulamento é Jorge ou Renato ou Emerson ou Hitler...ah são tantos,,,mais de 200 que pegam homem e mulher,,tanto faz... os tais heteroflex...muitos são ladrões,,assassinos disfarçados de anjo...a morte trajando lindas roupas e com largo sorriso..cuidado!!! ainda bem que o desenho animado me ajudou a escapar destas tentativas de assassinato ou deicídio.

Errata: onde está escrito "o desenho animado me ajudou' leia-se "o desenho
animado ou Jaspion me animou"

Ou me ajudou ou me animou

( ) Tanto faz

Nenhum comentário:

A História do SPIN