25/10/2009

Silvio Santos faz campanha para Zé Serra


Estou preocupado com o rolo compressor que está se formando, aliás, já se formou para derrotar Lula e trazer de volta FHC e cia.
As redes de Tv, por sinal concessões públicas e por isso, conforme a CFRB obrigadas à imparcialidade, não estão nem aí para o cumprimento da Lei.
.
Apesar de vermos as redes de TV fazendo campanha descancarada para eleger Zé Serra, conforme Gilmar Dantas, digo Gilmar Mendes/STF, Lula não pode sair às ruas para encontrar-se com a população, pois que isto é muito perigoso, pois se trata de propaganda eleitoral.
.
Para o mesmo Gilmar, Serra não está em campanha. E se estivesse, como seria? Dias atrás no DATANA/Band, até parece que o horário do TRE já havia começado, até um jogador do Corintias disse que votaria nele e que as pessoa também votassem em Serra. Vejo isso como um atentado à democracia brasileira. Isto não pode ficar assim. Não tem o menor cabimento.

.

[Vera] [Rio de Janeiro, RJ, Brasil] [socióloga aposentada] Essa gente aí, Marinhos, Silvio Santos, os Saad, as tais 6 famílias que dominam a mídia brasileira, não tem saída. Se meteram num caminho sem volta : se tornaram o verdadeiro partido de oposição no Brasil, dada a incompetência da oposição política. Os negócios deles dependem de se mostrarem poderosos para influenciar a opinião popular. E o Serra é outro que não tem mais volta: articulou-se com essa gente e não tem saída. Nos EUA, tem o grupo de mídia do Murdoch (Fox News, Wall Street Journal, e menores), mas é um grupo só, o resto tem mais compostura, ou são mídias menos poderosas. Mesmo porque há mais competição na mídia de lá. Por isso, a assessora do Obama pode enfrentar. Aqui teria de enfrentar as 6 famílias de uma vez. Aqui é oligopólio brabo.

.
[jose carlos lima] [goiania] [go] Vera, o pior de tudo é quanto mais eles fazem isso mais tem que fazer porque, comprometidos, tem que se comprometer mais ainda, pois que ficará muito feio se, depois que eles apostaram tanto e para isso colocaram em jogo a própria credibilidade das suas redes, não podem perder. E prá ganhar terão que inclusive partir para o vale tudo, para chutes no saco, cabeçadas, etc. Como a CF tipifica isso como crime, o Judiciário poderia evitar. No entanto o que vi foi o programa CQC/Band detonando a Marta em plena campanha eleitoral. Acaba o horário eleitoral eles entravam no ar para ajudar o Kassab e detonar Marta e Alckmin, este por não ser apoiado por Serra. Uma pena que nosso País tenha chegado a este ponto, a democracia sendo ameaçanda por estes cangaceiros modernos.
.
Silvio Santos vem aí

Por Eduardo Guimarães - em seu blog


Sábado à noite (24/10/2009, próximo à meia noite), Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). Na tela, Sílvio Santos, José Serra, Gilberto Kassab e “aspones”. O dono do SBT faz elogios rasgados ao governador e ao prefeito, os quais, nas palavras do próprio Kassab, formam “a dupla que governa bem São Paulo”. Serra, por sua vez, diz que é “tão bom cantor quanto governador”.

.
Entre elogios e auto-elogios, o homem do baú e os chefes dos Executivos municipal e estadual paulistas ocupam minutos infindáveis daquela concessão pública para fazerem escancarada campanha eleitoral. No dia seguinte (este domingo), acesso o site do jornal Folha de São Paulo e vejo, de cara, três ou quatro textos sobre a “campanha eleitoral” que Lula e Dilma estariam fazendo.

.
Todo dia é isso. Globo, SBT, Bandeirantes, TV Gazeta, CBN, Eldorado, Folha, Estadão, Veja, O Globo, UOL, IG, Terra, G1... Em todos esses veículos, acusações a Lula e a Dilma de que estariam fazendo campanha eleitoral. Não se vê uma só dessas acusações a Serra.

.
Jamais vi na TV tão acintoso uso eleitoral de uma concessão pública para promover dois políticos como vi no SBT ontem à noite. Em minha opinião, aquilo constitui motivo mais do que suficiente para que o PT, ao menos, tome uma atitude. Silvio Santos prometeu ali ser um dos mais engajados cabos eleitorais de Serra no ano que vem. Só que o SBT não é dele, é concessão pública...

.
A única forma de fazer com que a imprensa admita que Serra está usando os cofres públicos, as concessões públicas e, numa estranha aliança, a mídia privada para fazer campanha eleitoral antecipada, será o PT fazer uma queixa à Justiça eleitoral, como fazem, direto, o PSDB e o DEM, e por razões muito menos concretas.

FONTE:http://edu.guim.blog.uol.com.br/arch2009-10-25_2009-10-31.html#2009_10-25_10_37_00-3429108-0.


Nenhum comentário:

A História do SPIN