26/11/2009

Mãe interna o filho após descobrir que ele é gay

Mais um caso grave de homofobia no Brasil. Uma mãe de Belo Horizonte teria internado seu próprio filho em uma clínica psiquiátrica no interior de São Paulo, após descobrir que o filho é homossexual e está namorando um rapaz.
O jovem conta que 3 homens o sedaram e o levaram de casa a força enquanto ele dormia. Ainda diz que que nunca fez mal a ninguém e que beber e fumar maconha não faz de ninguém um criminoso, que tem que ser privado do convívio dos amigos e familiares e que sua mãe não aceita a sua opção sexual. Ele, que está há 74 dias internado, pede ajuda por medio de uma carta, mas alega que não precisa de remédios, e que esta lúcido. A mãe disse que internou por causa do uso de maconha. "Eu o internei porque quero o melhor para meu filho e não quero que ele chegue ao fim do poço".
Os médicos dizem que o rapaz tem bom comportamento, é consciente dos seus atos e não sabem o real motivo de sua internação na clínica. O Conselho Federal de Psicologia e o Ministério Público vão apurar o caso.
A mãe do rapaz agiu corretamente?
.

Nenhum comentário:

A História do SPIN