14/12/2008

Eureka = achei

Cobra que não anda não acha cacete!
Agora descobri o que eu procurava a séculos = há séculos, a = há, lê-se a = há, tanto faz
No momento me lembro que sonhei com uma música chamada "Tanto Faz", spin cantor em dueto com o Frejat, este spin roqueiro, com aquele vozeirão, cantando
"Tanto faz!
Tanto faz!
Tanto faz!"
Se não me engano, gravei este sonho, vou ver se acho depois, se é que não joguei fora neste exercício de ficar vazio para fazer tudo de novo, esta grande oportunidade que a 28a. Bienal de SP jogou fora, preferiu prender a minha amiga = Carol Pivetta
Soltem a garota, ela é garota sim, o nome dela é Idéia Sem Idade
Soltem - na, bando de intrépidos = inconsequentes = tolos
O que mesmo que eu achei que me deixou entusiasmado?
Uma ferramenta, mais uma, fora a possibilidade de blogar através de um celular da Ericson
É que eu não consegui inserir links nos textos para evitar que o leitor tenha este trabalhão danado de selecionar cada link, copiar, colar na barra de endereço e dar o enter
É que no Mozila é diferente, você tem que selecionar o link primeiro de depois ir la no ícone, a cora, na barra de edição, colar lá e dar o enter
Outra ferramenta que descobri foi o marcador = tags, não sei ao certo prá que serve isso, parece que é para selecionar em todo o blog os textos onde apareceram uma palavra "y", o que me chamou a atenção é que apareceu umas palavras fixas, a spin por exemplo, não me lembro de ter inserido tais palavras, nem sei onde posso alterá-las

Para ver como funciona a ferramenta tags fui ao blog do Favre, spin blogueiro, humano
Cliquei na palavra "sexo" no rodapé do texto sobre a sexagenária que desandou a namorar
Isso
http://blogdofavre.ig.com.br/tag/sexo/

isso, agora é só clicar sobre o link e pronto, o mundo se abre
acabou o tempo ruim por aqui
.
ah, ainda não sei colocar uma palavra no lugar do link
que falta nos faz um curso de spin blogueiro
esta é minha profissão
tomara que um dia ela seja regulamentada
eis aqui mais uma luta que pretendo travar, a regulamentação da profissão de blogueiro
um sonho para mim seria poder sobreviver como spin blogueiro
aí sim, eu morreria feliz
.
Não vou colocar o nome Ericson como tags, a não ser que a empresa me pague uma boa grana
Dinheiro é liberdade e, antes de tudo, uma possibilidade de amar
Como pagar os resgastes sem um centavo no bolso?
Não é por outro motivo que há mais de 2 anos meu coração foi sequestrado e até hoje o traste não o devolveu
( ) spin refém, eu
.
esta aqui vai entrar na relação de tags
.
nossa, que maravilha, quer dizer que a partir de agora, com a ferramenta "Marcadores para esta postagem" posso juntar em apenas um clique todos os meus sonhos, maravilha
é que sempre usei meus sonhos como fonte para a escrita = bebida = comida, porém sempre os perdi, agora se tornou bem mais fácil, imagina só se eu tivesse usando esta ferramenta desde a década de 70, quando comecei a escrever, se bem que naquela época eu escrevia sobre o meu próprio corpo, ao final do dia eu tomar banho no porto dos homens, todos pelados enquanto que eu = ele, o Capitura, com o corpo escrito
Tomava banho e o rio levava seu texto, todas as palavras foram carregadas pelas águas, dias atrás, durante o sono fui ao fundo do mar, lá estavam todos os meus escritos, uma spin deusa havia transformado minhas palavras numa instalação, ela = eu denominou a obra de "Fonte de Águas Bordadas Sob o Mar." Será que se pode tagar = marcar uma frase toda com a ferramenta "Marcador para esta postagem?"
Sonho 2 - nesta noite durante o sono encontrei-me com uma spin cega, cega fisicamente mas não espiritualmente = artisticamente, a gente passou em frente ao banana shoping e como ela loira debocharam dela e ela nem aí, não enxergava mesmo aquele bando de intrépidos, este sonho deve ser lembrança do churrasco deste fim de semana, a balada foi animada por uma cega, ela spin cantora, de cabelos negros, vou ver se o vídeo que gravei prestou, vou baixar no Youtube, vou ligar para ela e pedir para ela pintar os cabelos de loiro, sabe aquela amizade à primeira vista? Gostei muito de tê-la conhecido, isto a gente não consegue explicar, apenas sente, amizade tem destas coisas.
.

Nenhum comentário:

A História do SPIN