19/12/2008

Presa no vazio

Z
Zero

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

5
No momento não estou nem um pouco afim de escrever mas apenas brincar com estas carinhas que copiei do meu orkut
E quando somos e muito juntos como somos?

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
=================================
E quando somos juntos mais todos iguais
diferente=diferente====diferente====diferente====================
Vocês viram?
A dificuldade é a diferença
Na tecla deste computador nem tem o sinal de diferença, tem o jogo da velha, que não é a mesma coisa, mas a nova gramática será implantada, os teclados serão alterados para que venham os novos sinais do novo mundo, este que começou com a prisão de Caroline Pivetta da Mota, presa por ter interferido no vazio que, até então, servia ao deleite de uma elite acéfala = boba, uma classe média conservadora, reacionária, como é o caso dos média = méidas = merdas paulistas, educados num ambiente direcionado para que existam de forma igual assim =========== quando somos diferentes=diferentes = iguais = diferentes = iguais
Este discurso visual criado isto podem ser moedas

8

9

10

11

E por acaso não se parecem?
Não
Não é dinheiro mas um sorriso, muitas vezes isso = sorriso vale mais do que um milhão de dólares, agora sei, mas não quando eu era um spin misantropo, o que não sou neste momento 5:55 horas da madrugada sem querer escrever nem mesmo o sonho quando eu dormia sonhei com velhos amigos o Alexandre Adalberto Pereira este me deu apoio no final da década de 90 quando invandi a Bienal, nós invadimos, vários, minha mãe estava presente, ela me apiou na minha ação contra este estado de coisas a arte servindo ao deleite das madames elas feito bobas admirando um espaço vazio bem como a prisão da spin pivetta, pois prendam-na, prenderam-na e quando perceberam a lama na qual tinha se metido soltaram-na rapidinho

Voltei
Agora são 06:00 horas, isto no Brasil, não sei no Japão, Grécia, Paris, os jovens em pé de guerra contra esta máfia que manteve a spin pivetta presa por mais de 50 dias, muito obrigado à juventude grega = espanhola

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
=================================
E quando somos juntos mais todos iguais
diferente=diferente====diferente====diferente====================
Agora são 06:04 horas, preciso dormir = descansar um pouco, vou levar flores minha ave-do-paraíso para Caroline Pivetta da Mota na porta do Carandiru,
cadê o carcereiro,
o Ivo Mesquita
cadê?
Ele já soltou a spin pivetta?
Ela faz parte da minha família, não da biológica mas da família spin, só ha duas famílias no mundo, a spin e a spam, não que eu seja inimigo racial = espiritual dos spam, não, não! Meu melhor amigo, aquele que mais me protege, uma proteção = fidelidade de matar, isto que te impede de escrever = olhar = ser, ele, o nome dele é H, spin policial, humano, ele é spam mas é meu amigo, ele virá do Tocantins para ficar hopspedado aqui em casa dentro de poucos dias, quando serei obrigado a parar de escrever, ele é spam, não me entende, escrevi relatórios e mais relatórios, ele leu meu relatórios e entendeu por outro lado, eram brincadeiras como esta que ele levou a sério, tudo bem, tenho de ter cuidado com certas palavras dirigidas às pessoas, que elas não me levam a mal, se sou amigo do cão-mor, sim, exceto do spin canino Daniel Dantas, Gilmar Mendes, ah eles são tantos e poderosos mas nós, apesar de fracos, somos fortes quando unidos, e por acaso não sabeis que um só vírus não faz nada? Um só não faz mas muitos destroem nossos corpos nos matam. Tanta ignorância por parte destes que imaginam que podem destruir os fracos e ficar por isso mesmo, quem perde senão nós com a destruição das coisas simples = singelas = frágeis

kakakakakakakakakaka

8

9

10

11


Agora = ágora
Como ficará a nova gramática com a eliminação de alguns acentos = assentos
Agora ficará igual a agora = praça = ágora ateniense = brasiliense
Agora acabei de sonhar com velhos amigos se abraçando numa praça, eu com a mão na massa cortando um pé de bananeira = strelitzia = ave-do-paraíso
E jorrou água da fonte
E a fonte era um pequeno botão de strelitzia de onde jorrou toda a sabedoria guardada ali em segredos por séculos e séculos

Nenhum comentário:

A História do SPIN