02/03/2010

46/70 Não ao erro, não à escravidão dos autistas. Eu quis dizer artistas.

Uma delícia escrever assim, nenhuma palavra,

Como tirar isso, estas palavras sublinhadas,
Que que isso, o texto bagunçou de vez
Não posso escrever se o sorriso não brota
Preciso fazer um curso de palavra, a partir de agora vou escrever no Word, o Gmail não colar e enviar para o Mar onde ficará salvo como rascunho, fonte de águas Bordadas sob o mar.
Em seguida publicar os textos, não em tempo real, mas no decorrer do dia,

( ) Edição de Vídeo

A frase foi riscada do mapa "não posso escrever se o sorriso não brota"

Ah sim, agora entendi a reação do robô = roubou.
Realmente o que foi dito, inclusive no canto anterior = posterior, está errado.
Muito obrigado robô, pelo conserto.
E por acaso eu não Deveria abrir o M.A.R. comentários um?
Desde quando eu devo?
Não devo, apenas posso, o Brasil pagou uma dívida externa.
De fato, a escrita é que me faz brotar o sorriso,

Escrevo para sorrir = ser = olhar, ainda mais agora que, finalmente, o meu pc voltou do conserto, estava numa loja chamada Cobra, um pessoal muito gentil e educado, adoro pessoas gentis, o Thiago o atendente coitado, ele trabalha o dia todo, feito spin escravo, mais um estadista submetido à escravidão, o Lula fez muito ao rodar uma baiana, fundar um sindicato, virar presidente e Melhorar a vida de muita gente.

Grato,

Mar Feliz

Segue abaixo o texto = Anterior Canto, agora retificado = consertado

E se o sorriso não brota = desabroca?

Se o M.A.R. não desembucha, que tal fazer outra coisa que escrever não,

( ) Dançar

( ) Tomar água, nada de álcool, tenho alergia, vinho nem posso

Os Últimos Dias de marte

Você não viu os anteriores canto erros que cometi

Onde está escrito "delete" eu quis dizer "Deleite"

Leite também não posso, tenho alergia uma lactase, a não ser leite de soja

( ) A soja está acabando com o mundo, muito veneno, muitos prantos de pássaros, insetos

E quem disse que inseto não chora?

Os Últimos Dias de marte

2010

Março = Marte

01 ......................... 54

02 ......................... 55

03 ......................... 56

04 ......................... 57

05 .......................... 58

06 .......................... 59

07 ........................... 60

08 ........................... 61

09 ........................... 62

10 ........................... 63

11 ........................... 64

12 ........................... 65

13 ........................... 66

14 ........................... 67

15 ........................... 68

16 ........................... 69

17 ........................... 70

18 ........................... 71

19 ........................... 72

20 ........................... 73



--
Logo abaixo, após textos, arte, literatura, contemporânea, clique em Marte2010

Nenhum comentário:

A História do SPIN