08/10/2009

As terras griladas de São Paulo


Por Benedito Domingues do Amaral - no blog do Luis Nassif

Prezado Nassif, a legalidade das terras do Estado mais rico do país, São Paulo, é uma longa história de grilagem, assassinatos, entre outros casos pitorescos ( hoje, maquiados e esquecidos). Dá um filme de “bangbang” bárbaro!
.
Veja um pequeno exemplo, meus antepassados pelo lado de mãe vieram em meados do século XIX da Espanha e “ganharam” da Igreja uma Seis Marias na região entre Barretos (docs em Cartório), Cardoso até Riolândia onde meus bisavôs estão enterrados num cemitério, infelizmente abandonado, dentro da Fazenda grilada (um mundo de terras que foi fragmentado pela grilagem).
.
Eu e meus irmanos pensamos entrar na Justiça para requerer o cemitério onde estão nossos entes, mas os custos, etc, somados aos pistoleiros de aluguel e a família que grilou as terras ainda são “DONAS” do município de Riolândia (SP). Mais um dia ainda sonho reunir forças para honrar meus antepassados
.
Comentário
Lembrança dos antepassados...
Isto para mim era uma coisa vaga durante muito tempo, sim lembrava dos meus antepassados, dos que conheci, com carinho, minha avô materna e meu avô paterno, ah, e meu bisavô paterno, que morreu com mais de 100 de idade labutando na roça. Da minha avô tinha lembro mais, nossos laços eram estreitos, saíamos à noite para pescar.
.
Lembro-me do dia em que ela morreu, fiquei muito triste. Tudo lembranças vagas até o dia em que, quando fui ao santuário de Côcos de Nossa Senhora Aparecida, no Sul do Maranhão, andando pelo mato, sem ao menos saber que minha avó poderia ter sido enterrada por ali, de repente vi-me em frente de um túmulo. Estava lá o nome da minha avó: CARMINA BARROS LIMA. Naquele momento chorei, lá, no mato, sozinho, de uma certa forma na companhia da minha avó.
.
Por isso entendo a importância que o Benedito Domingues Amaral dá ao cemitério onde estão enterrados seus antepassados. Já haviam se passado mais de 40 anos que minha avó havia morrido, no entanto naquele momento ela ficou bem próxima, a sua existência, o seu nome gravado permaneceu vivo por décadas.

Nenhum comentário:

A História do SPIN