02/03/2010

49/70 - Fora do M.A.R. mata dentro do M.A.R.

Clique na imagem Não apenas os golfinhos, os fora do mar = lei estão matando aqueles que estão dentro do mar

O mar ficou vermelho

O nome destes spin deicidas não serão escritos no M.A.R, no lugar do nomes destes doentes = criminosos, apenas a primeira letra seguida do tipo de spin que se é mais a individualidade, ou seja, se animal, humano ou pessoa jurídica.

Neste sentido, o mentor = executor da Segunda Guerra Mundial = Planetária será (d)escrito
apenas com a letra H mais sua governança mais individualidade, assim

H, spin governante, pertencente à raça humana, embora pessoa jurídica representante da Alemanhão, não o povo alemão

Ele, H, queria o mundo assim, todos iguais = padronizados = puros, assim

1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1

Como isto é possivel se todos nós somos diferentes entre si

Sim, somos todos iguais ao mar mas nós, diferentes entre si, assim

M.A.R. = joão # joaquim # palito

Engraçado, tenho certeza de que conheço este palhaço apesar da máscara

Ele não seria o Eurípedes, spin ator, humano, apegado à família, aos irmãos e amigos?

Um momento, vou verificar o nome do Palito, quero transportá-lo para o M.A.R.

Volto já.

Voltei.

Voltei com as palavras de Palito, spin sorridente, humano, ele deixa-nos o conhecimento ao invés de, como ocorreu com H (o fora do mar alemão), apenas ossos no cemitério

"Palhaço não morre nunca. Viaja por aí acendendo sonhos" (Palito)

Continue lendo

Logo abaixo, após spin, textos, arte, literatura, contemporânea, clique em Marte2010

Nenhum comentário:

A História do SPIN