25/10/2009

Lampião causa polêmica

Nesta postagem fiz um comentário onde citei Lampião como exemplo destas relações tensas que eu chamaria de: ela (imprensa) x os outros que se danem.
.
jose carlos lima disse:
Opa, desculpem-me, esqueci da fonte, tem uma charge de Ziraldo sobre o encontro entre a imprensa e Lampião
http://docs.google.com/Doc?tab=edit&dr=true&id=df6xpmsd_81f5qdxkdn
.
Silvana disse:
Não tenho permissão para acessar…
.
jose carlos lima disse:
Nossa Silvana,
Apontastes um erro de configuração que eu não sabia que estava ocorrendo.
Na verdade, como estava configurado o meu docs.google não tinha como você acessar.
Somente eu mesmo poderia acessar meus documentos, eu não sabia que estava assim, portanto te agradeço pela manifestação.
Agora a leitura é pública, caso o fechamento persista, favor me aviseAbs
Paulo Kautscher - São Gonçalo -RJ disse:
Tente aqui.
http://www.lampiao.sertaonet.com.br/
.
luisnassif disse:
Lima, por favor, junte todo o material do Lampião no post adequado, para que eu possa publicar.
.
jose carlos lima disse:
Vou juntar, enviarei para o seu email luisnassif@ig.com.br
Este mesmo o email ne
.
Paulo Kautscher - São Gonçalo -RJ disse:
Melhor aqui.
http://www.lampiao.sertaonet.com.br/
.
Jorge Nogueira Rebolla disse:
A visão romântica do Lampião como herói ainda persiste. Este comentário é desumano! José Carlos você têm noção de quanta dor e sofrimento o bando de lampião causou ao comenter seus inúmeros crimes? Muitos deles contratados pelos coronéis para punir os seus desafetos.Seguindo por este caminho em breve você tecerá loas ao pcc! Talvez até solicite a inclusão de fernandinho beira-mar como herói da pátria, afinal foi preso num acampamento das farc, idolatrada por grandes seguimentos da esquerda tupiniquim.
.
EGF disse:
Uai, por que cometeu atrocidades — em um tempo de atrocidades, diga-se de passagem — não merece ser lembrado e estudado?
Não é papel dos historiadores definir o bem e o mal. E, segundo a sua visão, o melhor mesmo é esquecer. Não estudar os fenômenos políticos-sociais que porventura causaram mal às pessoas?
Esqueçamos tudo de mal que a humanidade já praticou contra a humanidade e viveremos felizes para sempre?
.
jose carlos lima disse:
Caro Nogueira Rebolla,
Tenho acompanhado seus comentários no Azenha, de forma que, por já conheçar seu ideário, não estranho sua oposição a Lampião.
Saiba que estou apenas começando a puxar o fio desta meada, aguarde outras revelações, você ainda se indignará e muito comigo.
Este assunto não começou neste post mas bem atrás, quando, por conta de um presente da Maria da Palha (recebido por Nassif) falamos de arte popular e, claro, foi um mestre nisso, tive o prazer de deliciar-me com suas criações numa das Bienais de SP.
Quanto ao lado perverso de Lampião eu por acaso o neguei em algum momento? Não percebes que, ao invés de fazer apologia ao crime o trato como bandido o tempo todo e não como um santo?
Estou até pensando em usar tudo isso, os meus e vossos comentários para uma monografia. Portanto suas críticas são bem vindas, pois que termirão fazendo com que eu escreva capítulos e mais capítulos sobre Lampião.
Uma coisa é certa, Lampião não era qualquer um, ou seja, não era um homem uni-dimensional, e se o fosse não teria ocupado páginas e páginas do New York Times
Acompanhe o assunto desde o começo, segue o link para a Maria da Palha
http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/10/23/o-artesanato-de-maria-da-palha/
.

Um comentário:

romério rômulo disse...

josé carlos lima:
vou por fogo no tema "lampião",
já que o rebolla está brabo.temos
aí uma experiência de guerrilha
no brasil,que precisa ser mais estudada. quem queira ser duro com as matanças deve começar pelos
capatazes do capitalismo.qualquer chefete contratado pelos eua matou muito mais do que o lampião.
não dá pra se discutir moral de forma caolha.
um abraço.
romério

A História do SPIN