11/12/2008

Arthur Leandro, spin multimeios, nos convida para o Aniversário do Corredor Polonês (clique aqui)

Olá Antônio, tem como conversar no orkut? Como fazer para responder? É que apareceu uma mensagem sua agora (clique na imagem para ampliar) e fiquei sem saber o que fazer. Entenda o meu analfabetismo digital, o meu silêncio não é eloquente = grosseria não, tá bom? É porque não sei mesmo. Ontem a noite que comecei a usar de verdade esta ferramenta chamada orkut.
Portanto caro amigo Antônio, me desculpe, estou na estaca zero.
.
Ontem a noite vi uma mensagem do Arthur Leandro convidando alguém para o "Corrredor Polonês". Quer dizer que ele tava convidando a mim.
Gente, mudando de assunto, sou esquecido até, uso um dente postiço e nem onde coloquei meu dente, hoje tenho que encontrar-me com uma pessoa mui especial.
Como ir sem dente?
Também entusiasmado com o orkut, não é prá menos, preciso aterrisar, mas assim no ar é tão bom
Como se vê na parte inferior, linkei as notícias sobre o spin cantor.
Quando for escrito apenas "spin cantor" saibam que estou me referindo ao Ney Matogrosso.
Clique na imagem para ampliar.
Este orkut acima me chamou a atenção por causa do termo "Spin Rude".
Vou aproveitar o gancho para criar uma comunidade para os leitores do blog
( ) Spin 1
Esta comunidade "Sistema Poético Informativo Nato", poético ou patológico, sigla de SPIN, é criação minha, no entanto não posso continuar porque perdi a senha.
Clique na imagem para ampliar
Este aí é o meu novo orkut, aí com as primeiras pessoas que atenderam ao meu pedido de aceitação como amigo. São pessoas que admiro muito. Clique na imagem para ampliar.
Por conta de fazer parte da comunidade "Óleo do Diabo & Gonzum", do escritor Miguel do Rosário, lembrei que eu possuia um orkut zero, cujo conteúdo eu havia deletado num momento de stress. Como quis participar da comunidade, tive que reativar o orkut. Pesquisando, vi que eu possui outros orkuts cujas senha nem lembro mais, como este aí acima, que criei para o ex-blog Quarentena Bienal, uma invenção de Edson Barrus. Clique na imagem para ampliar.
.

Nenhum comentário:

A História do SPIN