09/11/2009

UNIBAN revoga a expulsão de Geisy


A UNIBAN acaba de anunciar a revogação da punição contra Geisy, a aluna expulsa da universidade por estar usado um vestido que seria curto.

Bravo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Não interessa se a aluna venha a posar nua na Playboy, o corpo é dela, ela tem autonomia para usá-lo como quiser, e por acaso na década de 60 as pessoas não andavam nuas? Que o diga Wodstock, tudo bem que tem que ser aliado à exposição se tenha algo mais, e naquela época era visível o sentido político da contestação, John Lennon e Yoko Ono ficaram nús na ação performática "faça amor, não faça guerra", em protesto à Guerra do Vietnam. Não estou cobrando engajamento político de Geisy o momento em que vivemos é outro, agora existem as novas tecnologias, a internet, onde coisas deste tipo ecoam.

.

No caso Geisy, achei um absurdo o reitor da UNIDANDI declarar no Fantástico que a aluna teria andando pela universidade mostrando a vagina, oque não é verdade, embora se saiba que praticantes de bullying nas escolas tem mania de colocar celular debaixo na parte inferior dos vestidos das moças para filmar suas partes intimas e isto deve ser combatido e, quando isso deveria ter ocorrrido, vem a

UNBAN com esta punição contra a vítima e absolvendo estes bandidos que fazem isso, uns dândis desocupados.

.

A primeira vez que vi a Geisy foi na Record, e o que me chamou a atenção foi que não havia nada de anormal na roupa, um vestido rosa como outro qualquer, o tamanho idem, por isso vi a reportagem como outra qualquer, afinal de contas é comum alguém procurar a imprensa quando se sente injustiiçada para fazer a denúncia de forma pública. E que continue sendo assim, embora nem sempre isto seja possível, pois muitos veículos de comunicação tem o rabo preso com as empresas, o que os imprede de aceitar as denúncias dos cidadãos e cidadãs.

.

No caso da Geisy, a partir do momento em que a internet, a nossa blogosfera em específico, saiu em sua defesa, as coisas ficaram mais fáceis para ela. Afinal de contas o peso político e financeiro de uma UNIBAN, com mais de 60 mil alunos em seus quadros, é muito forte, daí ter sido muito importante a participação de todos nós.

.

No caso Geisy, venceu a justiça, a democracia e o respeito à mulher, pois seria inadmissível aceitarmos a vítima de bullying, após ser currada por mais de 700 rapazes dândis, ser condenada. É verdade que a aluna ainda terá um longo trabalho pela frente, audiências e mais audiências na Justiça, pois ela, em companhia de seu advogado, fez denuncias de vários crimes dos quais ela foi vítima no câmpus universitário. Lei Maria da Penha nestes marmanjos.

.


Uniban traduzida

Por Fausto Salvadori - em seu blog

Como uma universidade conservadora contemporânea, a Uniban se exprime numa linguagem própria, que nem todos podem compreender com facilidade. O Boteco Sujo resolveu dar uma força e vai traduzir os trechos mais obscuros do anúncio em que a universidade comunica a expulsão da aluna Geisy Arruda, condenada pelo crime de ser xingada de "puta, puta" por uma multidão enfurecida. Aí vai, do unibanquês para o português coloquial:
"A educação se faz com atitude e não complacência"
No dicionário da Uniban, atitude é o que a universidade adota quando expulsa uma estudante agredida e complacência é quando livra a cara de centenas de alunos que a agrediram.
"A sindicância apurou que, no dia da ocorrência dos fatos, a aluna fez um percurso maior que o habitual aumentando sua exposição e ensejando, de forma, explícita, os apelos dos alunos que se manifestavam em relação à sua postura, chegando, inclusive, a posar para fotos. Novamente, a aluna optou por um percurso maior ao se dirigir ao toalete, o que alimentou a curiosidade e o interesse de mais alunos e alunas, tendo início, então, uma aglomeração em frente ao local."
A Uniban entende que um corpo feminino é a fonte de todo mal e, portanto, deve ser restringido ao máximo. Seu raio de movimentação deve ser restrito (nunca fazer percursos maiores do que o habitual!) para não aumentar sua exposição e fotos de tais indedências devem ser terminantemente proibidas.

Continue lendo
.
O recuo da Uniban - no blog do Luis Nassif

Por sergio g

A unitaliban recuou!

Esses caras não sabiam que existe a blogosfera?

Ficou lindoooooo!

http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u649827.shtml

Uniban revoga decisão de conselho que expulsou aluna hostilizada por vestido curto

LAURA CAPRIGLIONE

da Folha de S.Paulo

da Folha Online

Leia mais »

.
FONTE: Luis Nassif
.
Uniban/Taliban recua e revoga expulsão da aluna


Mais reações

Ontem, jornais do exterior noticiaram a expulsão da aluna. Aqui, Ao longo do dia, diversas autoridades e figuras públicas manifestaram-se contra a expulsão. A Secretaria Especial das Mulheres havia enviado um pedido para que o Ministério Público Federal investigasse, por crime contra os Direitos Humanos, a expulsão da estudante. Senadores, partidos e a Ordem dos Advogados do Brasil também se manifestaram.O Ministério da Educação havia encaminhado pedido de informações para a Uniban, por fax e e-mail, pedindo explicações sobre o caso. "Lamentamos que a declaração da universidade dê respaldo a atitude agressiva da comunidade de aluno como se fosse em defesa do ambiente universitário", disse a ministra das Mulheres, Nilcéia Freire.

Já o presidente da OAB, Cezar Britto, criticara a decisão da Uniban de expulsar Geisy, classificando-a de "mentalidade obscurantista e nefasta". "A decisão da Uniban contra a estudante chancela a barbárie e o preconceito, inadmissíveis em qualquer parte, sobretudo no ambiente universitário, que tem a missão de bani-los", afirmou Britto.

E em discurso no plenário, a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) chamou de "ato de vandalismo e histeria coletiva" a agressão dos estudantes da Uniban contra Geisy. "Aqui, a questão central, a ferida aberta é o preconceito, a intolerância, o desrespeito, a injustiça que ainda se esconde na cabeça e no coração de alguns poucos. A jovem Geisy deve ser protegida e seus direitos garantidos contra essas ofensas e arbitrariedades", discursou Serys.

O presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Augusto Chagas, considerou "descabida" a decisão da Universidade Bandeirante (Uniban) de expulsar a aluna Geisy Arruda, após o episódio em que ela foi humilhada por outros alunos por usar um vestido curto.
Veja as fotos da manifestação
.
FONTE:
Os amigos do presidente Lula
.
ps
Belíssimas as fotos da manifestação, veja todas, uma a uma.

2 comentários:

Anônimo disse...

No caso Geisy, achei um absurdo o reitor da UNIDANDI declarar no Fantástico que a aluna teria andando pela universidade mostrando a vagina, oque não é verdade, embora se saiba que praticantes de bullying nas escolas tem mania de colocar celular debaixo na parte inferior dos vestidos das moças para filmar suas partes intimas e isto deve ser combatido e, quando isso deveria ter ocorrrido, vem a

UNBAN com esta punição contra a vítima e absolvendo estes bandidos que fazem isso, uns dândis desocupados.


Tem uma letra que diz assim:

Plebe Rude - Não Tema

Não tema! Não, não!

Não tenha medo de se divertir
Não tenha medo de falar e sorrir
Não tenha medo de pular e dançar
Não tenha medo de se apaixonar

Não tema! Não, não!
Não tenha medo de se divertir
Não fique em casa vendo o Fantástico
Saia pra rua, você tem que sair
ou você vai virar um fanático

Não tema! Não, não!

Hehhehehe... Essa foto do 'Tribunal do Santo Ofício' caiu bem com a polêmica da UNITALEBAN.

José Carlos Lima disse...

Anônimo, muito obrigado pela presença,,,você sabia que há horas procuro um local para posar
Feito um pássaro rondando pelo mundo preciso colocar os pés sobre uma rocha com um texto no bico
Sei lá, não suporto rotina,,,por isso quando as coisas estão dando certo para mim levanto a mudança e caio fora..
talvez não tenhas entendido até agora o que quero dizer
...é que quem acompanha este blog há algum tempo sabe que não fico quieto,,,o título já mudou centenas de vezes,,,talvez este se eternize pois que não se trata de título de qualquer coisa mas apenas uma noção do tempo, aquilo que ocorre durante um mês...
Não estou satisfeito com o desenrolar deste mensário...
Ontem não atualizei este blog porqu....nem sei..acho que estava cansado e não por causa de falta de assuntos legais...não...
Dormi e sonhei com uma cobras fervilhando no tronco de uma árvore...cobras se escreve cobras = idéia = movimento
Quando voltei as cobras haviam desparecido...foi quando cobrei-me por não ter aproveitado aquele momento ímpar...nossa,,,não posso continuar escrevendo aqui...o pc está apagando e deletando tudo...vou escrever no word
volto já, talvez com o texto pronto...nem sei ao certo onde publicá-lo,,voltarei com o link
volto já

A História do SPIN